Presença mais que marcante na história de São Paulo, o café é o principal símbolo da riqueza paulista. Sua produção foi o motor para a transformação de nosso Estado na chamada ˝locomotiva do Brasil˝. Mesmo hoje a nossa economia sendo bastante diversificada e dinâmica, o chamado ˝ouro negro˝ permanece sempre em posição de destaque.

Foi pensando nisso, na proximidade da celebração do IV Centenário da Cidade de São Paulo, em 1954, que a Sociedade Rural Brasileira juntamente com outras entidades representativas da produção do café no Estado, decidiu erigir um monumento em nossa capital para homenagear o café e os cafeeiros.

Foto: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Pensado inicialmente para o aniversário de 400 anos da cidade, foi inaugurado no 401º aniversário de São Paulo, em 1955. Obra do escultor Francisco Zeri, o monumento foi instalado no Ibirapuera, diante do prédio da Bienal.

Esculpida em bronze, trata-se pé de café instalado em uma grande base de granito. Aparentemente uma obra simples, a principal homenagem está dentro do pedestal que possui um punhado de terra de cada cidade paulista produtora de café em 1954. Ao todo, são mais de 120 cidades paulistas cujas terras repousam dentro do monumento.

Foto: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Ainda no mesmo pedestal, existem duas legendas, sendo uma na frente e outra atrás, escritas pelo célebre poeta paulista Guilherme de Almeida. A fotografia anterior mostra o texto encontrando na porção frontal, enquanto a imagem abaixo ilustra o que está nas costas do monumento.

Foto: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Apesar de ser um monumento de importante representatividade para a história dos paulistas, trata-se de uma obra pouco conhecida pelos paulistanos. Podemos afirmar que a posição da obra é atualmente pouco privilegiada, sendo que a mesma é merecedora de um local melhor dentro do próprio Parque do Ibirapuera. Fica aqui a nossa sugestão.

Dados Técnicos:
Autor: Francisco Zeri
Inauguração: 25/01/1955
Escultura: Bronze (medidas: 3,70m x 1,10m x 1,00m)
Pedestal : Granito (0,50m x 4,50m x 4,50m)
Localização: Parque do Ibirapuera (diante da Bienal)

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Renato 03/08/2016 at 20:49

    Este monumento é muito interessante e eu o desconhecia. Eu gostaria de saber de quais cidades vieram as as terras que estão em seu interior. Onde posso pesquisar?

    Reply
  • Simone Valerio 03/08/2016 at 22:25

    Que belo resgate, Douglas Nascimento! E muito tocante para quem descende dos imigrantes italianos cafeicultores que tanto trabalharam pelo Estado de São Paulo. Parabéns!

    Reply
  • danielpardo2015 20/08/2016 at 20:56

    Nem parece ser de bronze a árvore, parece ser natural mesmo.

    Reply