Num passado cada vez mais distante, as salas de cinema de rua dominavam o cenário da sétima arte paulistana. Era muito prazeroso após uma sessão de cinema, caminhar pelas ruas de São Paulo para tomar um café, conversar, conhecer pessoas ou simplesmente para retomar o caminho de casa.

A construção abaixo foi um enorme cinema de rua que era localizado bem no início da avenida Duque de Caxias, ainda no Largo do Arouche. O Colyseo Paulista, foi o primeiro cinema a ostentar o logotipo da empresa cinematográfica alemã UFA na cidade. Poucos anos depois, em 1936, o UFA-Palace seria inaugurado e tornar-se-ia o grande exibidor de filmes alemães em terras paulistanas.

Com o tempo o cinema foi fechado e posteriormente a construção foi demolida. Hoje, existe no local um enorme edifício de 21 andares. A curiosidade é que no térreo deste edifício existe um cinema: O Cine Arouche, que hoje só exibe filmes pornográficos.

O ANTES (1931):

O DEPOIS (2010) – Clique para ampliar:

A foto acima mostra o quanto mudou o pacato cruzamento da década de 1930 para a urbanizada São Paulo atual. Note que, curiosamente, uma das portas comerciais do prédio fica na mesma posição da entrada principal do antigo cinema. Na extrema direta da construção é possível ver a fachada atual do Cine Arouche. Abaixo, uma visão geral do arranha-céu que se encontra no lugar do antigo Colyseo Paulista.

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Alexandre Giesbrecht 19/03/2010 at 17:29

    Esse prédio estava bem mal-cuidado, não fazia muito tempo. Pelo menos fizeram uma boa pintura nele.

    Reply
  • sonia 21/03/2010 at 19:53

    simkplesmente mudou tudo é claro mas o recuo da calçada ainda ficvou pequeno…mas agorta ja é tarde

    Reply
  • Rafael 17/05/2010 at 01:39

    Fiação aterrada, na época da implantação dos postes de iluminação. Deve ter ocorrido na mesma década de 30 do século passado.

    Reply
  • cicilia 14/08/2010 at 11:57

    que triste! tinham era que ter preservado o prédio antigo!

    Reply
    • cicilia 14/08/2010 at 11:58

      complementando meu comentário acima: basta dar uma olhada pelas cidades da Europa e veremos construções muito mais antigas, e muitas ainda mantidas em bom estado de conservação. Isso é memória! História!

      Reply
  • Brigida 17/04/2011 at 18:45

    É uma pena como São Paulo está ficando à cada dia mais destruída. Eu culpo a centralização do Brasil aqui. Nosso estado não está mais comportando tanta gente. O nosso governo (principalmente os empresários) deve dar condições para os outros estados. São Paulo está uma bagunça, nossa área verde está se transformando em favelas e nossos monumentos estão virando o lar de moradores de rua e ponto de tráfico de drogas. Precisamos que ocorra uma limpeza urgente. Não adianta ficar aumentando São Paulo de tamanho. Pô meu parece que no Brasil só existe São Paulo!!! Ando muito ttriste com tudo que está acontecendo na minha amada cidade. Estou vendo ela morrer muito rápido. As autoridades e os empresários, por favor, parem de centralizar tudo aqui. São Paulo não pode comportar o Brasil, muito menos receber os maus tratos de quem não se importa nem um pouco em agradecer o estado que acolhe à todos. Sinto muito mas ando muito chateada com tudo isso. O Sul do país é preservado porque só aqui tem que ser diferente?
    Olha que o Brasil é grande. E cheio de pessoas dispostas à trabalhar. Vamos parar de centralizar tudo aqui ok!!! Amo muito minha cidade Natal!!!

    Reply
    • Raul 22/01/2013 at 02:44

      Concordo com você, é muito triste ver essa destruição toda

      Reply
    • Pardo 13/04/2014 at 23:28

      Brígida, isso está acontecendo porque “Titio Haddad” e principalmente “Geraldinho picolé de chuchu Alckmin” estão entregando a cidade nas mãos de especuladores imobiliários que fazem o que bem entendem com os imóveis antigos, não importando se os mesmos ainda têm condições de habitabilidade ou não.

      Reply
      • J.C.Cardoso 14/04/2014 at 15:09

        Aqui no Rio, a Shei-la, ops, o nosso prefeito Eduardo Paes, também está fazendo o mesmo.

        Reply
      • Anilton Moccio 20/10/2016 at 22:30

        Pardo, isso acontece desde sempre e piorou a partir da década de 70.

        Reply
  • J.C.Cardoso 20/09/2012 at 16:07

    Imagino que esse enorme coliseu alemão nos anos 30 fosse para fazer propaganda nazista. É bem a cara da ideologia do regime.
    Suponho que, com a queda da Alemanha, o cinema tenha caído em desgraça.
    Quando foi demolido?

    Reply
  • JOAO CARLOS 12/05/2017 at 00:02

    Em 89 assisti o belíssimo filme cinema Paradiso no já decadente cine Arouche (sala A).

    Reply
%d blogueiros gostam disto: