Nós cidadãos sempre criticamos o poder público por seus lapsos e descuidos em relação ao patrimônio histórico e cultural de nossas cidades. Mas o que dizer quando o desrespeito à nossa memória vem das próprias pessoas ? É isso que acontece em Santos:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizada bem diante do Museu do Café na rua XV de Novembro, a escultura chamada “Corretor de Café” é alvo frequente de vandalismo. Obra do escultor Daniel Gonzales, o monumento foi inaugurado em 24 de julho de 2012 e desde então já foi removida várias vezes pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) para receber reparos.

O primeiro ataque a escultura ocorreu alguns meses após sua inauguração ainda em 2012, desde então ocorreram mais quatro atos sendo dois apenas neste ano. Com um 1,90m de altura e construída em fibra de vidro policromada,  a estrutura já teve uma das mãos arrancadas e sofreu diversas perfurações pelo corpo da estátua.

Para dificultar a destruição deste importante monumento, a prefeitura optou por preencher o interior da estátua com cimento e argila expandida. Parece que até o momento a tentativa não surtiu o efeito esperado de proteção.

Foto: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comments

  • Claudio Bucci 02/12/2015 at 19:34

    A prefeitura já deveria ter colocado uma câmera diuturnamente fiscalizando toda a área ao redor da estátua , assim pegaria esses vândalos em flagrante.

    Reply
    • Luiz Henrique 03/12/2015 at 07:48

      Ok,a câmera poderia pegar os vândalos em flagrante, mas, o que, DE FATO aconteceria com eles? Nada! Passariam, no máximo, uma noite no xadrez, seriam soltos e…fariam tudo de novo.

      Reply
    • danielpardo2015 08/12/2015 at 20:17

      CLAUDIO: Olha na haste logo acima da cabeça da estátua onde está escrito “Bolsa Oficial de Café” na primeira foto do post o objeto branco na ponta da haste, aquilo é uma câmera, agora se está ou não apontada para a estátua ai são outros quinhentos.

      Reply
  • Valéria fulp 03/12/2015 at 12:25

    Povo burro, sem cultura, sem orgulho ou civismo. Esses monumentos deveriam ter câmaras escondidas pra ver quem são esses idiotas. Prende los e dar uma sova em praça publica, como se fazia quando o público tinha honra. Afffffff !

    Reply
%d blogueiros gostam disto: