Nicolina Vaz de Assis Pinto do Couto, uma das primeiras escultoras brasileiras, nasceu na cidade de Campinas – São Paulo em 18 de dezembro de 1874. Tinha o talento para a escultura expressando-se com vivacidade em figuras femininas. Aos 16 anos casou-se com o médico Benigno de Assis e após a morte dele arcou com o sustento de seus filhos.Começou então a dedicar-se com afinco a escultura, fazendo estatuas e bustos tendo o mármore e o bronze como matéria prima. Parte dessas esculturas eram de caráter póstumo por encomenda de familiares.

Nicolina Vaz de Assis Pinto do Couto

A pintura é obra do grande artista Eliseu Visconti (*1866 +1944)

Em 1887 ganhou do Governo do Estado de São Paulo uma bolsa para estudar e aperfeiçoar-se na Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro, hoje Museu Nacional de Belas Artes. Lá conheceu o escultor Rodolfo Bernardelli e seu irmão Henrique Bernardelli que foi seu professor. Entre os anos de 1889 e 1935 suas obras foram expostas continuamente na “Exposição Geral de Belas Artes” onde recebeu duas menções honrosas em 1901 e 1902. A primeira premiação ela não foi receber por timidez, recebeu também uma medalha de prata em 1907 e uma de ouro em 1908.

Em 1903 o então Governador de São Paulo, Bernardino de Campos concedeu a escultora uma bolsa de estudos, desta vez para a França – Paris, quando esbarrou com o preconceito: naquela época, as bolsas de estudo eram privilégio dos homens. Considerando-se a relevância do fato, o assunto foi discutido no Congresso Nacional cujo resultado foi favorável a escultora.

Residiu então em Paris, durante os anos de 1904 a 1907, aperfeiçoando suas técnicas com os grandes mestres da arte contemporânea daquela época como: Jean Alexandre Joseph Falguiere. Ali exibiu seus trabalhos na exposição anual no Salão de Paris e conheceu o segundo marido, o também escultor Rodolfo Pinto do Couto.

Casou-se em segundas núpcias em Paris quebrando regras arcaicas de que viúva não poderia casar-se novamente. Assim não pode modificar seu nome e acrescentou os novos sobrenomes. Retorna a pátria brasileira com grande prestigio.Em 1929 em conjunto com o seu marido, inauguraram uma exposição no Esplanada Hotel na cidade de São Paulo com cerca de quinhentas peças escultóricas em diversos tamanhos com grande repercussão.

Mausoléu de Couto de Magalhães - Cemitério da Consolação

Entre suas obras destacam-se oito bustos de Presidentes da Republica brasileira além de celebres brasileiros como Barão do Rio Branco, Nilo Peçanha, Deodoro da Fonseca e o milionário Rockefeller, esta considerada uma obra prima, ficando exposta durante três anos na Universidade de São Paulo.

As preciosidades da escultora contribuíram sobremaneira para o embelezamento de parque e jardins no Rio de Janeiro com as obras que podemos apreciar como a Serpente e o busto de Glaziou na Quinta da Boa Vista e a Fonte de Tritão no recém reinaugurado Passeio Publico da Cinelândia, porém esbarramos com a impunidade: a escultura do Tritão foi roubada em 1993 e em 2004 foi feita uma replica. No Museu Nacional de Belas Artes podemos apreciar dois de seus bronzes: Tia Bastiana e Meditação. No Cemitério São João Batista temos o tumulo de José Grey.

Na cidade de São Paulo encontramos a Fonte Monumental localizada na Praça Julio Mesquita – Centro, esculpida em mármore de carrara e, no Cemitério da Consolação encontramos o majestoso mausoléu do ultimo Governador da Província de São Paulo o Srº Couto de Magalhães – esta e´a primeira manifestação do “art-noveau” na capital paulista representado por uma mulher envolto por um fino tecido ostentando em sua destra uma bandeira.

