Existem inúmeras construções abandonadas pela cidade de São Paulo, nos mais diferentes padrões e estilos arquitetônicos. Algumas delas são até construções sem qualquer assinatura de arquiteto, erguida apenas para servir como uma simples moradia.

No entanto, estar abandonado não significa que é feio. E enxergar a beleza em uma construção nesta situação não é assim tão difícil como se pensa. No número 3007 da Avenida do Estado, em plena zona cerealista, encontramos este pequeno edifício de dois andares que esconde no abandondo um lindo traço arquitetônico.

O estado lastimável da construção não esconde que trata-se de um prédio pequeno e bastante bonito. Os dois andares superiores, de destinação residencial, aparenta ter quatro apartamentos por piso, sendo dois de frente e dois de fundo. Existem dois acessos aos andares superiores nas extremidades da construção, sendo que cada um atende um lado específico. No térreo, duas portas comerciais.

Não é difícil imaginar o que pode ter levado este pequeno prédio a deterioração. Apenas comércio (e mesmo assim muito específico) consegue vingar na Avenida do Estado.

As restrições de estacionamento em boa parte da via dificulta e muito a grande maioria das atividades. Veio com compras em um dia de chuva ? Você tem um grande problema! Não tem garagem e é proibido estacionar na frente do prédio. A solução é ou caminhar um bocado ou vir de táxi.

Isso é um bom exemplo da falta de planejamento urbano que atinge nossa cidade. Morar ou trabalhar num edifício como esse torna-se um grande problema, com tantos obstáculos e proibições. Assim, proprietário não consegue alugar, não consegue vender e consequentemente não consegue pagar os impostos em dia. A dívida se acumula, a prefeitura desapropria o imóvel e quem é prejudicado ? O dono do imóvel, ou seja, o cidadão.

Já imaginaram esse pequeno prédio todo reformado, pintado e habitado ? Eu já. Acredite, seria lindo. Os traços arquitetônicos deste edifício revelam um bom gosto que hoje está difícil de se encontrar. Uma pena!

Veja mais fotos do edifício (clique na miniatura para ampliar):

Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento

Conheça a região através de nosso mapa:

Visualizar São Paulo Antiga em um mapa maior

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • J.C.Cardoso 19/07/2012 at 10:13

    Teria sido, originalmente, Art Déco?
    ??
    E qual a história do prédio? O que já foi nessas lojas? Garagem, originalmente?
    Passei muito aí em frente quando ia a SP e pegava carona de volta para a rodoviária (para voltar para o Rio), sempre nos sábados à tarde.

    Reply
  • Igor C. Barros 20/07/2012 at 18:44

    No Google Street View dá pra ver a porta do número 3003 ainda não emparedada e “algo” funcionando no 3007.

    Reply
    • Tito Taketani 01/08/2012 at 09:52

      parece ser um estacionamento. E parece que há uma placa de vende-se

      Reply
  • sandro repozatti 03/08/2012 at 02:41

    Este prédio pertencia aos meus avós libania carmelita e alfredo repozatti estamos negociando os impostos que esta dificil de chegar a um acordo pois queremos restaurar o predio

    Reply
    • Thiago 25/10/2012 at 19:07

      Espero que tenham sucesso na empreitada! Mantenham o site informado, pois proprietários assim fazem a diferença para São Paulo!

      Reply
    • Katiúcia 26/11/2012 at 15:57

      Espero que consigam um acordo acerca dos impostos e que possam restaurar o prédio, mantendo as linhas originais. Realmente o desenho é muito bonito: as formas geométricas, os volumes “pesados” são belos representantes da arquitetura art-decò.

      Boa sorte!

      Reply
%d blogueiros gostam disto: