Grande São Paulo

Edifício Opus

Comments (11)
  1. J.C.Cardoso disse:

    Sou do Rio, mas pelo visto essa p_rr@ de “Nova Luz” está dizimando com a memória paulistana. Aqui no Rio o tal do “Porto Maravilha” também.

  2. Lucas disse:

    Sinceramente, quase choro ao ver casarões antigos demolidos, edifícios abandonados e pessoas sendo retiradas de suas casas, mas vamos combinar que a Luz está um lixo e as obras de revitalização são sim muito bem-vindas. É claro que sempre um belo edifício histórico habitado ou não acaba indo abaixo, mas se realmente aquele lugar melhorar apesar dos pesares, sou totalmente a favor da demolição de quantos prédios degradados for necessário. Principalmente aqueles bizarros com paredes cegas.

    1. J.C.Cardoso disse:

      Se tivesse havido investimento ao longo dos anos, não teria chegado ao estado de abandono que acaba “justificando” a demiolição em nome da revitalização.
      Vide a “medonha” Santa Cecília sob o mergulhão. Como todo o respeito a vocês, paulistanos, mas aqui ali podia ser muito melhor. Dá medo até passar de carro ali, que dirá a pé (estive no pedaço em 15.10)…

    2. gabriel disse:

      Lucas, não seja ingênuo: a intenção das elites locais não é a de “embelezar” a cidade, mas de expulsar dali a população indesejada.

      Da forma como foi concebido, o projeto Nova Luz nada mais é que um processo forçado de gentrificação. Além de arrasar o patrimônio banal (referências materiais do cotidiano, marcas urbanas da memória de uma população pobre e excluída), o projeto tende a transformar o local em espaço exclusivo de circulação cultural das elites.

      Felizmente os demo-tucanos em São Paulo são incompetentes até mesmo para produzirem suas porcalhadas na cidade: o projeto está emperrado por pura incompetência deles. Infelizmente, porém, já conseguiram transformar o local em terra arrasada.

      1. Gualberto Cappi disse:

        Olà Gabriel, obrigado pelo link. O documentario è muito bem feito. E’ gentrificaçao sim. Eu sou italiano e faz vente anos que moro alguns meses ao ano em Sampa. Sou arquiteto e urbanista tambem e sempre gostei muito de passear no centro da cidade e sempre achei alguns bairros muitos fartos de vida e cheio de historias; a Luz e Santa Ifigenia è um desses. Adoro mergulhar onde a vida è verdadeira e tem coisas pra contar.
        Mas em Sampa o mercado imobiliar manda e manda desde sempre. Agora a Luz è a sua otima ocasiao de envestimento ganancioso e tudo isso com apoio politico e de capital publico. E o jogo imobiliario especulativo funciona bem assim; a Luz è um tipico exemplo.
        E’ preciso mudar esse rumo de sempre.
        Um abraço
        Gualberto

        1. Tem vindo pra cá Gualberto ? Se sim me avisa pra nos vemos novamente… sempre comento sobre você com a minha esposa.

          1. Gualberto Cappi disse:

            Olà Douglas, sempre recebo os e-mail do seu site desde que fiz a inscriçao. Como vocè jà sabe, gosto muito do trabalho que vocè està fazendo e alguma vez deixo um comentario. Eu tinha a certeza que esta comunidade aqui reunida por vocè iria aumentar. Como escrevì no meu artigo de quase tres anos atraz, na revista italiana de arquitetura e urbanismo com a qual colaboro, acho que o sucesso do seu trabalho demonstre nao sò a vontade de preservar a historia da cidade, com o seu cargo de memorias, mas tambem a maturidade do paulistano de pensar numa cidade diferente, onde o planejamento possa seguir regras participativas.
            Deveria voltar por aì no periodo natalino e como sempre ficar um certo tempo. Este ano foi um ano particularmente complicado e dificil por aquì. E’ o quinto ano de crise nos paises da Uniao Monetaria Europeia (ad exceçao da Alemanha, mas que tambem nao cresce) e o pior ainda nao chegou nas minhas bandas, mas vai chegar. Tive que vender a minha firma de pinturas e vernizes naturais e estou vendo o que fazer …
            Mas logo que chegar vou te avisar sim!
            Um abraço e lembranças à sua esposa
            Gualberto

  3. Kate V disse:

    Porque os governos não demolem (é assim que escreve? rsrss) as casas que os ricos politicos, artistas e empresários construiram em áreas de preservação ambiental? Não são poucas contruções em praias e montanhas que nunca deveriam estar lá!!Qual é a lógica disso tudo?

  4. Luís Carlos disse:

    Meu Deus do Céu!!!!!! Eu fico chocado cada vez que vejo essas coisas, como pode os políticos deixarem a nossa querida São Paulo ficar desse jeito, que degradação, que judiação, passam por cima da História, por cima do Povo, dos moradores, da memória, de Tudo!!!! Que falta de cultura achar que só o novo é bonito, que bobagem….Esses mesmos políticos que mandam destruir, são os mesmos que vão para Paris, Londres, Roma, admirar os velhos Edifícios, Monumentos, etc…. Eu não entendo a visão destes políticos, em vez de conservar, não, eles só pensam em destruir, destruir, observem através do google earth, o antes e o depois da demolição deste prédio, a rodoviária antiga e adjacências dessa Região. Que pecado!!!!

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.