Não é de hoje que a Avenida Celso Garcia é conhecida como um dos corredores viários mais mal cuidados de São Paulo. Essa sina do principal elo de ligação entre o Largo da Concórdia e a Penha vem, pelo menos, desde o final dos anos 1970, quando a via passou a ser majoritariamente um corredor de ônibus onde carros podem apenas trafegar no sentido centro-bairro e boa parte da via é estacionamento proibido.

Isso causou a decadência do rico comércio da avenida, a deterioração dos imóveis mais importantes, como muitos dos casarões e palacetes que ali existiam e também afugentou moradores e consumidores. Hoje, poucos dos imóveis antigos importantes da Celso Garcia sobrevivem, como este abaixo:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizado no número 2456 desta avenida, este belo sobrado é um dos poucos remanescentes do passado dourado que a Celso Garcia já teve. Trata-se de um casarão localizado bem diante da Maternidade Leonor Mendes de Barros.

No passado, um casarão grande como este abrigava pessoas que movimentavam a região com suas fábricas e estabelecimentos comerciais. Hoje, a grande maioria delas se destina a moradia popular ou a cortiços, onde os vários cômodos das residências são divididos e transformados em pequenos cubículos.

Detalhe do imóvel (clique na foto para ampliar).

Detalhe do imóvel (clique na foto para ampliar).

Apesar dos anos de esquecimento, o casarão encontra-se em bom estado de conservação. A escolha de apenas uma cor para todo a fachada, muros e gradil não foi das melhores, mas é melhor vê-lo assim do que com a pintura deteriorada.

Fico imaginando se nossos políticos realmente andam pelos locais onde criam seus corredores de ônibus, ciclovias e vias onde proíbem o estacionamento. Tenho a impressão de que há muitos anos nenhum prefeito paulistano anda por aqui. É impossível crer que nossos governantes saiam do Largo da Concórdia pela Avenida Rangel Pestana, entrem na Avenida Celso Garcia e confiram toda esta decadência e abandono sem se mobilizar em fazer nada.

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Enquanto nada é feito deixo aqui minha impressão: Não é impossível recuperar e revitalizar a Avenida Celso Garcia, é um corredor que apesar de bastante decadente é muito ávido ao comércio. É preciso atitude do poder municipal.

Quem viver, verá! (Talvez)

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comments

  • IglemariaBrincalepe.campo 06/10/2014 at 18:14

    Vivi. A Celso Garcia em áureos tempos, era super freqüentada, as ruas bresser e ipodromo eram caminhos lindos, escolas, comercio, tinha no carnaval o corso, era tudo muito lindo, agora, uma tristeza, vamos ver se melhora com os templos que tem por lá, e a igreja de sao joão , que ficou tão simplezinha, e a grande maternidade, Leonor Mendes de Barros, berço de muitas crianças que chegaram neste mundo, boa noite

    Reply
  • MIRIAN FIUZA 06/10/2014 at 19:03

    E PURA VERDADE O CASO DO ABANDONO PELOS POLITICOS, MAS MORO AQUI JA RUA JACIRENDI E NESTA ALTURA DA AVENIDA TEMOS MUITAS CASAS E PREDIOS MODERNOS E BEM CONSERVADOS. EM RELAÇAO A CURTIÇOS ETC , NAO TENHO NADA A DIZER ,POIS AQUI NAS TRAVESSAS EXISTEM MUITOS SOBRADOS E EDIFICIOS E SINTO QUE NAO ESTAMOS ASSIM TAO ABANDONADOS E EM ESTADO TAO LASTIMAVEL COMO DIZ OS COMENTARIOS ACIMA! PRECISA SIM REVITALIZAR A AVENIDA ,MAS ADORO MEU BAIRRO TATUAPE! ME PERDOEM MAS NAO GOSTO QUE FALEM MAL DO MEU BAIRRO QUE E TAO HOSPITALEIRO COM TODOS QUE AQUI VEM!

    Reply
  • SavianoMarcio 07/10/2014 at 10:42

    A população é que não se mobiliza e não tem nenhum interesse em fazer nada, se nós não cobrarmos aquilo que achamos certo como preservar a arquitetura e a história por que eles, eleitos por nós deveriam?
    O brasileiro de modo geral precisa perder essa mania horrível de achar que tudo depende magicamente da boa vontade de poucos, saúde, educação, segurança, trabalho, transporte melhor fica dependendo de “um toque no coração dos políticos”, isso é ridículo, uma utopia, um câncer na mentalidade das pessoas.

    Somos NÓS os principais interessados e NÓS temos que nos mexer.

    Reply
  • Rute de Souza Canteiro 08/10/2014 at 11:34

    Concordo com o comentário de Saviano Marcio somos nós que temos que nos mexer, se formos esperar pelas as autoridades competentes sobre o caso nunca teremos nada.

    Reply
  • Emerson de Faria 11/10/2014 at 19:39

    O efeito colateral quase imediato após a inauguração desses corredores de ônibus, com raras exceções, é a imediata decadência dessas regiões onde se instalam, como na Celso Garcia e na Santo Amaro. A meu ver, deveria ser construída uma linha de metrô a partir da Estação Tiradentes, que se seguisse pela João Teodoro até o Pátio do Pari (que poderia ser reformado e transformado em estação de trens de média distância, no exato momento em que se planeja retomar o transporte de passageiros de média distância mas pouco discute-se sobre uma estação terminal em São Paulo), passando pelo Largo do Pari, Largo da Concórdia, Celso Garcia, Amador Bueno, São Miguel, Marechal Tito até a Estação Itaim Paulista da CPTM. Esta linha desafogaria e muito o excesso de passageiros da Linha 3 Vermelha.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: