Para contatar o autor, utilize o formulário de contato.

AUTOR
Crédito: Douglas Nascimento

Douglas Nascimento

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Na área da memória fotográfica edita também o blog Human Street View, dedicado à iconografia de cidades pelo mundo afora, com foco nos Estados Unidos.

Entre 1999 e 2004 foi editor do site Rússia Hoje, primeiro portal de notícias sobre a Rússia no Brasil. Entre 2003 e 2004 também foi responsável pelo site da Embaixada do Paquistão.

Na área da memória esportiva foi diretor do museu da Associação Portuguesa de Desportos. Em 2010 escreveu como colunista do jornal MTV na RUA.

Site pessoal: www.spantigos.com.br

COLABORADORES:

Glaucia Garcia de Carvalho
Licenciada em História, é pesquisadora e professora da rede pública e particular em Guarulhos. É co-fundadora da Associação Guarulhos tem História e Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (ABEC). Co-autora dos livros Guarulhos tem História (editora Amanda) e Guarulhos: espaço de muitos povos (editora Noovha América).

Heloisa Madela

Gerente de serviços em uma multinacional de tecnologia, Heloisa é fascinada por trabalhos manuais e atualmente faz da culinária um de seus hobbies prediletos.

Leandro Guidini
Apaixonado pelas ferrovias paulistas, é desenhista industrial por formação e atua na área da Arqueologia Industrial, pesquisando temas vinculados à ferrovia e fazendas de café, importante binômio do desenvolvimento paulista, sendo autor de livros e artigos. Em suas horas vagas, conduz algumas das velhas Maria-fumaças preservadas na cidade de São Paulo e pratica ferromodelismo.

 

CONHEÇA A NOSSA HISTÓRIA:

Desenvolvido a partir de ideias apresentadas através do site português Lisboa Abandonada, o norte-americano Forgotten NY e também pelo argentino Basta de Demoler, onde cidadãos, de uma maneira informal, criam arquivos fotográficos e iconográficos registrando construções esquecidas na cidade, elaborou-se o projeto de catalogação e histórica da cidade de São Paulo chamado inicialmente de:  “São Paulo Abandonada”.

O Palacete Franco de Mello na Avenida Paulista.
O Palacete Franco de Mello na Avenida Paulista.

Tomados por estas referências o site foi desenvolvido após uma análise de que a cidade de São Paulo vem sofrendo constantes transformações e muito pouca preservação. A primeira mudança drástica fora a perda do seu aspecto colonial quando no auge do ciclo cafeeiro, em nome do progresso, achou-se por bem demolir praticamente uma cidade e construir uma outra com ares mais europeus. Esta “nova” cidade também não resistiu e praticamente muito pouco ainda resta para contar a história.

O objetivo deste trabalho consiste em documentar o que está acontecendo com nossa cidade através da união de jornalismo, história, arquitetura e fotografia, registrando todos esses acontecimentos através de nossos colaboradores, que se preocupam com uma melhor qualidade de vida. Catalogando a cidade assim como fizeram alguns grandes fotógrafos do passado como: Militão Augusto de Azevedo, Guilherme Gaensly, Aurélio Becherini, entre tantos outros.

Silos abandonados do Moinho Central no bairro do Bom Retiro.
Silos abandonados do Moinho Central no bairro do Bom Retiro.

Em meados de 2010, o projeto cresceu muito mais rápido do que nossas previsões iniciais e, em virtude disso, decidimos alterar o site para um nome mais abrangente que não só faça referências às construções abandonadas que temos em nossa cidade, mas também a história da cidade em geral.

A partir dai ampliamos a cobertura para várias outras cidades e também passamos a abordar temas da evolução da cidade, curiosidades e o lado informar de nossa história. Foi a partir de 01 de setembro de 2010 o São Paulo Abandonada passou a ser chamado São Paulo Antiga.

Qualquer cidadão pode colaborar com o projeto, fazendo uma denúncia ou sugestão de pauta através do link “Contato” no alto da página. Todos os envios são analisados.

É permitida a utilização de todo o material produzido pelo site para fins educacionais, acadêmicos e trabalhos sem fins lucrativos, desde que obrigatoriamente cite-nos como fonte. É permitida a utilização do conteúdo para fins comerciais mediante pagamento, consulte previamente nossa equipe pelo nosso formulário de contato para obter maiores informações. É vedada reprodução do conteúdo do site sem nossa prévia autorização.

Para maiores esclarecimentos sobre uso e operação do São Paulo Antiga, por favor acessem a nossa sessão Perguntas Frequentes.

Nota ao leitor:

  • As informações e comentários publicados neste site são de responsabilidade de seu autor, não representando necessariamente a opinião dos demais colaboradores da equipe.

  • Nem todas as construções catalogadas em nosso site estão abandonadas. O termo “abandonada” é uma referência geral e não específica, podendo não ser cabível em algum dos casos citados.
Patrocínio Institucional
Publicidade:

SP ANTIGOS

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 2.096 outros assinantes

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga