A Vila Romana é dos bairros paulistanos que mais despertam a atenção quando o assunto são casas interessantes. Suas ruas revelam interessantes construções do começo do século 20, como esta na rua Camilo:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizada bem na esquina com a rua Sepetiba e construída em 1921, esta residência foi a morada de seu construtor, o imigrante italiano Angelo de Bortoli. Conhecida como ˝A Casa Amarela da Vila Romana˝,  imóvel atualmente funciona como um centro de exposições e divulgação de cultura. Ela é de propriedade de Janice de Piero, neta do construtor.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Se este tipo de construção é cada vez mais raro, é preciso destacar o excelente nível de preservação em que o imóvel se apresenta. Podemos conferir portas, batentes e janelas pintados e bem cuidados, além de uma fachada bastante preservada, algo muito agradável de ser ver.

Que está jóia paulistana permaneça sempre assim bela e preservada.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Seu bairro tem alguma casa antiga interessante que merece nossa visita e posterior publicação aqui no site ? Diga para nós!

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Clara 04/05/2015 at 11:21

    Lindas! Dá vontade de morar nelas. 🙂

    Reply
  • Carlos Gama 04/05/2015 at 12:03

    Louváveis, Douglas essa sua luta e esse seu trabalho, como admiráveis são também os esforços dos proprietários para manterem essas construções tão bem conservadas.

    Reply
  • Claudio Bucci 04/05/2015 at 12:05

    E para completar o cenário ,uma bela árvore enfeitando seu visual.

    Reply
  • Nazareth Peres 04/05/2015 at 13:13

    Adoro estas portas e janelas de duas folhas e bandeiras de vidro!

    Reply
  • Cris 04/05/2015 at 13:15

    e o que dizer da linda Vila Savoia http://www.panoramio.com/photo/92866588 e dos casarões, como este, que ainda permanecem intactos na mesma rua http://www.panoramio.com/photo/86175977 🙂

    Reply
  • Maria Fatima Gonçalves Naslaniec 04/05/2015 at 17:08

    Conheço uma muito interessante na Móoca, na Rua João Caetano, perdida entre prédios comerciais, mas bem conservada e pitoresca. (https://www.google.com.br/maps/@-23.551423,-46.60618,3a,75y,0.51h,94.46t/data=!3m4!1e1!3m2!1sOCHTmnbz4aNhNGDAXRBI7w!2e0!6m1!1e1)

    Reply
  • Mauro Santilli 04/05/2015 at 18:32

    Douglas, seu trabalho é magnífico, gostaria de saber se você conseguiria fotos da Rua Ibicoara por volta do ano de 1957. Grato

    Reply
  • Silvia Calçada 04/05/2015 at 20:20

    Maravilhosa! É muito justo que quem preserva a memória da cidade não pague IPTU e até receba ajuda de custo pela preservação. Temos história e história é sinônimo de cultura, turismo, portanto, geração de renda.

    Reply
  • ernani 04/05/2015 at 20:28

    É impressionante como essas casas estão conservadas. Como é bom ver esses imóveis dessa maneira bonitas, e o estado de conservação maravilhoso!
    Assim deveriam fazer outros proprietários que possuem essas relíquias e não dão o devido valor.
    Deixam o imóvel a mercê do tempo, dos vândalos e invasores que sem escrúpulos tomam conta da propriedade apenas para usufruir. Sim, porque a maior parte de prédios invadidos, estão sendo totalmente detonados pelos próprios invasores.
    Parabéns aos proprietários dessas casas.
    Continuem zelando desse bem que talvez foi deixado por pessoas que lutaram muito para colocar cada tijolo em cada uma dessas casas.

    Reply
  • Telma Righi 05/05/2015 at 12:27

    Simplesmente lindas!

    Reply
  • Vinícius Afonso 05/05/2015 at 13:38

    Que imóveis bonitos e bem cuidados. Dá gosto de se ver…

    Reply
  • danielpardo2015 08/05/2015 at 15:41

    O detalhe que me fez gostar delas (como bom fanático por carros que sou) foi a garagem.

    Reply
  • Beatriz 27/03/2016 at 01:13

    Pelo que acabei de ver num video sobre Pompeia e Vila Romana, as casas de 1921 ainda está habitada, bem conservada e parece que pertenceu aos bisavós da atual proprietaria e moradora.

    Reply
  • Sergio 12/03/2018 at 15:05

    Douglas
    Recebi recentemente o aviso da USP:
    http://jornal.usp.br/cultura/professor-da-usp-analisa-o-processo-de-urbanizacao-da-vila-romana/
    Quem entrar no site vai ver mais informação sobre as casas de 1921 tb conhecidas como “casa amarela” …
    tem muita história relacionada a ela !
    Abç a todos

    Reply

Comunicado importante aos leitores e leitoras do São Paulo Antiga

Neste momento estou enfrentando um período de muitas dificuldades para manter o site no ar, com a possível saída de nosso patrocinador institucional.

 

Preciso da sua colaboração para que o site não encerre suas atividades em 1 de julho de 2018.

 

Faça uma doação ou assinatura mensal no site São Paulo Antiga, através da plataforma APOIA.SE

 

Desde já muito agradecido,

Douglas Nascimento, autor e editor