Fonte Monumental - Praça Julio Mesquita, São Paulo

Em 20 de julho de 1941 a arte brasileira passa a conviver com um vazio. Nicolina faleceu levando consigo seu talento memorável. Com inteligência, Nicolina nos proporcionou experiências estéticas, emocionais e intelectuais. Sua obra tem extensão para o eterno a ser preservado.

Conheça algumas outras de suas principais obras:
Fonte de Tritão - Rio de Janeiro

A Serpente

A sua maneira delicada de esculpir, em que há certa feminilidade e, por isso, elegância e rapidez, fez-se recomendável no busto de Gravina, na Meditação e Oração, três gestos que participaram da sua alma de artista para a sua intensidade expressivista”

Gonzaga Duque – 1929

A arte da escultora Nicolina Pinto do Couto caracteriza-se pelo dom suave de plasmar a graça e a candura das crianças”
Saul de Navarro – Revista da Semana

About the author

Licenciada em História, é pesquisadora e professora da rede pública e particular em Guarulhos. É co-fundadora da Associação Guarulhos tem História e Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (ABEC). Co-autora dos livros "Guarulhos tem História" e "Guarulhos: espaço de muitos povos".

Comments

  • Vera Lucia Dias 10/04/2009 at 18:44

    Brilhante texto!!

  • Eduardo Britto 10/04/2009 at 20:25

    Ótimas informações. Nos fazem pensar na fonte Monumental, toda depredada, na praça Júlio Mesquita.

  • Elizabeth Florido 10/04/2009 at 22:07

    Importante conhecermos figuras que deixaram sua marca indelével pela cidade. Parabéns pela pesquisa.

  • Vera Lucia Dias 11/04/2009 at 00:02

    Texto brilhante!

  • São Paulo Restaurada | Abandono Monumental 13/04/2009 at 08:53

    […] no início dos anos 20, a Fonte Monumental é a grande obra da escultora Nicolina Vaz de Assis Pinto do Couto na cidade de São Paulo. Composta de duas bacias de mármore superpostas, possui 10 metros de […]

  • Pedro Guilherme 16/04/2009 at 09:56

    Oi,Glaucia.So bisneto do escultor português Alves de Sousa, amigo de Rodolfo Pinto do Couto, de quem chegou a executar um busto que está num museu português.Gostava muito de trocar impressões sobre a Ncolina Vaz Assis, pois estou a desenvolver uma profunda investigação sobre meu bisavô e precisava de determinar à guarda de quem está o espólio de Nicolina e Rodolfo, nomeadamente a correspondência.Obrigado.Contactos neste post.

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 20:57

      Olá Pedro Guilherme…Sou Ana Luiza, bisneta de Nicolina. Seria interessante trocarmos informações. Temos várias obras da minha bisavó em família e mais alguns parentes para comentar alguns fatos, desta que foi a primeira escultora brasileira. Um grande abraço….anaaragao@terra.com.br

      • Myra 03/08/2011 at 16:11

        Olá Ana Luiza, vc é neta da tia Benvinda Assis Aragão? Gostaria de ter contato com vcs. Sou Myra , filha de Maria, irmã da benvinda.

        • tereza follador 16/03/2012 at 10:59

          sou bisneta de Nicilina neta de Marion,quer conversar comigo?

      • tereza 23/03/2012 at 22:06

        Meu nome é terezinha e sou neta da Marion,bisneta da BIsa Nicolina,sinto muito orgulho em ver qtos descendentes querem se comunicar e quem sabe contar algumas histórias da bisa e filhas,um abraço gde
        tereza.follador1@gmail.com.

  • Tereza follador 27/04/2009 at 01:30

    Sou bisneta de Nicolina e neta de uma das filhas,Marion de Assis Ricciardi

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 21:00

      Estou perplexa com tantos parentes. Isso é muito bom. Sou bisneta de Nicolina. Por favor, mandem msg para que possamos conversar ou nos encontrar. Um grande abraço…anaaragao@terra.com.br

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 21:08

      Olá Marion…por favor, me mande qquer msg para que possamos conversar. Sou bisneta de Nicolina. Um abraço. anaaragao@terra.com.br

    • Myra 03/08/2011 at 16:14

      Olá Tereza, tudo bem? Estava vendo os comentários e te vi por aqui, fui algumas vezes com a Luci na casa da sua mãe Vera Lucia. Se quiser entrar em contato, esteja à vontade. Beijos

      • tereza 23/03/2012 at 14:45

        Sim ,a minha vontade de conversar com voce é imensa,bem que me lembro do seu nome e Luci,quase sempre em contato,agora eu que peço que sinta vontade de conversar comigo,carinhoso abraço,
        Tereza.

      • tereza 23/03/2012 at 22:15

        Myra,já estou perdina no tempo e achando maravilhosd ver que voce foi lá em casa com Luci,quero entrar em contato e vai ser muito prazeroso trocar tantas lembranças
        ,abraços e fico esperando por voce.

        tereza.follador1@gmail.com

      • tereza 28/03/2012 at 08:27

        Myra,respondi à voce,mas não tive resposta,gostei muito de saber que foi lá em casa com Luci e será um

        razer se quizer conversar comigo,beijos,

        Myra,gostaria muito de relembrar esse passado que está voltando,beijos,Terezinha

        tereza.follador1@gmail.com

  • Maria Helena Vaz Teixeira 23/05/2009 at 19:04

    Olá. Sou Lena, sou sobrinha neta de Nicolina Vaz e neta de se irmão Fernando Vaz. Amei encontrar dados sobre essa tia muito falada na família de meu pai.(Hugo Vaz). Gostaria de obter, se possível alguns comentários sobre suas obras, pois tenho uma filha que é arquiteta (MarCia Helena Vaz Teixeira)que muito se interessa pelas artes, apreciando, também, as de esculturas.
    Esperando resposta, agradeço a atenção.
    MARIA HELENA VAZ TEIXEIRA

    • Everton 09/03/2011 at 08:16

      Bom dia! Tenho um amigo que possui uma linda de grande escultura de marmore carrara assina pela NICOLINA. Trata-se de uma lina India deitada. Gostaria de mais informações de suas obras. Desde já agradeço quem puder nos ajudar.

      • Myra 03/08/2011 at 16:18

        Everton, por acaso esse amigo é o Luiz Carlos de Assis? Pois sou prima-irmã dele.

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 21:05

      Olá Maria Helena. Tb sou bisneta de Nicolina. Adoraria conhecer ou conversar com vcs. Nunca pensei encontrar parentes da minha bisavó, uma vez que desconhecia a existência de vcs. Por favor,mande alguma msg…..anaaragao@terra.com.br Abraços

      • Christina 29/02/2012 at 09:43

        Olá! Sou tataraneta de Nicolina. Minha prima fez o trabalho de apresentação final do curso dela de arquitetura baseado na história de nossa tataravó. Seria interessante saber sobre a vida e obra dela assim como conhecer seus descendentes.
        Abraços

  • São Paulo Restaurada | Julieta e Nicolina, duas escultoras brasileiras 19/06/2009 at 09:07

    […] conta do descaso da Fonte Monumental, obra de sua autoria datada de 1923. O site também possui um artigo sobre a vida e obra desta escultora que quebrou regras de uma sociedade arcaica no final do século […]

  • corina 30/06/2009 at 13:09

    Adorei o site e as informações. Nicolina era minha tataravó. Gostaria de comprar alguns exemplares do livro e dá-los a pessoas da família, mas não o estou encontrando em nenhuma livraria.
    O que devo fazer? Onde poderei encontrá-lo?
    Obrigada!
    Corina

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 21:11

      Olá Corina…Tb sou bisneta de Nicolina…meu e-mail anaaragao@terra.com.br ..Um abraço

    • Myra 03/08/2011 at 16:20

      Oi Corina, tudo bem? Estou com saudades, vc nunca mais veio ao Rio. Beijos

  • Sonia de Assis 18/08/2009 at 22:22

    Já tinha vindo no site a mais ou menos 2 anos, de onde tirei esse retrato pintado em tela e coloquei em meu orkut, na época, Adorei o texto e as imagens, muito me interessou pois Nicolina era a minha tataravó, minha avó Lectícia Mattos de Assis era filha de Maria Vaz de Assis Ferreira de Mattos(vovó mariquinha para os íntimos), por sua vez, filha de Nicolina Vaz de Assis. Minha avó me falava muito de sua avó Nicolina, mostrava os retratos delas e contava o que se passava na época, era muito bom ouvir essas histórias, tenho em minhas mãos algumas fotos da época, tem uma em que minha tataravo Nicolina mandou para a minha avó, foi tirada na época em que ela foi para a França,a viagem foi o prêmio que ganhou como escultora e ali na França aperfeiçoou seus estudos. Soube que saiu um livro falando um pouco sobre vovó Nicolina, já que na época ela quebrou vários paradigmas sociais, além de ter conquistado seu espaço como escultora, posição difícil de se conquistar na época, por se tratar de uma mulher. Enfim, merecidamente, Nicolina Vaz de Assis mereceu e merece todas essas homenagens! Agradeço em nome da família e dou os parabéns ao mentor no site. Ps. Corina, vc é a filha da tia Sueli?

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 21:19

      Olá Sonia. Meu nome é Ana Luiza, sou bisneta de Nicolina…será que a sua vovó Mariquinha era irmã da Bemvinda( minha avó)? Ela morava no Rio de Janeiro, em frente à Pça Paris. Alí, há uma escultura da Nicolina : a fonte principal da praça, sabia ? Aguardo um contato, se possível…Um abraço…anaaragao@terra.com.br

      • Sonia de Assis 03/08/2011 at 16:36

        Olá Ana, tudo bem? Sim, elas eram irmãs. Bom saber que a família anda se reencontrando por aqui. Estou na casa da tia Myra (minha madrinha), neta da vovó Nicolina. Ela está te mandando um beijo e disse para vc manter contato com ela. Entrarei em contato. Meu e-mail é sonia _assis_rj@hotmail.com Beijos

  • tereza follador 27/08/2009 at 11:16

    Sonia,é um prazer conversar com voce,sou neta de Marion de Assis Ricciardi que era irmã de tia Mariquinha,Dolores Vera,Laurinha,Benvinda e Rubens.Gostaria de conversar sobre nossa fam´lia,abçs,

    Tereza

    • Sonia de Assis 07/01/2010 at 13:15

      Olá Tereza, minha avó falava muito de tia Marion. Será um prazer conversar contigo. Caso queira entrar em contato, deixo aqui meu e-mail: sonia_assis_rj@hotmail.com
      Um grande beijo a todos.
      Fique com Deus

      • tereza 25/03/2012 at 10:04

        e,Snia o meu email é tereza.follador1@gmail,com ,espero que coce tambem quiera conversar,abraços

      • tereza 28/03/2012 at 08:34

        Sonia desculpe não ter dado meu email,vai ser um grande prazer em trocar idéias com voce,e recordar é vi
        ver,não acha?abraços,tereza

        Sonia querida,fico muito feliz em falar com voce,recordar é viver!Abraço carinhoso ,tereza

        tereza.follador1@gmail.com

    • Ana Luiza 04/04/2011 at 00:42

      Tereza…sou Ana Luiza, bisneta da Nicolina e neta da Benvinda. Meu pai : Jorge Assis Saboia de Aragão. Vc mora no Rio ou SP ? Por favor, me mande seu end. prá poder conversarmos. O meu é anaaragao@terra.com.br………Um abraço

    • tereza 23/03/2012 at 22:21

      Sonia,mais uma vez,um grande prazer de encontrar com outra bisneta da nicolina.espero que possamos reviver a nossa família,para que nunca se perca nas lembranças,abraços,
      Tereza.follador1@gmail.com

  • Ricarte Linhares Gomes 03/09/2009 at 18:28

    Gostaria muito de fazer contato com a Glaucia Garcia que escreveu o artigo sobre a Nicolina, pois sou arquiteto especializado em patrimônio e pesquiso a Quinta da Boa Vista há muitos anos e ainda não encontrei nenhum indício de que a estátua da serpente seja de autoria de Nicolina. O busto de Glaziou também suspeito que seja dela, mas ainda não consegui elementos para provar tal suspeita, como comento no meu livro “A Quinta da Boa Vista”, editado pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro em 2007 e reeditado em 2008. Em compensação não é citado o maior monumento feito por ela dentro da Quinta e do Rio de Janeiro que é a estátua Canto das Sereias que fica no centro do grande lago que foi esculpido em mármore de carrara, deste monumento tenho cópia dos recibos de pagamentos feitos a ela em 1908 e 1909. Se alguém tiver como esclarecer essas dúvidas eu agradeço o contato
    Abraços,
    Ricarte

    • Rosa 23/07/2010 at 17:09

      Boa tarde Ricarte,
      gostaria de entrar em contato contigo para convidá-lo para uma palestra. Meu telefone é 2233-6777.

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 21:24

      Olá Ricarte, sobre a serpente eu não sei, mas a fonte da Praça Paris, no RJ, foi esculpida pela minha bisavó Nicoluina. Não vi nenhum de vcs falarem sobre isso, então, resolvi comentar. Tenho um primo, Ricardo Assis de Aragão que sabe tudo sobre a família. Um grande abraço. anaaragao@terra.com.br

      • tereza 23/03/2012 at 15:10

        Ana Luiza,sou neta de Mariom e gostaria de saber quem foram os pais da bisa Nicolina e do Benigno, e seria muito bom receber informações desse primo Ricardo Assis de Aragão,agradeço a gentileza e fico feliz em ver todos querendo trocar idéias e não deixar cair no esquecimento o nosso passado,abraços,Tereza

  • Fabio Baião de Oliveira 28/09/2009 at 16:49

    Sou Neto da Neta de Nicolina eu e minha tia Myra de Assis estamos colhendo informações sobre ela.

    Quem puder entrar em contato: fbaiao@hotmail.com

    • Myra 03/08/2011 at 16:23

      Oi Fabinho, tudo bem?
      Te achei por aqui. risos.
      Beijos

    • tereza 23/03/2012 at 22:23

      Amigo Fábio,voce tem tudo que mando pelo correio,espero que alguma coisa seja novidade,abraços,
      tereza.follador12gmail.com

  • Ainbinder 14/10/2009 at 12:03

    gostaria de saber em que ano as esculturas de Nicolina Vaz foram colocadas na Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro.
    Alguém sabe dizer?

    • Ricarte Linhares Gomes 14/06/2010 at 22:38

      Caro Ainbinder,
      Suponho que seja o arquiteto Roberto Ainbinder da Secretaria de Parques e Jardins da Cidade do Rio de Janeiro, como vai!
      Sou Ricarte, arquiteto da UFRJ lotado no Museu Nacional e que pesquisa Quinta da Boa Vista há cerca de 12 anos.
      Quanto a data da instalação da obra “Canto das Sereias”, deve ter ocorrido entre o primeiro pagamento da obra (50%) do total de 40.000 Réis, efetuado a artista em 20 de janeiro de 1910 e a data de re-inauguração do parque em 12 de outubro do mesmo ano. Quanto à obra “serpente”, ainda não tenho nenhuma comprovação de que seja de autoria dela, apenas a afirmação de um dos membros da família que a obra seria dela, sem conseguir confirmação de uma segunda fonte.
      Qualquer coisa pode entrar em contato
      Abraços,
      Ricarte

  • tereza follador 05/11/2009 at 17:45

    Se algum descendente da bisavó Nicolina,quiser entrar em contato comigo,será um prazer trocar histórias antigas ,abraços,
    Tereza

  • Suzanna 09/11/2010 at 13:34

    Sou bisneta da Nicolina, minha avó era a filha Laura e como muitas de suas filhas,dedicou-se a pintura.
    Tenho uma escultura da minha bisavó e muito orgulho de ter sido sua bisneta.

    • Ana Luiza 03/04/2011 at 21:28

      Oi Suzana, também sou bisneta de Nicolina e, minha avó Benvinda também foi pintora…Será que era irmã da sua avó ? Adoraria trocar idéias e informações. Um abraço…anaaragao@terra.com.br

    • tereza 23/03/2012 at 14:51

      Susana voce é filha da Angelina e Roberto?tunho saudades daqueles tempos,se quizer entra para falar comigo,abs,Terezinha,neta de tia mariom e filha de Lucia Vera.

    • tereza 23/03/2012 at 22:31

      Susaninha,qto tempo!sou a Terezinha filha de vera Lucia e lembro bem das suas sardas,lembro das caretas que fazíamos para as pessoas dos outros carros,lembra?Conversa comigo,vai ser um prazer e tanto,abraços,
      tereza.follador1@gmail.com

    • tereza 25/03/2012 at 10:07

      Susana,esqueci se mandei meu email,aí vai:
      tereza.follador1@gmail.com
      Abraços

    • tereza 28/03/2012 at 08:39

      Susana,voce esqueceu de mim?sou neta da Marion e f

      susana sou Terezinha ,neta de Marion,voce esta bem?erespomde pra mim,sua prima,terezinha

      tereza.follador1@gmail.com

      da vera Lucia,abraços,Terezinha

  • Tweets that mention Nicolina Vaz, sua obra e seu tempo — São Paulo Antiga — Topsy.com 16/02/2011 at 23:55

    […] This post was mentioned on Twitter by Fabíola Baião, Fábio Baião. Fábio Baião said: Nicolina Vaz, sua obra e seu tempo — São Paulo Antiga http://t.co/oZoEwth via @SaoPauloAntiga […]

  • elaine bastianello 10/04/2011 at 19:29

    Minha amiga cemiterial Glaucia, amei em saber da existencia dessa escultora que trabalhou com a temática da morte. tinha conhecimento somente do Pinto do Couto. valeu tua pesquisa. Eta guriazinha da ABEC, bjo

    • Thais Jatahy 23/10/2011 at 00:58

      Oi Ana Luiza,
      Mais uma bisneta de Nicolina de Assis : sou neta de Laurinha, como a chamavam. Pela ordem de idade, os filhos (havia um homem) de Nicolina e Benigno de Assis eram: Guiomar, Mariquinha,Benvinda,
      Laura, Vera, Marion, Rubens e Dolores. Como estou vendo, os descendentes são inúmeros e acho q um encontro dos interessados seria muito interessante afim de, não só nos conhecermos, como trocarmos informações sobre essa grande escultora que foi Nicolina.

      • tereza 23/03/2012 at 14:57

        Como vai Thais,lembro bem de voce,de Susana,enfim de todas,sou terezinha neta de mariom e filha de Lucia Vera,agora ressolveram diminuir meu nióme p/ Tereza,espero que se troque lembranças e eu lembro que achava os seus olhos lindos,abraços,Tereza

      • tereza 23/03/2012 at 22:36

        Agora Thais,quem escreve é outra bisneta da Nicolina,lembra da minha mãe Vera Lucia,da vó Mariom?O filho da bisa era o tio Rubens,eu lembro bem de vo
        ce com muita admiração,beijos,
        tereza.follador1@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: