O bairro de Santana sempre nos releva construções curiosas e interessantes, e boa parte delas estão escondidas em ruas sem saída e pouco conhecidas do público em geral.

O imóvel que apresentamos hoje foi enviado pelo nosso colaborador Rafael Bertoli, que sempre dá boas dicas de casas naquela região da cidade.

Localizada próxima a altura do número 2550 da rua Voluntários da Pátria, a Garção Tinoco é uma tranquila rua sem saída de Santana. Sua condição de sem saída se dá apenas para veículos,já que pedestres podem descer por uma longa e estreita ruela que vai dar na conhecida rua José Debieux.

A rua Garção Tinoco, nos mapas da cidade, até apresenta uma praça com o mesmo nome, mas o que eles chamam de praça é apenas um largo diante do casarão que abordamos aqui. Não há árvores ou sequer um banco para sentar-se.

clique na foto para ampliar

De acordo com moradores vizinhos,a casa encontra-se vazia há alguns anos. No imóvel, desde que deixou de ser residência, já funcionou uma editora e uma agência de publicidade.

Sensivelmente deteriorada, a casa mesmo assim não esconde o charme e a elegância. Uma das casas mais antigas da região, a residência foi erguida no alto de um moro e sua construção desce acompanhando seu terreno acidentado.

O resultado desse projeto bem sucedido é uma visão espetacular para a região nordeste de São Paulo, especialmente para a Vila Guilherme e Vila Maria Alta. A vista nos cômodos dos fundos é, sem dúvida, privilegiada.

clique para ampliar

Mesmo com algum tempo sem manutenção, a casa mostra uma riqueza de detalhes em sua arquitetura que a faz um imóvel muito especial. Na entrada principal do imóvel há colunas, enquanto todas as suas janelas são bastante adornadas. Destaque também para o vitrô antigo da janela sobre esta mesma entrada.

O próprio desenho original do portão, que é muito bonito, é seguido pelo gradil da janela da sala e do porão habitável, este último que pode ser visto através da rampa da garagem.

Para devolver o esplendor a esta contrução, ao menos em seu exterior, é preciso de muito pouco esforço. Os principais problemas estão no forro caindo e nos vidros quebrados. A combinação de cores não é das melhores também.

Lateral do casarão (clique para ampliar)

Em todo seu exterior a única alteração que foi possível notar foi a construção de um pequeno cômodo no final da rampa da garagem. No restante tudo está preservado tal qual sua época de construção exceto, talvez, pelo vitrô instalado no fundo do andar superior.

Sem dúvida, uma jóia de Santana!

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Mariangela Bianchi 15/03/2017 at 15:32

    é lindo mesmo o casarão da Garção Tinoco. eu mesma, sempre que posso, dou uma caminhada até lá só pra vê-lo <3

    Reply
  • Helen Sylvia 15/03/2017 at 15:39

    Boa tarde! Esse casarão é top, mesmo estando um tantinho deteriorado, oercebi também que na lateral existe uma janela emparedada.

    Reply
  • JOSÉ CARLOS DA SILVA FILHO 15/03/2017 at 16:33

    Poderia fazer uma reportagem sobre o castelinho japonês do presidente dutra! As regiões do presidente Dutra, Bonsucesso, e afins tem muitos imiveis interessantes, que poderiam aparecer aqui no SP antiga! Fica a sugestão. Gosto muito do site, parabéns pelo trabalho!

    Reply
    • Douglas Nascimento 15/03/2017 at 17:02

      Sabe onde fica exatamente o local ? Podemos ir até lá

      Reply
  • Rodolfo Bendinelli 15/03/2017 at 16:53

    No final da rua Nunes Garcia no número 164 tem um casarão muito bonito também! Eu estacionei bem em frente a ele quando fui ao prédio de um colega de faculdade na mesma rua, nunca me esqueço!

