Artigos

Belas Artes & Cine Bijou: Dois Cinemas, Duas Realidades

Comments (9)
  1. Thais Menandro disse:

    Saudade enorme dos cineclubes de São Paulo!
    O Oscarito ficava ao lado do Bijou, tinha o Cineclube Elétrico que funcionava mais ou menos onde hoje está o Espaço Unibanco.
    O Veneza que ficava no Bexiga, virou estacionamento…
    Mais tarde, outras salas com programação diferenciada teriam o mesmo fim trágico: nunca mais Top Cine, Gemini e agora o Belas Artes por um fio.
    Ai, ai…

  2. Karin Peixoto disse:

    É tudo em nome do progresso e conforto!
    Culpado são as autoridades públicas que não garantem segurança o suficiente para que o cidadão possa frequentar um cinema de rua sem o medo de ser assaltado ou surpriendido por um drogado a procura de dinheiro.
    É lamentavel o estado em que se encontra São Paulo… cada dia mais presencio com dor no coração a decadencia da cidade mais linda do mundo! Minha cidade!Perguntem a alguém nas calçadas o que sabem da Revolução de 32? Ninguém sabe nada! Como vamos querer que preservem também, se a propria historia da cidade desconhecem? Aliás muitos não são daqui, não tem raises aqui, como pode-se querer preservar as raizes se você não as tem? E as escolas paulistas, pouco fazem também para deixar viva a história.
    Preferem comemorar um halloween americano do que homenagiar os bravos soldados de 32.
    Desabafo de uma paulistana que vê a historia de sua cidade desaparecer.

    1. Daniel disse:

      O pior é ver que isso não ocorre só em São Paulo, a insegurança vem afetando todas as cidades brasileiras. A propósito: acho que o último cinema de rua que eu vi funcionar foi em Lages-SC, a uns 8 anos atrás, mas não sei se ainda funciona.

  3. Vinicius disse:

    Realmente a história me deixa cada vez mais triste com o progresso.
    Vou junto com minha esposa prestigiar os últimos suspiros do Belas Artes antes que feche…
    tomara que consigam mantê-lo… um fio de esperança ainda resta…

  4. j.jose disse:

    E lamentavel, fiz um comentario e voces o deletaram. Quem fala a verdade nao merece credito??? Estou profundamente frustado com a forma de agir desse site.

    1. J.Jose
      Não apagamos comentários tanto que aprovamos este, pode ter acontecido dele ter sido marcado como spam ou simplesmente não ter chegado. Envie-o novamente.

  5. j.jose disse:

    la vai o tal comentario, mesmo fora de época: Segundo o editor do fotoblog, Cinemas Antigos do Brasil, Sr. Atilio Santarelli, o Cine Trianon, nada tem a haver com o cine Ritz Consolação. Eles funcionaram um ao lado do outro. A inauguração em 1956 do Trianon, foi dentro do recuo, respeitando o futuro alargamento da rua. O cine Ritz ficava mais ou menos onde hoje esta a Pernambucanas, na verdade seria onde hoje esta a pista sentido Bairro Centro Velho da Consolação. Nesse predio do cine ritz funcionou anteriormente o Cine Asturias, inaugurado em 1931 e fechado em 1943.
    Informações:
    Alexandre Miko Neto e Reginaldo Giles Perez.”
    Qualquer duvida podem ser tiradas pelo link: http://atiliosantarelli.fotoblog.uol.com.br/photo20110119160358.html

  6. Inês disse:

    Daqui a uma década infelizmente, veremos uma materia nessa blog sobre o Belas Artes e como era uma belo e diferenciado cinema de sampa.
    Não me imagino depois de ver “Cinema Paradiso” sair do cinema e dar de cara com uma praça de alimentação com pessoas que nem ao menos se lembram mais do filme que acabaram de “olhar”.

  7. Marcelo lopes disse:

    Os cinemas de rua deixaram um legado enorme, a arte era algo do cotidiano e virou uma coisa chata ter que levar para casa, lugar de assistir filme é no cinema e sempre foi algo muito legal. e o Belas artes era maravilhoso.

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga