Vivemos um tempo em que a informação chega até nós de forma praticamente instantânea e das mais variadas maneiras. Seja através de portais de notícias, blogs, redes sociais ou mesmo pela mídia tradicional (rádio, televisão e imprensa) um acontecimento na China pode chegar ao ouvido de um paulistano em questão de poucos minutos.

Porém sabemos que nem sempre foi assim e há um século eram poucos os veículos de comunicação que existiam para nos trazer informações, dados e notícias.

Imagine que a primeira rádio brasileira, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, só irradiou sua programação em 1923. Até lá além de livros, nos informávamos apenas através de jornais, revistas, almanaques e guias.

Estes dois últimos eram itens bastante populares em todo o Brasil, pois eram atualizados anualmente sempre trazendo dados atualizados, informações precisas e muitas estatísticas sobre os mais variados temas de nosso país e mesmo do mundo.

Hoje trazemos um vídeo apresentando a edição de 1912 do “Guia do Estado de S.Paulo ” publicação que compilava inúmeras informações sobre não só a capital paulista, mas de todo o nosso Estado.

Esses guias como tinham atualização frequente, eram rapidamente descartados pois a pessoa acabava comprando outro no ano seguinte. Graças a essa rotatividade, são poucos os exemplares que sobreviveram até os dias atuais.

É por isso que guias, como o famoso Guia Levi, almanaques e mesmo listas telefônicas antigas são itens difíceis de se encontrar e quando aparecem custam muito caro.

Assista ao vídeo e inscreva-se no canal para receber sempre nossos vídeos quando são publicados. Todas as quartas-feiras temos um vídeo novo!

*1 – Apesar do nome o guia não tem nenhuma relação com o jornal O Estado de S.Paulo.

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comments

  • Helvécio Gouvêa Neto 08/05/2019 at 19:42

    Muito boa a matéria, parabéns.

    Reply
  • Janixe 09/05/2019 at 07:30

    Maravilhoso, deve ser muito bem conservado e cuidado para não perder o seu valor.
    Abraços

    Reply
  • Marcelo 09/05/2019 at 09:03

    Douglas, o mês de aquisição não é fevereiro? Que me lembre, o costume é marcar com algarismos romanos.

    Reply
    • Douglas Nascimento 10/05/2019 at 08:29

      é fevereiro, eu notei isso depois que editei o vídeo! vou colocar uma tag no vídeo avisando.

      Reply
  • ROSANA LONGOBARDI SERAFE 09/05/2019 at 10:00

    que vontade de ler tudinho….. é incrivel!!! parabéns!!!

    Reply
  • marcio ortiz 09/05/2019 at 10:23

    Muito bom, adorei….

    Reply
  • Jose Carlos Mota Recacho 09/05/2019 at 10:53

    Fantástico, uma preciosidade que devemos conhecer e preservar, a história da nossa querida cidade.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: