As casas geminadas sempre foram um padrão de construção residencial muito comum em São Paulo. Sejam casas simples ou mesmo de um nível mais sofisticado, não há bairro na cidade que não tenha alguma casa desse tipo.

Encontrá-las todas no mesmo padrão de quando foram construídas é bastante difícil. Com o tempo as pessoas vão impondo seus gostos e a padronização tende a desaparecer.

A casa da imagem a seguir é um exemplo:

Localizado na rua Atílio Piffer, bairro da Casa Verde, esta graciosa construção da década de 40 é uma das últimas preservadas de um conjunto de sete casas, todas construídas neste estilo arquitetônico.

As demais a exceção de uma que não foi possível fotografar (voltaremos lá), pois havia um caminhão de mudanças estacionado em frente, sofreram alterações desde as mais simples – substituição de uma porta por exemplo – até mudanças mais radicais, como descaracterização total da fachada.

Desta que fotografamos, é possível admirar a beleza da construção. Pequena e cheia de detalhes interessantes. Até a calha de chuvas do lado esquerdo combina com a fachada.

Uma preciosidade !

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • Rodolfo Bendinelli 13/02/2017 at 10:54

    Até a grade do porão continua preservada, fantástico!

    Reply
  • Roberto 13/02/2017 at 10:56

    Muito bonita, gostaria de ver mais fotos, sempre tenho vontade de ver dentro também, se pudesse eu entrava lá de tanta curiosidade.

    Reply
  • J.C.Cardoso 13/02/2017 at 11:01

    Art Déco. Aqui no Brasil teve seu auge nos anos 30 e 40 (lá fora veio antes).
    Muitos até eram revestidos com pó-de-pedra.
    Eu, particularmente, não gosto do estilo, mas reconheço que a casa está em ótimo estado de conservação.

    Reply
  • Bolívar Pinta Júnior 13/02/2017 at 12:45

    Desprovidas de jardim frontal , algumas casas como a da foto , providenciavam vasos coerentes com as fachadas . Muito bom gosto !

    Reply
  • Luiz Henrique 16/02/2017 at 20:31

    Sim, bastante interessante! De uma época em que se tinha uma preocupação em entregar o imóvel com começo, meio e fim, jamais de qualquer jeito. E acrescente-se aí os detalhes magníficos, claro!

    Reply
  • Daniel Pardo 21/03/2017 at 20:12

    Se São Paulo preservasse mais casas antigas, a cidade seria bem mais agradável de se ver.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: