Considerado um dos bairros mais tranquilos e agradáveis de São Paulo, o Pacaembu também é onde podemos encontrar alguns dos mais belos, preservados e luxuosos casarões paulistanos. Suas ruas cheias de curvas e bastante arborizadas que não raro nos revelam grandes surpresas.

E mesmo que muitas das casas acabem recebem muros altos depois que sofrem alguma reforma, ainda é possível se divertir vendo tantas outras que permanecem fiéis ao seu padrão original e a filosofia empregada pela Cia City, responsável pelo loteamento e urbanização do bairro.

clique na foto para ampliar

Localizados na Praça Garcia Redondo, estes dois casarões são exemplos adoráveis dos belos imóveis que podemos admirar em um passeio pelo Pacaembu. São vizinhos tão charmosos que é difícil não passar pela praça e parar um pouco para ficar observando tais belos exemplares da arquitetura antiga da cidade.

É como se de um momento para outro tivéssemos voltado no tempo. A praça tem pouco trânsito, o local é bastante silencioso e o som mais comum é o cantar dos pássaros que vivem nas árvores que por ali existem. Vamos conhecer os dois imóveis separadamente:

clique na foto para ampliar

No número 105 temos este magnífico casarão pintado de tom salmão e detalhes na cor branca. De estilo bastante eclético o imóvel tem sacadas em todos quartos e uma aconchegante varanda na entrada.

Seu jardim é extremamento bem cuidado e um “muro verde” foi erguido junto ao gradil dando uma certa privacidade e discrição para quem está do lado dentro. O acesso à garagem se dá pelo portão do lado esquerdo e após descer uma leve rampa que segue aos fundos do terreno.

Abaixo mais imagens do sobrado (clique para ampliar):

clique na foto para ampliar

Localizado no número 115, a construção vizinha é que mais me encanta. Trata-se de um casarão colonial muito bem cuidado e elegante, pintando em cor branca, com detalhes em tom de amarelo e portas e janelas em verde escuro.

Com apenas uma mureta gradeada separando o imóvel da rua, a casa também possui um pequeno jardim impecável e tal qual a do número 105, o acesso aos fundos da propriedade da garagem se dá por uma rampa em declive. As colunas de entrada à varanda e as muretas entre os portões são adornadas com pedras.

Abaixo mais imagens do casarão (clique para ampliar):

E ai, qual dos dois casarões é o seu favorito ? Escreva ai nos comentários !

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Simone Campoi 09/10/2018 at 18:34

    Parece a casa do seriado Mundo da Lua da TV Cultura!

    Reply
  • Taylor;//////;;;;;;;;; 09/10/2018 at 19:31

    Composição feliz com esse Fiat Premio. Quase um diorama. Ele merece destaque no “SP Antigos”.
    Admiro muito seu trabalho.
    Parabéns!

    Reply
    • Douglas Nascimento 10/10/2018 at 09:51

      Obrigado! O Prêmio é nosso… 🙂

      Reply
    • Vinicius Lauria 10/10/2018 at 11:35

      Ia fazer exatamente esse comentário. O Fiat Prêmio, com certeza, não é da época dos casarões, mas casou muito bem com a foto, principalmente pelo ótimo estado de conservação do carro. Parabéns aos donos das casas, e ao Douglas, pelo belissímo Fiat Prêmio e pela feliz fotografia!!

      Reply
  • MARINA PADUA GOES DE MORAES 09/10/2018 at 21:08

    ambos são lindos e super bem cuidados…fazem parte de uma epoca de casarões ,onde os muros eram baixos para que as pessoas pudessem ver o interior….não havia medo…se vivia tranquilo….saudades desse tempo bom!!

    Reply
  • axellslade 09/10/2018 at 21:29

    Realmente relíquias de um tempo que se foi! E esse Prêmio placa preta de bônus. 🙂

    Reply
  • Bolívar Pinta Júnior 09/10/2018 at 21:59

    …/… ótimos exemplos de correta conservação predial … grato pelo registro .

    Reply
  • William Lima 09/10/2018 at 23:06

    Duas construções espetaculares, e o Fiat Prêmio placa preta também!

    Reply
  • Edda Frost 10/10/2018 at 13:47

    Lindos casarões, Obriugada.
    Sua admiradora,
    Edda Frost

    Reply
  • Joana 10/10/2018 at 16:15

    E uma difícil escolha os dois são maravilhosos .dignos de uma rainha . Ah se eu pudesse e o meu dinheiro desse .

    Reply
  • Paulo Clístenes Vieira da Silva 10/10/2018 at 21:07

    As duas residencias são de um grande bom gosto, porém a da minha preferência é a de nº 105.

    Reply
  • Emerson de Faria 10/10/2018 at 23:56

    Duas belíssimas casas mas tratando-se da região em que se encontram não me admiraria se forem usadas comercialmente.

    Reply
    • Douglas Nascimento 11/10/2018 at 09:46

      improvável pois nestas ruas não é permitido fins comerciais

      Reply
      • Emerson de Faria 11/10/2018 at 18:15

        Que bom, melhor ainda!!!

        Reply
  • Luiz Henrique 11/10/2018 at 11:35

    Olá, bom dia!
    Pelas imagens, a côr da casa de número 105 me parece rosa. Se tivesse que escolher uma seria ela. O que desabona a outra, é o infeliz poste de energia, bem na frente…

    Reply
  • ACILEGNA SALES 13/10/2018 at 16:24

    Belíssimos exemplares. Obrigada por esse presente maravilhoso ! Uma maravilhosa viagem no tempo. Fico só imaginando como era realmente tranquilo viver aí nessa época. Gratidão Douglas. Parabéns, sempre.
    Ah. Eu escolho o de número 105.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: