Sou uma pessoa que gosta muito de comer fora em bons restaurantes e lanchonetes. E sempre fui muito fiel aos estabelecimentos que costumo frequentar…

Estes lugares não passo mais que um mês sem visitar, pois não consigo ficar longe deles e de sua saborosa comida e atendimento atencioso. Porém esse ano fiquei órfão de dois dos meus mais visitados.

O primeiro, já abordado aqui, foi o La Farinata. Esse delicioso restaurante italiano de porções generosas, preços justos e funcionários gentis fechou no final de 2017, sufocado pela falta de apoio público aos comerciantes tradicionais do centro e pela crise que assola o país.

E agora comunico o fechamento do restaurante que mais morava dentro do meu coração, que frequentei de vinte em vinte dias nos últimos 20 anos: o Chopp Escuro.

clique na foto para ampliar

Localizado na Rua Marquês de Itu, o Chopp Escuro foi um dos mais bacanas restaurantes que o centro paulistano já teve. Isso se deve não apenas ao fato de servir boas comidas, um excelente chopp e ter preços bons. Vai mais além!

Este recanto da boa comida foi, provavelmente, o mais liberal e acolhedor restaurante que já conheci.

Pelo fato de estar localizado entre a Praça da República e o coração da Vila Buarque o Chopp Escuro sempre recebeu uma freguesia bem variada, de casais que vivem na região, turistas, turmas de happy hour e inúmeros casais e pessoas da comunidade LGBT.

Era muito comum ver um casal de idosos almoçando em um mesa e ao lado um casal gay. Também não era raro entrar uma drag queen montada para jantar com amigos.

Tudo isso somado a um atendimento sempre gentil, respeitoso e dedicado dos funcionários da casa que em grande parte estavam no estabelecimento há mais de uma década. Desde o segurança que sempre estava de prontidão à porta, ao time de garçons (foto abaixo) e cozinheiros.

Crédito da foto: Marco Godoy

Não sei ainda as reais razões do Chopp Escuro ter fechado às portas. Ouvi várias versões que vão desde crise financeira até a idade avançada do proprietário (que tive o prazer de conhecer e era realmente de certa idade), mas seja lá qual for a história verdadeira uma coisa é certa: A Rua Marquês de Itu perdeu um pouco de seu brilho.

Nestes meus 20 anos de freguês posso ter pedido a conta de quantas vezes estive almoçando ou jantando. Mas lembro-me dos negócios que fechei ali, do emprego que consegui em uma reunião naquelas mesas e dos inúmeros momentos românticos e agradáveis junto à minha esposa.

Lembrarei sempre com muitas saudades das entradas com beringela e azeitonas, do nhoque com calabresa, do baby beef com arroz carreteiro e fritas e do sempre delicioso creme de papaia com cassis de sobremesa. Além é claro, do sempre muito bem tirado chopp.

Se você tiver mais informações sobre o motivo do fechamento, entre em contato conosco.

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • RT 23/05/2018 at 12:46

    fechou no final do ano passado! e o amigo leal tbm é outro que trocou de dono e já baixou as portas…

    Reply
    • Andre Ganzelevitch 03/06/2018 at 18:20

      Que pena. Pelo Chopp Escuro e pelo Amigo Leal. O chamado ‘centro novo’ vai perdendo a graça.

      Reply
      • Douglas Nascimento 04/06/2018 at 09:05

        O Chopp Escuro não fechou, a informação do leitor que disse isso é equivocada. Estive lá e pude constatar que o restaurante está sob nova direção e que decidido fazer uma reforma geral no local. Deve reabrir nos próximos dias.

        Reply
  • Daniel Pardo 27/05/2018 at 19:44

    As vezes a impressão que tenho é que os que comandam esse país, querem acabar com os pequenos prazeres da vida dos cidadãos para transformar esses num bando de autômatos que não fazem mais nada além de trabalhar, pagar imposto e cumprir ordens…

    Reply
  • ADEMIR RICHOTTI 29/05/2018 at 12:37

    Poxa,não sabia da existencia desse restaurante,gostaria de ter conhecido.

    Reply
  • Antonio Carlos da Silva 12/06/2018 at 15:07

    É uma pena mesmo. Sou morador da região e, volta e meia, ia ao Chopp Escuro, que comecei a frequentar nos anos 80, época em que o local vivia lotado.

    Reply