A cidade de São Paulo é um dos principais centros gastronômicos do mundo, com uma imensa variedade de restaurantes, bistrôs, cafés e lanchonetes incríveis, para todos os gostos e bolsos.

A capital paulista também é conhecida pelos seus variados empórios tradicionais espalhados pelos nossos bairros e fazendo a alegria dos paulistanos.

E na Vila Mariana há um estabelecimento que se você ainda não conhece, precisa ir correndo conhecer: A Casa Gijo, ou melhor dizendo, o paraíso das linguiças!

clique na foto para ampliar

A frase estampada no toldo com os dizeres “as melhores linguiças do mundo” soa ousada, mas basta adentrar ao pequeno estabelecimento para se dar conta que as linguiças oferecidas ali são realmente divinas.

Fundada em 1949, a Casa Gijo é um estabelecimento de tradição familiar que hoje está na terceira geração. Há várias décadas a casa era comandada por Luiz Trozzi, o Gijo, que é filho do fundador e ficou a frente do negócio até falecer em 2016. Desde então o comércio é comandado por uma de suas filhas que mantém o tradicional estabelecimento funcionando a todo vapor.

Na foto Luiz Trozzi, o Gijo (Foto: Acervo Casa Gijo)

A casa é um paraíso aos amantes da iguaria. No total são oferecido mais de 20 tipos diferentes de linguiças, passando pelos sabores mais tradicionais aos mais exóticos, como as recheadas com alcaparras, a dinamite (picante), nozes, passas e até as famosas alheiras portuguesas. Nosso destaque especial vai para a linguiça fiorentina, uma maravilha feita com queijo faixa azul e vinho branco.

Até o final da década de 1970 todas as linguiças eram preparadas ali mesmo, no açougue que o estabelecimento mantinha no fundo da loja. Posteriormente passou a ser produzida por frigoríficos parceiros, mas sempre com a rigorosa supervisão da Casa Gijo.

clique na foto para ampliar

Decorada como um autêntico estabelecimento de italianos, a Casa Gijo ainda oferece pães italianos, vinhos e antepastos. A fama do estabelecimento da Vila Mariana já ultrapassou as fronteiras do Brasil, com exportações para Japão, Bélgica, Estados Unidos e diversos países da América do Sul.

Quando estiver pela Vila Mariana, não deixe de conhecer a Casa Ginjo e faça um brinde a este grande mestre linguiceiro que foi Luiz Trozzi.

Assista abaixo o vídeo que a nossa parceira Moustache Content fez na Casa Gijo:

Serviço:

Casa Gijo
Rua Dr. Pinto Ferraz, 16 – Vila Mariana
Telefone: (11) 5579-2935
Horários:
Segunda à sexta: 08:00 às 19:00hs
Sábados: 08:00 às 18:00hs
Domingos e feriados: 08:00 às 13:00hs

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • Luiz Henrique 23/01/2018 at 10:51

    Incrível, mas eu realmente não tinha conhecimento dessa casa! E olha que sou curioso à respeito dos estabelecimentos tradicionais/históricos da cidade. É claro que há muita coisa que não sei, mas essa casa em especial, em se tratando de uma iguaria que aprecio muito e, além disso, pertencer à patrícios italianos, surpreendeu-me não conhecer. Valeu!

    Reply
  • Simone Valerio 23/01/2018 at 11:10

    Adorei o documentário! Quero conhecer este lugar!

    Reply
  • Clarice Spoladore Ferreira dos Reis 23/01/2018 at 21:17

    Conheci o lugar dois anos atrás: ao passar por aquela rua, fomos atraídos pelo nome “rei da linguiça”. Entramos, batemos um bom papo a respeito e saímos de lá com um delicioso pão de linguiça pra levar pra casa! Muito boa lembrança incluí-los aqui!

    Reply
  • Daniel Pardo 16/02/2018 at 20:44

    O lugar pode até oferecer produtos de qualidade, mas é impossível ler o título o tópico e não zoar com o mesmo o título parece nome de “ator pornô dos tempos da vovó” 😀 😀 😀 😀

    Reply
%d blogueiros gostam disto: