Na Zona Sul, entre os distritos de Itaim Bibi e Santo Amaro está localizado o Brooklin. O bairro já foi conhecido como Brooklin Paulista e hoje se configura em duas partes, o Brooklin Novo e o Velho. A região, como um todo, é considerada nobre e é mercada pelo luxo e por sede de grandes centros empresariais.

Divulgação - Lopes

O Brooklin é vizinho de bairros como Olímpia, Vila Cordeiro, Indianópolis, Chácara Santo Antônio, Campo Belo, Campo Limpo e Santo Amaro. As principais vias que o delimitam são, por exemplo, a Marginal Pinheiros, Avenida dos Bandeirantes, Rua Roque Petroni Junior e Avenida Washington Luís.

HISTÓRIA:

No começo do século XX a região do Brooklin já existia, mas não era considerada um bairro. O espaço recebia uma das paradas do bonde que cortava a cidade de São Paulo. A valorização imobiliária, no entanto, só aconteceu quando a companhia São Paulo Tramway, Light and Power assumiu o negócio na região.

Vale ressaltar que a área somente surgiu como bairro em 1922, quando teve seu território loteado e divido entre três compradores: Afonso de Oliveira Santos, a Sociedade Anônima Fábrica Votorantim e Júlio Klaunig com Álvaro Rodrigues.

A partir desse momento o bairro se desenvolveu com a construção de casas, fábricas e outros empreendimentos. Estar às margens de dois córregos (Água Espraiada e Cordeiro) não impediu a evolução do distrito.

Divulgação - Lopes

Já nos anos 60 o bairro sofreu outro grande crescimento, advindo da construção da Estação Berrini de trem. O movimento foi intensificado também com a formação de um centro comercial em volta da Avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini. Na rota instalaram-se empresas nacionais e multinacionais que fugiam do centro e da região da Paulista e Faria Lima. Essa configuração permanece até hoje, já que a Avenida abriga os estúdios de TV da Disney e HBO, hotéis de luxo, consulado canadense e sueco e, entre outros, os prédios de instituições como a Nestlé e a HP.

O Brooklin, durante os anos, passou por diversas obras e hoje se consolida como uma área privilegiada na cidade. É o bairro que abriga um dos cartões postais de São Paulo: a Ponte Octávio Frias de Oliveira, conhecida como Ponte Estaiada.

Lopes - Divulgação

A ORIGEM DO NOME BROOKLIN:

O nome foi escolhido pela Light, como uma homenagem ao famoso bairro do Brooklin, em Nova York. Os dois bairros têm duas coisas em comum, além do nome: sediam as pontes que são cartões postais de suas respectivas cidades e são ambos grandes centros comerciais.

INFRAESTRUTURA:

As ruas urbanizadas e arborizadas do Brooklin Velho combinam perfeitamente com as casas de alto padrão da região, a qual é mais residencial e horizontal que o Brooklin Novo. Lá você encontra inúmeros centros comerciais e casas de classe média.

TRANSPORTE:

O bairro abriga a estação Berrini da Linha 9 da CPTM e futuramente contará com um com o monotrilho da Linha 17 e a estação Brooklin-Campo Belo da Linha 5 do Metrô. Ainda recebe inúmeras linhas de ônibus e uma intermunicipal que liga a região até Diadema.

Além disso, o Brooklin oferece fácil acesso à Marginal Pinheiros, aos bairros Morumbi e Itaim Bib e ao Aeroporto de Congonha, que está a apenas 10 minutos do local. As Avenidas Santo Amaro, Jornalista Roberto Marinho e Bandeirantes cortam o bairro, sendo as principais vias de locomoção.

SERVIÇOS E LAZER:

O bairro do Brooklin tem tudo que você precisa. Farmácias e hospitais como o Santa Paula e o São Luís são referência na região. Agências bancárias, restaurantes de qualidade e academias estão espalhadas pela área e são fáceis de serem encontradas. O bairro dispões também de excelentes supermercados e padarias.

Lopes - Divulgação

Entre os centros de compra e shoppings que abastecem o Brooklin, podemos destacar o Market Place e o Morumbi. O primeiro tem 167 lojas, 11 salas de cinema, escritórios e uma maravilhosa praça de alimentação. O segundo, eleito o melhor Shopping de São Paulo, tem 483 lojas e uma área gastronômica de grande evidência com restaurantes como o Saj (comida árabe), Zucco (italiano), Badaró (cozinha paulista) e a sorveteria americana Ben and Jerry’s.

Os amantes de arte música também seu lugar guardado no bairro. A Galeria L’oiel está localizada no Brooklin e com parceria da França realiza diversas exposições sobre pintura, escultura, moda, etc. O WTC Golden Hall é um grande espaço para realização de eventos e a Escola de Música Tom Jobim disponibiliza cursos e aulas para todas as idades.

Lopes - Divulgação

Texto: Carolina Braga / Lopes – Imagens: Lopes (divulgação)

About the author