Grande São Paulo

Hotel Municipal

Comments (24)
  1. Tenho uma foto do Hotel Municipal em outubro de 2004. Não mudou praticamente nada nesses quase oito anos, a não ser pela tinta da loja da esquina, que agora está mais uniforme com o restante do prédio, embora ainda não pareça ser a mesma pelas fotos acima.

    1. Rita RF disse:

      Belíssima foto, Alexandre!!! Verdade, não mudou praticamente nada.
      Hoje precisaria pintar, graças a Deus não há pixação e que continue assim!

  2. joao josé disse:

    Belo achado essa inscrição no Hotel Municipal, que vai enriquecer meu arquivo com detalhes desse local. Em 1910, com a Sao Joao ainda estreita, ali estava a Confeitaria Central. Em 1918 a obra com tapumes em fase final. vlw.

    1. Octávio disse:

      Olá, a foto dos tapumes em fase final é de 1916, se não me engano foi este o ano de sua inauguração.

    2. Bruna disse:

      Olá João, boa tarde. Estou fazendo uma pesquisa sobre o edifício e gostaria de saber se você conseguiu confirmar essa data de inauguração do Hotel, assim como o nome de seu(s) arquiteto(s). Estou tentando achar as plantas do prédio e preciso dessas informações.
      Obrigada.

      1. Manoella souza disse:

        Bruna! você conseguiu mais informações? também estou fazendo um trabalho e está difícil achar dados! se você puder entrar em contato eu agradeceria muito

        1. Bruna disse:

          Oi Manoella. Eu achei algumas informações em uma tese da Usp, que diz que a data de inauguração é 1920 e que o nome do proprietário é Dante Lazzeroni, mas não sei se isso é atual… o nome do arquiteto (que eu também precisava) não estava lá. Espero que te ajude de alguma forma e, caso você encontre informações sobre quem projetou/construiu o Hotel, por favor me avise rsrs.
          Obrigada.

          1. Manoella disse:

            Olá Bruna, muito obrigada pelas informações! Vc sabe me dizer o nome da tese? Tem algum email/ rede social que a gente possa conversar? (Se não for te atrapalhar, claro!) muito obrigada viu?

          2. Bruna disse:

            Olá Manoella,
            Me passa seu e-mail que eu te encaminho a Tese que encontrei, ok?
            Abraços.

          3. Manoella disse:

            Olá Bruna, muito obrigada pela gentileza.
            meu email é manucabrera1@hotmail.com
            mais uma vez obrigada, Abraços

  3. Francisco Carlos disse:

    Nos entornos da Sé, se ve edifícios lindíssimos abandonados, esse quarteirão da São João também merece ser reestaurado e ocupado pelo comércio e entretenimento, não entendo, área nobre, só o aluguel de uma sala no centro é uma fortuna, e como pode, edifícios tão charmosos e de valor arquitetônico indiscutível nessa situação, estarem vazios, abandonados, é muito estranho, no final da rua Roberto Simonsen, sentido contrário ao Pátio do Colégio, tem dois edifícios germinados, que se restaurados, trariam um brilho especial a praça da Sé, São paulo ainda tem muitos edifícios maravilhosos, falta o poder público se aliar a iniciativa privada de forma mais contundente, formando assim uma parceria que salvará a história de São Paulo, espero que a tempo!!!

    1. Rogerio disse:

      A tática é a mesma usada por exemplo na região onde se encontra o minhocão.
      Como o lugar está desvalorizado, políticos e seus comparsas compraram praticamente tudo o que estava ali.
      E agora inventam a história de que o Minhocão é um estorvo para a cidade.
      Sempre os problemas como esse de prédios abandonados e de especulação tem políticos no meio.
      Pilham e destroem nossa história só para se mais ricos ainda.

      Bom essa é a minha teoria da conspiração sobre esse assunto.

      1. Pardo disse:

        Hoje em dia políticos e construtoras são “unha e carne” e um trabalha a favor do outro.

  4. Luciano disse:

    Eu concordo consigo, Rogério. Essa teoria da conspiração faz sentido quando notamos o súbito interesse das incorporadoras pelo Centro, na história recente, que, do nada, passou a ser um lugar atraente para morar, já há uma década, a classe média nem cogitava viver nessa região. Só na minha rua há 3 edifícios sendo construídos. Ao todo, cerca de 10 novos prédios devem sair. E o que acontecia antes? As famílias fugiam do Centro devido ao descaso total em relação à segurança, principalmente. Muitos imóveis foram tomados devido às dívidas com a prefeitura, muitos outros desapropriados. Agora eles entregam a preço de banana para as incorporadoras… E quem terá financiado a campanha do atual prefeito? Acontece que muitos dos que nos governam não são paulistas… Não valorizam a nossa História. Suas mentes estão voltadas para a Ásia Menor, para a Palestina e para o Egito.

  5. É…., nossa quanto eu caminhava quando garoto com meus pais e mesmo sozinho com meus amigos de infancia por ali, iamos ver bons filmes, (hoje só tem pornografia), fazer compras no Mappin! Nossa quanta coisa boa, e esta ai tudo degradado, tomado por bandidos, drogados, prostitutas….. Lastimável, as administrações municipais virarem às costas para marcos historicos da nossa amada São PAulo!

  6. José Márcio disse:

    Esse hotel atualmente, na data de hoje (04/05/2015) está invadido mais uma vez por esses movimentos de sem tetos. Há dois anos haviam invadido, foram retirados, o hotel ficou fechado alguns meses e, no final do ano passado, foi invadido novamente. O centro de São Paulo, com a prefeitura do PT, está um lixo! Área de ninguém, terra sem lei.

    1. junior disse:

      Boa noite, ainda bem que o hotel está ocupado por famílias bem melhor que fechado

    2. Maria Cristina Lúcio de Mendonça disse:

      Sem lei era se estivesse fechado tem gente morando lá, é melhor do que fechado abandonado, o governo devia restaurá e entregar para os novos moradores que ali estão

  7. JAMILE MARCOS DA SILVA disse:

    Lindo este hotel, eu estive hospedada durante 1 semana no ano de 2002, NO II CONGRESSO DE PSICOLOGIA CIÊNCIA E PROFISSAO NA USP.

    1. Tifani Ketlin disse:

      Oi Jamille, tudo bem? Sou estudante de Hotelaria e estou fazendo um trabalho sobre hotéis históricos da cidade de São Paulo e gostaria de saber se voce se disponibilizaria para nos fornecer mais informações sobre a sua estadia, mas claro, se nao for atrapalhar.

  8. Bruna disse:

    Alguém saberia me dizer o nome(s) do(s) arquiteto(s) que fez o projeto do Hotel? Estou tentando achar plantas e precisaria desse dado. O ano de inauguração realmente foi 1918?
    Obrigada.

  9. Guilherme disse:

    Douglas, trabalho próximo ao Hotel e estou percebendo uma movimentação de reforma, com redes e beirais de proteção, e aparentemente os cômodos que dá pra ver da rua estão desocupados.
    Vc sabe dizer se está sendo restaurado ou se foi desocupado?

    1. não sei, mas vou averiguar isso ! obrigado pelo aviso

  10. Márcio disse:

    Eu passei em frente a esse predio no dia em que os invasores estavam saindo do local. Foi em junho ou julho deste ano (2016). Vi tb vários carros de polícia em frente e pequenos caminhões de mudança. Agora em agosto o prédio está em reformas. O que vai se tornar, não sei.

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.