Em um belo e ensolarado domingo, a equipe do site São Paulo Antiga visitava a Barra Funda, zona oeste de São Paulo, para fotografar imóveis abandonados para catalogar, quando decidiu atravessar a passarela sobre a linha do trem que corta este bairro. O alvo era fotografar algumas pequenas casinhas do início do século XX que existem no outro lado.

Quando atravessamos a passarela nos deparamos com um enorme “cemitério” de ônibus coletivos abandonados:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

São mais de uma centena de ônibus largados ali ao tempo, inclusive com vários em boas condições. Como o local não é murado e sim gradeado, foi possível fotografar todo o local pelo lado de fora tranquilamente. Dentro do “cemitério” dois vigias guardam o local.

Observando os veículos foi possível identificar ônibus das mais variadas épocas, alguns realmente muito antigos. Desde os ônibus de três portas da CMTC de quando o prefeito era Mário Covas (1983-1985) , passando pelos famosos ônibus vermelhos da gestão Jânio Quadros (1986-1988) e até por ônibus de empresas particulares que circulavam na gestão Marta Suplicy.

Os veículos mais antigos, estão em avançado estado de deterioração e só restam suas carcaças e chassis, uma vez que motores  e demais componentes importantes foram removidos.  Já os mais recentes, estão em boas condições de uso ainda com seus motores e aparentando estarem bastante conservados visualmente. Se não podem mais servir de transporte coletivo em São Paulo por terem mais de 10 anos de uso, esta realidade é bastante diferente em cidades pobres do interior do Brasil onde estes ônibus poderiam servir de transporte de pessoas carentes que muitas vezes acabam por se locomover a pé, por não ter uma opção decente de transporte coletivo.

Como não fomos autorizados a fotografar os veículos de dentro do páteo do “cemitério”, resolvemos ir até um dos condomínios de luxo que ficam do outro lado da linha do trem e que nos permitiram uma visão privilegiada do local, confira as imagens (clique nas fotos para ampliar):

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

 

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

 

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Contamos no local aproximadamente 150 ônibus, com aproximadamente 70 deles apresentando condições de uso.

Segundo Luciane Ramos, moradora do condomínio que nos permitiu a entrada para fotografar o “cemitério”, os ônibus abandonados ali depreciam o valor dos imóveis na região e o local poderia ser melhor aproveitado se os veículos fossem removidos e aquele local fosse transformado em uma área de lazer pública e segura ou mesmo uma escola ou creche. Segundo ela, moradores já reclamaram às autoridades e nada foi feito. A reportagem pode constatar no local onde ficam os ônibus o mato alto e a presença de roedores.

Exclusivo: Clique aqui e veja outras 23 fotos do “cemitério” de ônibus da Barra Funda.

São Paulo Antiga tentou ouvir a SPTrans:

Averiguamos que a responsabilidade do local é da São Paulo Transporte. A nossa equipe fez o contato telefônico com o órgão e fomos atendidos pela assessora Nívea, que nos solicitou que as questões fossem enviadas por email. Enviamos as perguntas e até o fechamento desta reportagem não havíamos recebido nenhum retorno.

No Pari, outro imóvel da SPTrans incomoda a vizinhança:

Não é somente este enorme “cemitério” de ônibus o único local da SPTrans que parece incomodar a população. No bairro do Pari vizinhos da antiga garagem Araguaia reclamam que o local está vazio há muito tempo ajudando a degradar e deteriorar o seu entorno.

Segundo moradores, no final do ano passado foi prometido que o local seria transformado em bolsão de estacionamento de ônibus de turistas, que vem até São Paulo para fazer compras na região da rua Oriente e 25 de Março. A promessa feita é que a concorrência pública seria lançada em 23 de janeiro e o local estaria pronto até o final do primeiro semestre deste ano. A própria SPTrans confirmou esta promessa a equipe do Jornal da Tarde em 15 de janeiro passado (clique para ler a notícia). Como a imagem abaixo pode constatar, isso não ocorreu.

 

Exclusivo: Clique aqui e saiba mais sobre a antiga garagem Araguaia e veja outras fotos e o mapa do local.

Segundo fontes da própria prefeitura, todo dia a capital recebe de 300 a 800 ônibus de turistas que chegam até aqui para fazer compras. Será que estes ônibus sem locais adequados para ficarem estacionados não atrapalham mais que os fretados que a prefeitura pretende limitar ?

Um empresário da região onde fica a Garagem Araguaia, falou a nossa reportagem que desde que esta garagem foi desativada, o entorno sofre uma profunda decadência. O local passou a ficar cheio de moradores de rua, o lixo na praça Lourenço Francolino – diante desta garagem – virou um grande banheiro a céu aberto e a noite está muito perigoso andar por ali. “O Pari sofre muito com este descaso”, diz.

Resta esperar que a SPTrans e a prefeitura tomem providências tanto a respeito do cemitério de ônibus da Barra Funda quanto a promessa do bolsão de ônibus do Pari na Garagem Araguaia.

 

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Rogério Magalhães 16/07/2009 at 22:13

    Para a gente que é adepto dos “ônibus que tanto amamos”, locais como esse são de cortar o coração. Não só pelos maus tratos a quem tanto pode servir às populações de quaisquer municípios (e tirar tantos e tantos carros das ruas das grandes e médias cidades), mas pelo enorme desperdício de dinheiro envolvido, seja no apodrecimento de ativos, seja nos gastos em manter espaços desses, até mesmo manter seguranças e tudo o mais. É lamentável que haja situações como essa.

    Se não estiver enganado, a maioria desses “cemitérios” de ônibus em Sampa surgiram por conta de péssimos empresários que vira e mexe infestam o sistema de transporte coletivo. E por conta de inúmeras dívidas e falências às vezes fraudulentas, esses ônibus acabam nesse estado por conta de processos judiciais intermináveis, que “aprisionam” os ônibus que não podem ser vendidos.

    Pior é que este não é o único “cemitério” da cidade. O existente na Av. Guido Calói, em Santo Amaro, é ainda mais lamentável, por ainda conter muitos ônibus elétricos, alguns relativamente novos à época, que foram vítimas da ação ridícula e sacana da então prefeita cuja alcunha é Madame Martaxa. Alguns desses tróleibus foram arrematados em leilão, depois de anos presos pela justiça, pela Metra e hoje rodam impecáveis no Corredor São Mateus-Jabaquara. Mas outros apodrecem ali.

    Simplesmente bizarro… parabéns pelo alerta, amigo Douglas!

    Reply
    • Rafael 04/12/2009 at 22:36

      Adoorei a materia a pesar de ser um execelnte busolugo mirim (12 anos de idade) sei muito bem q os onibus da grande megalopoli chamada sao paulo devem ter 11 anos de uso e para ser descartados devem ter condicoes de uso inapropriadas para qualquer tipo de trasporte.Quando eu li a materia identifiquei varias empresas de trasportes q ainda atuam nos dia de hoje com veiculos em otimas condicoes . ja que os veiculos estao parados pq naum deixalos em restauradores e recolocalos em funcionamento,pois estes veiculos ainda servem de trasporte para muitas pessoas q necessitam de trasporte para ir e vir finalizando os onibus nas imagem acima podem servir de manutencao as empresas q os deixaram ali coloquem ferramentas e os adptem um guinço e os coloquem de socorro no dia-a-dia.

      Meu nme é rafael um pequeno busologo.

      e-mail: rafa1997.costa@gmail.com

      Reply
  • VENTURA 16/07/2009 at 23:20

    Verdadeiro absurdo. Trata-se de puro descaso para com o povo.

    Reply
  • marcus 16/07/2009 at 23:57

    na avenida Guido Caloi na Zona Sul de SP tem muito mais que 150 onibus num patio apodrecendo

    Reply
  • Edu Lima 17/07/2009 at 01:56

    Fiz umas fotos de lá no ano passado. Como imagem gostei daquilo tudo. Entendo a questão de aproveitar os unibus em outros municipios mas deve-se levar em conta que todos merecem ter equipamentos publicos em condições de segurança e qualidade do mesmo nível que temos nas melhores empresas de onibus de SP.

    Pegar um onibus velho deste com 10 anos de uso e tascar para suar em outro lugar, sem as devidas manutenções não. Outra questão a economica é saber se é mais interessante (pelos números), consertar estes de 10 anos ou comprar novos. Regulamentações quanto a emissão de puluentes, qualidade da extrutura, celula de sobrevivencia (termo usado em automoveis).

    Enfim seria legal Douglas, como jornalista você consultar as empresas fabricantes de veiculos novos, para saber sobre como funciona, ouvir outros lados, colher informações.

    Quanto a criação de um parque ali já é uma praça, com alguns equipamentos esportivos, só que muito mal cuidada pela administração e pela população também. Um pedaço da praça, lá do outro lado (na parte de cima?), foi doado em regime de comodato, para uma ONG, e eles estavão construindo um predio, na primeira vez que fui lá fotografar.

    Como curiosidade, da primeira vez que fui lá, subi numa torre de iluminação da praça para fotografar a garagem dos onibus.

    []´s

    Edu Lima

    Reply
  • João 17/07/2009 at 06:01

    Realmente triste isso, porém trabalho em uma encarroçadora de ônibus e até então não tinha visto os ônibus que vendemos nesse estado.

    Um fator que pode justificar o fato dos ônibus mesmo em condições de usos estarem abandonados é que a cada ano foram-se criando normas que são exigidas para que o ônibus possa rodar. Como exemplo a norma de acessibilidade que obriga ter elevador e espaço reservado para cadeirante. Fora isso, tem outras normas bem exigentes que vão desde um simples parafuso no piso a saídas de emergência e emprego de materiais anti-chama (ex ver norma NBR 15.570).

    O custo para reformar um ônibus antigo e adaptá-lo as norma vigentes hoje, é tão caro quanto comprar um ônibus novo. Algumas empresas mandam o ônibus antigo para a fábrica que trabalho, onde a carroceria é desmontada, sucateada e outra carroceria nova é montada no chassi.
    Porém em cinco anos, só vi isso acontecer 3 vezes. Outra observação é que mesmo no interior essas normas são vigentes.
    Ótima matéria…

    Reply
  • Eduardo Britto 17/07/2009 at 07:53

    Cúmulus nimbus de estupidez! Não existe articulação, não existe pensamento integrado. Também, talvez, pudera, o secretário de transportes também dirige a CET e a secretaria de serviços… não há memória ram que permita ter competência pra tanta coisa. Ah, claro, quando é pra gastar 1 bi detonando a Marginal, aí funciona. Lamentável. Parabéns à equipe do SP Restaurada.

    Reply
  • Elizabeth Florido 18/07/2009 at 22:20

    A pergunta é: será que todos esses ônibus estão tão ruins que não poderiam estar mais circulando. Tanto desperdício não dá pra entender. Não é à toa que despencou o índice de satisfação do usuário de transporte urbano na capital

    Reply
  • Edson 20/07/2009 at 13:27

    Douglas, entrei no site para dar a sugestão de afundar as carcaças para formar recifes, a exemplo do que é feito com os navios.

    Mas um olhar mais atento me chamou a atenção para o bom estado de conservação de boa parte dos veículos. Que desperdício!

    Reply
  • ginaldo Brunelli maciel 02/08/2009 at 12:46

    Eu acho que estes ônibus tinha que doar, por algumas cidades,pequenas que não tem condições de por ônibus novo nas ruas,ou até vender por um preço mais baixo da metade, muitas cidades estão sofrendo sem ônibus.
    Ou a prefeitura tinha que doar por algumas cidades do nordeste que não tem condiçês.
    Eu me sinto triste quando vejo estes ônibus abandonado, sendo que dar pra ussar, eu acho que deveria doar.

    Reply
  • Mais um cemitério de ônibus, mais um símbolo do desperdício do dinheiro público | Blog Ônibus Brasil.com 12/08/2009 at 23:06

    […] mais terrenos com centenas de ônibus literalmente apodrecendo são encontrados. O pessoal do site São Paulo Restaurada, especificamente um dos colaboradores, Douglas Nascimento, achou este terreno na Barra Funda. Lá, […]

    Reply
  • wagner da fonseca silva 22/08/2009 at 12:24

    quanto custa um onibos como esse

    Reply
    • lucas 23/06/2012 at 21:49

      por volta de 250.000 mil reais hoje antigamente pode ter sido 990.000 reais

      Reply
  • Alessandro Capeloto 25/08/2009 at 14:21

    Mesmo sendo sucatas, os veículo podem ser vendidos em leilão público como aconteceu aqui em Londrina, onde a “carcaça” de um õnibus 1111, ano 1976, sem motor e cambio foi arrematado por R$ 3.000,00, para desmanche.
    Portanto, o mínimo que se arrecadaria em um leilão seria R$ 420.000,00, sem levar em conta que tem foto de veículos mais novos, que podem custar até R$ 30.000,00.
    É um patrimônio considerável e deve ser tomada alguma atitude urgente.

    Reply
  • ALEXANDRE 09/09/2009 at 18:22

    Douglas, se caso estiver vendo este comentário isso não é nada vá até avenida Guido Caloi e dá uma olhada na quantidade de onibus jogados fora estragando com o tempo e o dinheiro que pagamos para isso, mas fazer o que ná infelizmentes nascemos no Brasil e moramos nele.
    È o fim da picada….

    Abraços

    Alexandre

    Reply
  • Persio Lima Peroni 10/09/2009 at 19:51

    Achei mto boa a matéria e serve c omo alerta como o desperdício neste pais vem crescendo, é um absudo. Tanta coisa poderia ser aproveitada mas as vezes é melhor apodrecer, trazer transtornos p moradres, etc….
    Sou Diretor da CBDef, Central Brasileira dos Deficientes que visa lutar pelos direitos e interesses das pessoas com deficiencia ou mobilidade reduzida, e estamos com enorme problema em conseguir um espaço para prosseguir nossos trabalhos, visto q nossa instituição não tem fins lucrativos (nã cobramos por nenhum serviço prestado).
    Gostaria da ajuda de alguém q conhecesse sobre imovéis pelo regime de comodato para nos auxiliar para tentar-mos conseguir tais imoveis.
    meu email – peroni_lima@hotmail. com

    Grato

    Peroni

    Reply
  • Raphael 17/09/2009 at 12:57

    Vi esse artigo e achei interessante seu trabalho ao denunciair esse cemitério de onibus. Ele existe há anos, os onibus vermelhos(Caio Amelia) estão aí há mais de 10 anos. O pior é que nem todos os onibus são Ex-CMTC, pois a maioria são de uma empresa que foi descredenciada em 2003 ainda na gestão Marta suplicy, o descredenciamento foi por causa das más condições da frota. É justo os que são da década de 90 são da empresa descredenciada e é justo os que ainda tem condições de rodar nas ruas. Tem uma enorme briga judicial entre o empresario e a sptrans que se estende ha um tempão. Ainda existe outras nessa mesma situação, nos bairros de Pedreira (ZS) e São Mateus(ZL). Enquanto a disputa judicial não acabar, eles vão ficar aí, apodrecendo, nessa garagem, o que restou da extinta CMTC são apenas as carcaças, kombis e uns monoblocos e outros dois onibus que ainda estão aparentemente inteiros. Onde tem muito onibus EX-CMTC é na antiga garagem da vila leopoldina, fica na Av. imperatriz leopoldina. Lá é bem maior do que essa e é onde a sptrans poderia fazer um leilão para esvaziá-la de vez!
    abraço

    Reply
  • Julio Bueno 09/11/2009 at 13:39

    Para quem é fão de ônibus poder ver a lamentável situação de como se encontram peças que fizeram parte da vida de muita gente e que deviam ser preservados sim,pelo menos um modelo de cada ônibus.

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ‘0 which is not a hashcash value.

    Reply
  • Ruy Acquaviva 15/11/2009 at 18:32

    Existe um depósito muito maior que esse na Avenida Leopoldina, zona oeste de São Paulo, próximo ao CEASA.

    Os ônibus estão irrecuperáveis e servem de ninho de ratos, que proliferam na região.

    Reply
  • Sandro Jardim 18/02/2010 at 09:49

    Realmente é uma tristeza ver esses ônibus em bom estado se deteriorando a cada dia.
    Enquanto tanta gente nesse país tem sequer um meio de locomoção.
    É no mínimo um descaso.
    Mas não é interessante para os governantes levantar algum dinheiro com a venda das mesmas em prol da população.Isso não vai dar Ibope
    nem tão pouco render votos nas eleições.

    Reply
  • Isabel 27/02/2010 at 11:26

    To adorando o site e adorei essa materia, realmente é horrivel ver esses onibus abandonados nesses patios.
    Na Av Imperatriz Leopoldina, zona oeste tem uma garagem abandonada tbm, muitos onibus estão apodrecendo la.

    Reply
  • joao da silveira 13/03/2010 at 04:28

    a voz do povo a minha vos.esses onibus velhos antigo podem nao segificar nada para voces .mas podera ajudar muitas pessoas no interior de sao paulo ou ate mesmo no nordeste .abra o teu coracao .demostre o . nos podemos sin fazer alguma coiza pelo procimo com a uniao todos venceremos um dia .crato pela compreencao

    Reply
    • paulo branco 08/06/2010 at 23:06

      Tem que ser ser desmontado e reciclado, pois os leiloes só servem para os espertalhoes comprarem onibus velhos e colocar pra rodar onde os ingenuos nao vao reclamar. o povo do interior é igual ao da capital e tem que andar em transporte de igual qualidade. ta na hora desse povo exigir seus direitos. parem de ser saudosistas a tecnologia de 10 anos atras nao serve mais para hoje, onde temos inclusive a inspeção veicular para controlar a emissão de poluentes.

      Reply
  • vanderlei 22/07/2010 at 22:19

    estes ônibus deveriam ser vendidos!é muito desperdício!a garagem da av. guido caloi era a antiga viação santo amaro.moro perto dela e o engraçado é que fica ao lado da central da SPtrans!!

    Reply
  • herick durann 28/01/2011 at 15:02

    tenho 15 anos e me conssidero um busologo profissional faço miniaturas de onibus e achei um buscar urbanus 1 ja fiz esse onibus em papel cartão e achei um desperdicio moro em teofilo otoni os onibus daki soa semi novos e quando saem de circulação eles são vendidos e o dinheiro serve para comprar mais onibus ,meu sonho e me formar em engenharia civil e mecanica ao aposentar quero ter uma empresa de turismo e não farei isso que acabei de ver na reportagem ao sair de circulação venderei ou doarei para instituiçoes de caridade ,no projeto de um onibus centenas de profissionais estão envolvidos inclusive engenheiros ,tenho varios projetos de onibus criados por mim da futura empresa de onibus DURANN e não quero esse destino para os meus onibus se quiserem ver meus projetos visitem meu orkut (herickdurann@hotmail.com) add voces e depois posto meus projetos no orkut abraços HERICK

    Reply
  • Jefferson 07/06/2011 at 17:18

    Podiam sortearem…..rsrsrsrsrs

    Eu queria um nem que fosse pra deixar na minha garagem só em conservação!.kkkkkkkkkkkkkkk

    Reply
  • Ricardo 17/06/2011 at 04:59

    Quando passo de trem entre Barra Funda e Luz eu via esse cemitério de ônibus, quanto desperdicio, quanta falta de respeito com a população e com o dinheiro público mas acabou!!! Não sei para onde levaram, e onde é o novo cemitério mas esse aí ficou vazio…

    Reply
  • Alexandre 20/06/2011 at 01:46

    Existem centenas de localidades brasileiras, áreas rurais e municipios sem recursos que aproveitariam muito bem esses coletivos como onibus escolares,só aqui no interior do ES tem crianças que andam kilometros desde antes do amanhecer para poderem chegar nas rodovias e pegarem um onibus escolar para poderem estudar. LAMENTAVEL esses depositos. Isso é desperdicio, má gestão, má vontade com a coisa publica. NOTA ZERO pra cambada de politicos que desgovernam nosso país.

    Reply
  • VICTOR 06/07/2011 at 23:42

    EU QUERENDO UM DESSES E VENDO MUITOS ACABANDO.
    HOO DEUS FIKO TRISTE AO VER ISSO …

    Reply
  • joao 14/07/2011 at 09:34

    eu acho que esses onibus não deveriam ser abandonados só presisam de um retrato um toque finall

    Reply
  • wesley 18/11/2011 at 15:36

    também acho um absurdo me de um que eu vou adorar

    Reply
  • luan 29/12/2011 at 21:48

    isso é um tremendo disperdicio enquato tem gente por ai pelo interior que só anda apé

    Reply
  • gil 11/02/2012 at 19:24

    E uma vergonha para o povo q paga varios empostos , e nada a ser feito , tudo começou com a prefeita erondina q na epoca deixou fali a cmtc , com varias compras de peças de onibus , e depois veio o prefeito maluf , para acabar com q restava da cmtc ,maluf começou a repartir a frota da cmtc um pouco para os filhos q era a transdauto transkuba , e o restante para outros , depois veio o pita , q acabou com o onibus do sistema paz , nao pagarao os bancos q a cmtc devia , ai o restante da cmtc foi confiscado pela justiça q sao eses onibus q restao na guido caloi , e sobre a marta , ela tambem colaboro para a queda da cmtc e outraz empresas q nao conseguirao ficar no sistema q ela colocou em sp , a emprensa mete o pau nos empresarios mas esquece q a culpa do tranporte eos politicos q so pensa em si mesmo , uma comparaçao , 50% das catracas vao para ha prefeitura voce sabia , entao parece q ha emprensa tem medo dos politicos?????

    Reply
  • gil 11/02/2012 at 19:35

    ENGRAÇADO QUE OS JORNAIS NAO FALA A RESPEITO DO EMPERIO DA CMTC , PORQ? ESSES ONIBUS Q VOCE VER JOGADO NOS PATIOS , NA EPOCA ELES ERAO NOVOS , TINHA POUCO TENPO DE USO ALGUM DELES , DARIA PARA FORMA OUTA EMPRESA MAS , O MALUF PREFERIU ACABAR , SABENDO Q ERA MAIS DINHEIRO PARA O BOLSO DELE , QUANTOS FUCIONARIOS FORAO DESPEDIDOS OUTROS APOSENTADOS , CERA ATE GUANDO ESSES POLITICOS VAO PARAR DE ROUBAR O POVO , ELES ESQUESEM Q VAO MORER , ENTAO PARA QUE TANTO DINHEIRO SO O SALARIOS NAO E SUFICIENTE , VAMOS ACORDA PARA REALIDADE ,POVO UNIDOS PARA COMBATER A CORRUPIÇAO .

    Reply
  • Diego Anthony Alves Ferreira 09/03/2012 at 09:20

    Do mesmo jeito ficou a CTC empresa de transporte coletivo da prefeitura aqui de Fortaleza onde moro,desde 2004 pelo menos 65 veículos encontram-se sucateados,a empresa deixou de operar no Sistema Integrado de Transporte daqui desde junho do mesmo ano.No ano seguinte em 2005 a nova administração viu a situação em que esta empresa ainda se encontra,parte da frota chegou a ser reformada para iniciar o Transporte Escolar do Município quanto ao resto nada pode ser feito,pois alguns deles não tem mais peças disponíveis no mercado e a manutenção é caríssima,são na maioria veículos com motor Volvo e além disso tem a questão de penhoras em cima desses veículos por conta de dívidas que as gestões anteriores foram deixando acumular ao longo da década de 90 até o referido ano de 2004.

    Reply
  • clodomildo pereira de souza 06/04/2012 at 11:17

    Em 2014 se Deus quiser me aposento nos correios. Estou pensando em adquirir um micro-onibus motorhome para viajar com a minha esposa e minha filha especial pelo Brasil. Mas vendo esses onibus abandonados, estou querendo solicitar a doação de um deles para a minha familia. Vamos reformá-lo e torná-lo a nossa casa sobre rodas. por favor respondam para o meu email. Aos amantes de aventuras, vamos pedir essas reliquias para nós, e mostrar pra eles que tem alguem que os quer. resp para: mil_2014@hotmail.com

    Reply
  • JOSE BATISTA MENDES 28/04/2012 at 07:08

    PODERIAM LEILOAR EU GOSTARIA EU GOSTARIA DE TER UM DO ANO 1980

    Reply
  • gilberto 03/05/2012 at 21:42

    infelizmente não existe uma politica de reciclagem que respeite o meio ambiente e os que necessitam realmente de uma juda humanitaria que seria bem vinda aos pais de familias que estão desempregados. Dá pra quem quiser cortar, no machado, tem muito aluminio cobre e outros metais nobres que seriam muito bem aproveitados o meio ambiente agradeceria e o espaço ultilizado desnecessariamente por estes dinossauros mecanicos, seria aproveitado para uso de ongs, hospitais, poupa tempos e areas de lazer. Acorda povo o Brasil esta prosperando, vamos por fim nestas miserias….

    Reply
  • tiagosousasilva 19/05/2012 at 11:13

    doar um deles pram min

    Reply
  • israel 29/07/2012 at 12:55

    e uma pena esses onibus taren abandonados tanto onibus bons deverian ta rodando esses onibus são mais resistente do gue esses novos.principalmente aguele volvo alvorada gue tem a foça do hulk.eu acho uma besteira não deixa esses onibus fazer transporte coletivo em sp.esses novos são bem tecnológico.agui a 11 anos não vão poder fazer transporte coletivo uma besteira.eu sou motorista de onibus agui e sp. eu digo uma coisa para voces mesma coisa vai ser com esses novos agui a 11 anos vão ta tudo em patios desse jeito.

    Reply
  • ita 01/08/2012 at 21:40

    que pena sou musico e moro em s c cidade de lauro muller como gostaria de ser presenteado com um desse s para transportar minha banda, ja que vao se terminar sem utilidade assim realizaria um grande sonho se for atendido muito obrigado meu telefone e 48 34643585 e 91342564

    Reply
  • GREICE 27/10/2012 at 21:57

    ola gente do spa eu sou um homem apaixonado por ônibus antigo e também acho um grande desperdício ou uma falta de compreensão de órgãos públicos porque ha tantas escolas nos interior precisando de um ônibus desse p/ levar criança a escolas ou ate mesmo um trabalhador da sona rural o/ o seu trabalho e também tem outras nitidades que necessita de um carro desse p/ fazer tantas coisa que nem da p/ falar o que eu quero que o governo federal passe a ver isso com mais precisão p/ que não venha acontecer isso eu acho que o deveria entrar em contato com os donos carros comprar mais barato p/ não perder e fazer doação p/ todo BRASIL PORQUE SE TODOS VISSE DESSE JEITO COM CERTEZA O MUNDO ESTARIA MUITO MELHOR AGORA VOU FALAR DE ME UM POUCO SOU UM HOMEM DE 46 ANOS TENHO TRÉS FILHOS DO QUAL O SEGUNDO AOS 12 ANOS TEVE 02 AVC E FICOU MUITO DOENTE HOJE ELE TOMA MUITO REMÉDIO CONTROLADO E É FAXINADO EM ÔNIBUS ANTIGOS COMO EU HOJE ELE TEM 14 ANOS DE IDADE EU MORO DE ALUGUEL TRABALHO EM UM HOSPITAL HA 08 ANOS COMO AUXILIAR DE MANUTENÊNCIA GANHO UM SALARIO MINIMO P/ PAGAR A CASA AGUÁ E LUZ A MINHA ESPOSA NÃO TRABALHA E EU TENHO QUE MANTER ACASA O QUE EU QUERO DOS SENHORES SE FOR POSSÍVEL EU GOSTARIA DE GANHAR UM DESSES P/ MORAR E FAZER UMAS COM MEU FILHOS QUE É LOUCO P/ QUE AGENTE UMA PELO INTERIOR DA BAHIA OBRIGADO PELA ATENÇÃO E QUE DEUS OS PROTEJA A TODOS AMEM

    Reply
  • Pardo 04/05/2014 at 20:25

    Colega, corrige o link para as fotos dos ônibus nessa garagem, pois quando se clica no link aparece o da Garagem Araguaia.

    Reply
  • APARECIDO VANDERLEY DOS SANTOS 14/05/2014 at 15:21

    VENDO ISSO COMO O NOSSO BRASIL VIVE , EU SOU UM PASTOR EVANGÉLICO E TRABALHO E VARIOS LUGARES DE DIFÍCIL ACESSO E COMO UM VEICULO DESSE ABANDONADO ME SERVIRIA TANTO, TEMOS QUE FAZER MUITAS VIAGENS DE CARRO PARA BUSCAR AS PESSOAS QUE NÃO TEM CONDIÇÕES DE VIR NA IGREJA POR NÃO TER COLETIVOS NO LOCAL E NEM POSSUIR VEICULOS , TEMOS QUE BUSCAR ESSAS PESSOAS , COM OS CARROS DOS IRMÃOS DA IGREJA, PODERIAM DOAR ISSO E INVÉS DE SER SUCATA SERIA UMA FERRAMENTA PARA PODER FAZER MAIS A OBRA DE DEUS .

    Reply
  • diego del 02/09/2014 at 18:04

    qual o endereco desse local alguem sabe ?

    Reply
  • edsonramãorios 16/05/2015 at 22:05

    isso e brasil muitos brasileiros precisando de um onibus para trabalhar eu mesmo tenho uma pequena equipe de sonorização para festas e eventos e preciso muito de um onibus eles podiam fazer uma doação eu ia querer um se algum politico bom que e raro no brasil mete a cara ai esses onibus vão sai do lugar estou esperando…

    Reply
  • Tania 03/09/2015 at 04:54

    Gente alguem poderia me ajudar ? Eu queria montar um treiler e queria um onibus onde consigo ou pra me doarem ou pra vender baratinho aguem sabe me informar?

    Reply
  • gustavobahri 18/11/2015 at 00:34

    Os ônibus não possuem alimento para roedores, sendo assim os reclamantes deveriam estudar um pouco sobre como eliminar os roedores com simples atos como não descartar alimentos no lixo que servem de alimento para os roedores. Assim como os prédios residenciais foram construídos em terrenos de posse que são protegidos pela constituição, o terreno utilizado para garagem dos ônibus goza dos mesmos direitos de uso como bem desejar o dono.

    Reply
  • Luiza elizabtete da cruz 29/12/2015 at 12:56

    boa tarde. por acaso esses Onibus estão a venda. tenho enteresse

    Reply
  • ailton de freitas lima 04/01/2016 at 02:46

    Ailton de freitas lima, eu acho isso uma vergonha nacional ve esses onibus abandonados nos patios se estragando na ferrugem mas deveria ser totalmente ser4 trocados por onibus novo mas como a cmtc faliu por causa do PT vagabundo que a empresa faliu a senhora luiza erundina que tava no PT vagabundo eu acho, que cmtcdeve voltar a funcionar por que e um descaso total que quando a gente paga imposto alto que isso e uma vergonha todo mundo fala que quem quebrou a cmtc foi o maluf isso e mentira por que quem quebrou a cmtc foi o PT vagabundo safado senvergonha e pirareta mas eu era pequeno e me lembro da cmtc transporte, a marta quando pertencia o PT ela quebrou a viaçao santo amaro a jurema sao camilo e reduzil o contrato dos onibus de circulaçao de 20 anos pra 10 anos de uso isso e uma vergonha desse PT vagabundo safado e picaretaos onibus que deve circular deve ser scania e volvo, mercedes benz e lixo urbano PT para de ser vagabundo e toma vergonha na cara saco que o povo nao gosta de onibus com ar condicionado, ar condicionado e pra bixa viado,os onibus deve ser biarticudaodo da volvo e articudado scania gota gotou quem nao gostar va te lascar PT vagandundo, oedio esse partido.

    Reply
    • Régis Kineipe 06/09/2017 at 09:34

      caça palavras
      encontre a sigla pt sem a palavra vagabundo em seguida

      Reply
  • Régis Kineipe 06/09/2017 at 10:00

    essa foto era do cemitério da avenida guido caloi em 2014. tinha o dobro do tamanho antes de existir o viaduto onde estou.
    ja faz alguns meses que todos os onibus foram retirados

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10204637119830830&l=bdfa53caeb

    Reply