    Reply
    • Douglas Nascimento 15/03/2017 at 17:03

      Vou pesquisar! Excelente dica…

      Reply
  • Luiz Henrique 15/03/2017 at 18:10

    Sim, casa bem legal!
    Mas não tem como notar que eu já dei diversas dicas de casas antigas aqui no site e o São Paulo Antiga jamais postou uma sugestão minha.
    A última delas foi há cerca de um mês, numa matéria de uma casa na região de Santa Cecília. Eu indiquei um casarão na rua Adolfo Gordo e…NADA!
    Caso parecido ocorreu tempos atrás(sou um dos primeiros seguidores, desde 2009!!!!!!!), quando a equipe esteve na Vila Zelina, e eu alertei sobre uma casa muuuuuuuito veeeeeeelha no bairro vizinho de Vila Bela(região de Vila Prudente), mais precisamente à Rua dos Ciclames, inclusive avisando que tinha no local umas “placas de arquiteto” e que, quase sempre quando isso acontece, não era bom sinal.E a casa veio mesmo abaixo, pouco tempo depois, sem que o São Paulo Antiga fosse lá registrar…
    É esta a minha observação: parece que o site escolhe determinadas sugestões em detrimento a outras, só não sei por que.

    Reply
    • Douglas Nascimento 15/03/2017 at 18:21

      Olá Luiz, como vai ?
      Fui contar depois que li seu email, temos cerca de 500 sugestões de leitores enviadas só de 2014 para cá.
      Eu sou apenas uma pessoa para cuidar de 5 mídias sociais, o site e ainda tenho que pesquisar conteúdo, comprar materiais etc etc
      Infelizmente não é humanamente possível eu cuidar de tudo e por enquanto, exceto se eu deixar de comer, ainda não dá pra contratar alguém pra me ajudar.
      Com isso muita coisa acumula, contra a minha vontade. Tenho cerca de 2500 lugares fotografados que ainda não consegui publicar, possivelmente o da Vila Zelina que vc falou está lá pois eu fotografei o bairro quase que todo.
      Mas vão entrar aos poucos, porque não dou conta!

      Reply
      • Luiz Henrique 19/03/2017 at 11:29

        Ok, valeu pelo retorno.
        Vou continuar um assíduo visitante desse site(adoro!), inclusive com sugestões.Quem sabe, um dia…

        Reply
  • Cláudio Cardoso Saddi 15/03/2017 at 22:37

    Essa rua é muito famosa, talvez pelo seu nome gozado, diferenciando bastante das milhares de ruas de São Paulo .

    Reply
  • Andre Santana 16/03/2017 at 13:18

    Que maravilha, dá vontade de morar nele depois de uma boa reforma!!!

    Reply
  • Daniel Pardo 21/03/2017 at 21:01

    Cada vez que vejo uma casa antiga como essa, já imagino um Fusca estacionado na garagem delas.hehehehehehehehe

    Reply
  • Juliana Soares 18/04/2017 at 23:14

    Já pensava em lhe enviar a sugestão dessa casa! Frequentava constantemente a região até uns meses atrás, então sempre que minha mãe estacionava próximo ou precisava manobrar para fazer um retorno, pedia para ela me deixar dar uma passadinha na frente. Além das arquitetura linda, a cor roxa/lavanda (minha favorita) me chamou a atenção, nunca havia visto um imóvel antigo, mesmo que reformado, com esse tipo de cor. Desde então, sou apaixonada por ela e até brinco chamando-a de “minha casa”, hahaha! Infelizmente não tenho condições no momento para me mudar (principalmente para um bairro praticamente nobre), nem sequer arcar com custos de uma restauração completa. Mas torço para que alguém a compre e a preserve logo, é uma relíquia que merece esse cuidado! Ah, e essa região está cheinha de preciosidades do tipo, preciso fazer um “tour” por lá com mais calma e tempo pra descobrir mais uns tesouros para vocês 😉

    Reply
  • Jaime 25/07/2017 at 10:18

    Por volta de 1985, esse casarão era um pensionato para moças. Eu sei por que namorava uma delas. Uma pena que esteja abandonado.

    Na rua Nunes Garcia tem um prédio de 3 andares que aparece os fundos em foto de bonde da Av. Cruzeiro do Sul tirada em 1957. Podem olhar aqui no site.

    Reply