Se tem uma coisa que a gente não se cansa de ver são fotografias antigas de São Paulo. Através delas podemos admirar o passado e compreender o presente, de modo que dá para ter uma noção de como muitas coisas de nossa cidade são o que são, tanto para o lado bom quanto para o ruim.

Hoje apresentamos uma nova seleção de fotos, com 12 imagens bem diversificadas de São Paulo. Vamos a elas!

1 – O Trânsito agitado e, porque não, charmoso na esquina das Avenidas Cásper Líbero e Ipiranga em 1956. Ao fundo, no lado direito, o Edifício Montreal projetado por Oscar Niemeyer e inaugurado em 1954 no calor das comemorações do IV Centenário da Cidade de São Paulo.

Trânsito agitado na capital

2 – Fotografias noturnas antigas de São Paulo são bem raras de se encontrar, mas esta imagem da Rua Direta é realmente incrível:

Rua Direta à noite (clique na foto para ampliar)

3 e 4 – Ver a cidade do alto é sempre muito bacana, ainda mais quando a imagem é antiga não é mesmo ? Abaixo duas imagens aéreas, sendo a primeira de 1953 e a segunda de 1956:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

5 – E já que falamos acima do Edifício Montreal, vamos então lembrar através de fotografia de outra obra arquitetônica de Oscar Niemeyer. Esta, no entanto, não existe mais e foi demolida infelizmente com o próprio aval do arquiteto. Trata-se da fábrica de biscoitos Duchen. A foto aérea é de 1965 e a empresa ficava localizada no bairro do Parque Novo Mundo, colada a Rodovia Presidente Dutra:

clique na foto para ampliar

6 – E não tem como falar de São Paulo e não lembrar de bondes, não é mesmo ? Eles que deixaram as ruas paulistanas em 1968 estão até hoje presentes na memória afetiva dos paulistanos. A imagem abaixo, sem data, é da extinta e conhecida linha Penha-Lapa, que depois do fim dos bondes continuou existindo com ônibus por décadas:

Na galeria logo mais abaixo estão mais seis imagens paulistanas antigas imperdíveis. Siga a numeração e a identificação na própria foto:

7 – Theatro Municipal na década de 1920. Destaque para o guarda de trânsito e sua sinalização manual.

8 – Vista do Largo do Arouche (sem data) descendo o olhar no Edifício Esther é possível observar o antigo Cine República, já demolido há algumas décadas.

9 – Vista do Parque Anhangabaú em 1949, destaque para ao fundo para o Edifício Altino Arantes, inaugurado em 1947, e o Palacete Prates que seria demolido alguns anos depois.

10 – Avenida São João na esquina com a Rua Vitória e a Praça Júlio Mesquita. Destaque no canto esquerdo para a Fonte Monumental, a primeira escultura pública paulistana feita por uma artista mulher.

11 – Vista do Viaduto Santa Ifigênia, do colégio e mosteiro de São Bento em fotografia tirada em algum momento entre as década de 1920 e 1930.

12 – Mesquita Brasil, na Avenida do Estado, bairro do Cambuci. Construída em 1929, foi a primeira mesquita do país e até hoje é destaque no cenário religioso islâmico nacional.

GALERIA (clique na foto para ampliar):

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Jorge Roberto Coelho Ferreira 03/04/2018 at 09:31

    De vez em quando eu passava em frente ao prédio da Duchen. Naquele tempo eu não sabia que era projeto de Oscar Niemeyer. Mas, cá para nós, parecia uma construção das que aparecem em desenhos animados.

    Reply
  • FERNANDO TEIXEIRA DA SILVA 03/04/2018 at 09:49

    Um dos versos do pensador Bastos Tigre, diz: “Saudade, palavra doce que traduz tanto amargor, saudade é como se fosse espinho cheirando a flor”. São lembranças da minha infância e juventude!

    Reply
  • Luiz Henrique 03/04/2018 at 10:22

    São imagens sensacionais! Dá vontade de arranjar imediatamente uma máquina do tempo, só pra vivenciar o que não pude…mas as fotos ajudam um pouco…
    Uma das coisas que mais me chamam a atenção nas fotos antigas da cidade, é o grande número de automóveis estacionados nas vias mesmo. Não precisava de zona azul, estacionamentos particulares, nada…Era chegar, escolher o lugar e pronto! Incrível!

    Reply
  • Roberto Martins 03/04/2018 at 10:52

    É muito bom relembrar São Paulo (capital), vivi uma parte da minha vida neste lugar lindo e maravilhoso onde vivi dia a dia, gostaria de voltar no tempo eu sou muito saudosista foi os anos dourados da minha vida.

    Reply
  • PAULO CAETANO JUNIOR 07/04/2018 at 10:11

    Prezado Douglas,
    Achei o seu site, e gostei muito das informações aqui contidas.
    Parabenizo pelo feito, e o incentivo a continuar com esta empreitada.
    Um povo que não conhece sua história não sabe para onde vai.

    Reply
  • Emerson de Faria 09/04/2018 at 08:45

    Como é estranho ter saudades de um tempo em que nem era nascido mas que ainda assim me enche de nostalgia. Se pudesse escolher, teria nascido em 1900 e morrido no ano em que nasci (1975), só para viver em São Paulo e sentir as transformações que a terra da garoa passou ao longo do turbulento e fantástico século passado.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: