Preparamos uma seleção de 12 excelentes livros para conhecer melhor São Paulo para você presentear seus amigos e familiares ou a si mesmo.

Conhecendo São Paulo através dos livros!

O cotidiano corrido que temos nem sempre nos permite sair pela cidade conhecendo todos os seus cantos e detalhes. Também não é sempre que podemos visitar os principais museus da cidade em busca de aprender mais sobre a cidade que tanto amamos.

Muitas vezes nos perguntamos: O que era aqui antes de sair este enorme edifício ? Como eram as ruas do meu bairro em 1910 ? Alguém fotografou São Paulo no século XIX ? Quais são os endereços mais curiosos da cidade ?

Para que você possa conhecer melhor a maior metrópole da América Latina, ou para presentear alguém que você ama neste natal, fizemos uma pequena seleção com 12 títulos de livros que julgamos imprescindíveis para aqueles que querem conhecer a cidade de São Paulo com mais afinco. Todos estes livros já foram lidos e são recomendados pela nossa equipe.

Para comprar os livros, basta clicar no título e você já será redirecionado para a loja correspondente.

  • MIlitão Augusto de Azevedo

1) Militão Augusto de Azevedo: São Paulo nos 1860: Impossível falar da São Paulo antiga sem mencionar o grande fotógrafo carioca radicado em São Paulo, Militão Augusto de Azevedo. Principal inspirador do trabalho do site São Paulo Abandonada & Antiga, Militão é o responsável pela quase totalidade das imagens que temos da cidade colonial e pequena que era São Paulo no século XIX. Sem o trabalho de Militão, não teríamos hoje imagens da cidade de outrora. Em formato grande e edição de luxo, o livro escrito por Pedro Correa do Lago é o melhor catálogo de fotografias da São Paulo de Militão. Nossa principal indicação.

  • Aurelio Becherini

2) Aurélio Becherini: Tão fundamental quanto o trabalho de Militão, Becherini é o outro grande inspirador de nosso site. Algumas décadas depois de Militão nos deixar, surge Becherini com fotografias de uma São Paulo em mutação, deixando o ciclo colonial para trás e se tornando uma cidade industrial e agitada. Becherini registrou a mudança das construções da cidade, obras, ruas em transformação e a frenética urbanização que tomou a cidade nos anos 20 e 30. Um livro luxuoso e rico, indispensável para quem quer ver a São Paulo do início do século XX.

  • A Cidade-Exposição

3) A Cidade-Exposição, Comércio e Cosmopolitismo em São Paulo 1860-1914: Imagine a rua Direita não como hoje, mas como nos idos do século XIX. No lugar da corrida frenética de pessoas apressadas, a tranquilidade de uma cidade pacata. Imagine ao invés dos magazines populares de hoje, lojas refinadas como a Casa Garroux e o venerado Banco Alemão. É através de memórias como esta que Heloisa Barbuy nos leva a um passeio delicioso pelo centro comercial da nossa cidade. Além de ricamente ilustrado com fotografias, o livro possui inúmeros materiais documentais, como plantas de imóveis da época, que torna o livro uma literatura imprescindível.

  • Belenzinho 1910

4) Belenzinho 1910, Retrato de Uma Época: Este é o principal livro de cabeceira da dupla de autores do São Paulo Abandonada, ambos nascidos no bairro do Belenzinho. O maravilhoso livro de Jacob Penteado é uma viagem sublime a uma época em que o bairro foi um dos maiores expoentes da cidade. Com uma linguagem primorosa o autor, morador do bairro desde a infância, conta detalhes de sua vida, com acontecimentos que marcaram o bairro nas primeiras década do século 20. No livro, curiosidades como as partidas de futebol do quase imbatível Estrela do Belém, os cinemas do bairro, os vidreiros da região, a vida operária e a história do Minarete, um famoso casarão do bairro que era ponto de encontro de vários escritores da época, entre eles Monteiro Lobato.

  • Salões, Circos e Cinemas de São Paulo

5) Salão, Circos e Cinemas de São Paulo: No passado, quando a TV ainda não existia nos lares paulistanos, circos, teatros e cinemas eram as principais diversões dos cidadãos. Neste livro, Vicente de Paula Araújo, descreve as salas de cinema existentes nas primeiras décadas do século XX, comenta a chegada da sétima arte em nossa cidade e apresenta inúmeros e raros cartazes dos shows, peças e filmes que estavam em cartaz. Um livro indispensável para os paulistanos amantes do cinema.

  • O Rio do Esporte

6) Tietê, o Rio do Esporte: Hoje quando falamos no rio Tietê a primeira imagem que temos é de um rio poluído, um esgoto a céu aberto. Porém muito antes de se tornar um rio sem vida e fétido, o Tietê foi um rio rico e vivo, notabilizando-se por ser o rio do esporte. Neste livro, Henrique Nicolini resgata o passado glorioso do Tietê, contando a história dos esportes praticados neste rio antes dele tornar-se poluido. Corinthians, Germânia (atual E.C Pinheiros), Espéria e muitos outros nasceram para o esporte nas águas deste rio. O livro ainda possui muitas imagens do Tietê antes da urbanização desenfreada da cidade e mapas do curso do rio antes de ser retificado para a construção da marginal.

  • artacho

7) Artacho Jurado – Arquitetura proibida: Através de um livro ricamente ilustrado, Ruy Eduardo Debs Franco, apresenta as obras do famoso e polêmico construtor Artacho Jurado. No livro você conhece todas as suas obras que sempre foram cercadas de polêmica mas que são conhecidas pela robustez e qualidade. Hoje apartamentos projetados por Jurado são extremamente valorizados. Um presente para quem quer saber mais da arquitetura paulistana.

  • rinolevi

8 ) Rino Levi – Arquitetura e Cidade: Tão indispensável como o livro anterior, este destaca as obras do famoso arquiteto paulistano, filho de italianos, Rino Levi. Conhecido por ser um dos principais expoentes da arquitetura moderna do Brasil, Rino Levi assina vários dos mais famosos e charmosos prédios da cidade de São Paulo, como a sede da FIESP, o Edifício Guarani, e a sede do IAB.

  • imigrante

9) Memorial do Imigrante – Imigração no Estado de São Paulo: Italianos, espanhóis, portugueses, japoneses, russos e dezenas de outras nacionalidades chegaram a cidade de São Paulo ou ao interior do Estado passando por este local. Parte integrante da vida da imensa maioria dos imigrantes de São Paulo, a hospedaria do imigrante é estudada e explicada amplamente neste livro de Soraya Moura.

  • brasbexiga

10) Brás, Bexiga e Barra Funda: Escrito por Antonio de Alcântara Machado, este livro é uma deliciosa literatura sobre os bairros operários de São Paulo através da vida de imigrantes italianos.

  • 1075

11) 1075 Endereços Curiosos de São Paulo: Que uma cidade do tamanho de São Paulo é cheia de curiosidades isso todos nós sabemos. Mas somente o jornalista Marcelo Duarte para, num livro, juntar 1075 endereços curiosos da nossa cidade. Entre os inúmeros locais curiosos do livro temos: onde encontrar repelentes para pombos, onde alugar um boneco ventríloquo, ou onde encomendar um bolo com uma loira dentro. Neste livro você irá descobrir locais que nunca imaginou em São Paulo. Escrito para paulistanos!

  • 1001

12) 1001 Ruas de São Paulo: Este é um livro incrível. Quantas vezes nos deparamos com uma rua e ficamos pensando sobre quem foi a pessoa que dá nome ao logradouro ? Pensando nisso Sílvio Costa Rosa fez uma extensa pesquisa entrevistando pessoas, familiares e pesquisando em arquivos públicos e de jornais e revistas para catalogar 1001 ruas de São Paulo. Um livro feito para aquele que é muito curioso sobre a cidade em que vive. Será que a sua rua está no livro ? Descubra!

Gostou das nossas sugestões ? Tem outro livro para indicar ? Comente !

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • Britto 18/12/2009 at 18:14

    São Paulo já tem uma bibliografia à altura de seu tamanho e importância. Claro, muita coisa ainda será produzida, mas já existe um acervo explêndido. Desses livros acima, tenho o Beccherini e o do Tietê, que ganhei do próprio autor no dia do Tietê, neste ano. Não faltam livros para sugerir. Por exemplo: Mais de Mil Memórias – editado pela Secretaria de Cultura sobre os depoimentos dados ao site saopaulominhacidade.com São mesmo centenas de relatos muito gostosos sobre a cidade.

    Reply
  • João Gimenez 22/12/2009 at 12:41

    Muito boa essa matéria, com o tempo pretendo comprar todos… Já tenho o do Artacho Jurado, muito bom… Neste natal vou ganhar de presente o Belensinho 1910.

    Abraço

    Reply
  • Ivone 30/12/2009 at 09:01

    Eu tenho um livro que também é show: Lembranças de São Paulo: a Capital Paulista nos Cartões-Postais, Autor: CARLOS CORNEJO & JOÃO EMILIO GERODETTI.

    Organizados cronologicamente desde o século dezenove até os dias atuais, os mais de 400 cartões postais que recheiam esse livro fabuloso proporcionam, além do resgate de boa parte da memória visual da cidade de São Paulo, uma nostálgica e encantadora volta ao mais sofisticado passado paulistano.

    É um livro fantástico e tem suas versões para o Interior e Litoral Paulista.

    Reply
  • Carlos Povinha 02/01/2010 at 22:53

    Olá, parabéns pela matéria.
    Gostaria de sugerir o livro “São Paulo de Piratininga: de pouso de tropas a metrópole”, que retrata a transição da cidade entre os anos de 1860 e 1930. Ele foi publicado pela Editora Terceiro Nome e O Estado de São Paulo. Imperdível.

    Reply
  • Leonel Bethancourt 07/01/2010 at 13:11

    Olá, muito bom seu site!
    Gosto desta cidade e gosto ainda mais de seus prédios e edificações antigas. É realmente uma pena que tantos edifícios interessantes tenham tombado em nome da “modernidade”.
    Tenho também uma sugestão de livro: “O Palacete Paulistano” de Maria Cecília Naclerio Homem, publicado pela Editora Martins Fontes em 1996 (85-33605-63-3).

    Reply
  • SPA 07/01/2010 at 15:06

    @Leonel Bethancourt!

    Olá, muito obrigado por comentar.
    Não esqueci o livro dela não! Eu o tenho aqui e é realmente excelente… inclusive, conheço a autora pessoalmente.

    Daqui alguns dias iremos publicar mais 10 livros para se conhecer São Paulo e ele estará entre eles, pode esperar!

    Reply
    • Leonel Bethancourt 08/01/2010 at 08:29

      Oi!

      Estarei esperando a publicação com curiosidade.

      Trabalhei no Hospital do Câncer e minha janela se abria para uma das casas comentadas no livro. Ficava embasbacado com a beleza do prédio enfiado bem no meio de um monte de caixas de cimento. Era um descanço para meus olhos.

      Mais uma vez: obrigado pelo site.

      Reply
  • Ana 10/01/2010 at 19:17

    Olá:

    Para pesquisa de nomes de ruas, existe também o site http://www.dicionarioderuas.com.br/.

    Também recomendo dois livros:
    – História da Cidade de São Paulo, Editora Paz e Terra. Textos de vários autores em três volumes, contando a história desde a fundação até o Quarto Centenário.
    – A Dinâmica dos Nomes na Cidade de São Paulo 1554 – 1897, de Maria Vicentina de Paula do Amaral Dick, Editora Anna Blume.

    Um abraço

    Reply
  • Tweets that mention Conhecendo São Paulo através dos livros — São Paulo Antiga — Topsy.com 25/01/2011 at 17:49

    […] This post was mentioned on Twitter by Douglas Nascimento, São Paulo Antiga. São Paulo Antiga said: Quer aprender mais sobre nossa cidade ? Conheça São Paulo através dos livros – http://t.co/ZDj1BbY #sp457anos […]

    Reply
  • Ugo Barberi Gnecco 03/08/2011 at 15:24

    Boa tarde. Recomendo outros 2 livros: ” Meu São Paulo?….Nunca Mais!, escrito por Paulo José da Costa JR. Editora Juridica Brasileira”. Recomendo também: “Álbum Iconográfico da Avenida Paulista. Benedito Lima de Toledo. Editora Ex Libris”.
    Ambos são muito bons, mas creio que apenas são encontrados em sebos. Obrigado.

    Reply
  • Ugo Barberi Gnecco 03/08/2011 at 15:26

    O livro do Paulo José da Costa pode ser encontrado também pela editora Siciliano.

    Reply
  • ELAINE DA SILVA XAVIER 21/09/2013 at 23:26

    Eu estou procurando um livro que reune em uma só edição que fala tudo sobre a capital paulista de ontem e de hoje e também sobre o estado de São Paulo. Eu achei interessante esta matéria, mas eu não acho em nenhum lugar para comprar.

    Reply
  • Eduardo Britto 20/12/2017 at 18:53

    Lancei já há 4 anos o livro EIS AÍ A CASA VERDE. Terei prazer em entregar um exemplar a vocês do São Paulo Antiga, desde já parabenizando pelo lindo e importante trabalho.

    Reply
    • Douglas Nascimento 21/12/2017 at 10:27

      Opa! Quero sim… vamos marcar um café…

      Reply
%d blogueiros gostam disto: