Artigos

O Abandono dos Postes da Light

Comments (21)
  1. annabella disse:

    Bom dia,

    Devemos nos apoderar da cidadania; e isto começa pela denúncia…
    Vamos levar isto para a rede e ver como muitas pessoas se importam com a nossa São Paulo.
    bacione
    annabella

  2. Pedro Paulo Penna Trindade disse:

    Douglas Nascimento, parabéns pelo seu exaustivo trabalho em percorrer o centro da cidade e registrar o vandalismo que vem sendo praticado contra os postes de iluminação, símbolo que marca a paisagem do velho centro da cidade. Estes belos postes fazem parte de sua memória cultural e urbanística. Temos que fazer algo a impedir este vandalismo! O São Paulo Abandonada & Antiga já deu a largada nesta indigitada corrida, necessitando agora que os demais veículos de comunicação levem esta bandeira adiante, na esperança de que os órgãos representativos do setor tomem as necessárias providências!
    Pedro Paulo Penna Trindade – membro do Conselho Cívico e Cultural da Associação Comercial de São Paulo.

  3. Luiz Carlos Hummel Manzione disse:

    Só com feroz repressão se conseguirá reverter a decadência e a incivilidade que se apoderou do paulistano. Educação e campanhas são e serão sempre olímpicamente ignoradas.

    1. Daniel disse:

      quando eu digo uma coisa dessas sou logo taxado como violento ou militarista, mas o jeito é recorrer a quem saiba usar a força para reprimir a criminalidade…

  4. Renata disse:

    Na novela que a Globo exibe atualmente, Tempos Modernos, percebi em uma das cenas que esse Poste foi destacado no cenário. Realmente é uma marca da cidade, mas acredito que a novela poderia explorar mais assuntos como o descuido do patrimônio.

  5. Teresinha disse:

    Fico muito triste ao constatar que os brasileiros de um modo geral não têm amor por suas cidades. Quando se volta de uma viagem ao exterior é muito chocante ver a degradação de nossas cidades e valores. Não sei se um dia verei o povo brasileiro educado, com conciência de civilidade.

  6. Wellington R Costa disse:

    Com relação ao comentário sobre um poste abandonado na av. Celso Garcia , na verdade não era um poste centenário e sim um respiradouro de gases instalado na década de 70 do século passado. Quando instalado ele possuía um topo e e areado para a circulação de ar… Sei desta informação pois quando criança testemunhei sua instalação e me recordo de meu pai conversando com os técnicos que fizeram tal instalação. Ou seja foi instalado para evitar acumulo de gases e potenciais explosões em galerias no subsolo eram dois respiradouros um deles foi totalmente destruído e este qu sobrou teve o topo roubado e esta cheio de entulho; ou seja gazes podem estar se acumulando da antiga galeria.

  7. Marcio Ferreira disse:

    É… acho que o pessoal do G1 deu uma passada por aqui e fizeram uma matéria sobre o mesmo tema… Ou será que “do nada” eles enxergaram os postes danificados? http://vai.la/GCW

    1. SPA disse:

      Pois é Marcio,

      É plágio mesmo, falta de vergonha na cada do G1. E o pior é que o jornalista recebe salário pra ficar copiando.
      O curioso é que as pessoas que concederam entrevista para mim procuraram a mesma Globo antes e não deram ouvidos, agora copiaram.
      Se pelo menos isso resultam nos postes consertados, tudo bem. Mas que jornalismo barato esse do G1, não ?

  8. Assessoria de Imprensa da Associação Viva o Centro

    Parabéns pela excelente reportagem. Quanto ao horário de atuação dos zeladores urbanos da Aliança pelo Centro Histórico, das 6h da manhã à meia-noite, inclusive nos fins de semana e feriados, ele não foi escolhido aleatoriamente. Esse é o período de maior circulação de pessoas na região do Triângulo Histórico, que tem nos vértices a Praça da Sé e os largos São Bento e São Francisco, e uma das missões dos zeladores urbanos também é prestar informações à população que aí circula. A Associação Viva o Centro quer ampliar tanto o horário de atendimento dos zeladores para 24h diárias, como a abrangência da Aliança até que todo o Centro Histórico (distritos Sé e República) seja alcançado pelo serviço. Para isso, a entidade deu início a uma campanha de divulgação da Aliança aos estabelecimentos situados no Triângulo Histórico pedindo sua adesão e apoio para mantê-la e expandi-la. É importante que a comunidade se envolva, participe e contribua com um serviço inédito e que está se mostrando muito eficaz. O síndico ouvido pela reportagem solicita o que a Viva o Centro também almeja: que os zeladores urbanos atuem 24h ininterruptamente. Para mais informações sobre a Associação Viva o Centro e a Aliança pelo Centro Histórico consulte o site http://www.vivaocentro.org.br.

  9. jo almeida disse:

    Poderia ser criada uma campanha para conscientizar a população sobre essa riqueza cultural da cidade. Sou apaixonada pelos centenarios postes da cidade de São Paulo. Se pudesse, adotaria um.

  10. Fabricia disse:

    Fico triste em ver tanta coisa bela que há em nossa cidade – a riqueza arquitetônia- e saber que nada disso é zelado, seja pelos governantes, seja pelos empresários, seja por nós.
    Em outros lugares, países, eles preservam porque sabem que, além de preservar a sua própria memória, isso atrai turismo. EStá certo que é caro restaurar – e em muitos casos infelizmente o imóvel já está perdido e o melhor talvez seja derrubar mmo… mas o que se dá para preservar deve ser preservado… Que o espaço seja usado por associações, ongs, vire museu, espaço cultural, centro de pesquisa, etc…
    Essa é minha opinião. Parabéns aos mantenedores desse site, com certeza virei aqui mais vezes desfrutar das imagens.

  11. Karin Peixoto disse:

    Isso é nada mais nada menos do que o retrato da falta de educação e patriotismo que tem o povo brasileiro.
    Enquanto não for disseminado em nossas escolas o amor a historia, aos livros, á cidadania, continuaremos a ver vandalismos como esse.
    E digo mais, não somente em nossas escolas, mas em nossa propria casa! Ali no berço onde nascemos e que começam os valores. Pelo visto a preocupação com o dinheiro é maior do que com os valores. Lamentavel.

  12. Vanderlei Antonio Zago disse:

    Uma pena, realmente, que postes antigos e interessantes como esses, retratando uma outra época, sejam simplesmente ignorados na manutenção e vigilância. Aqui em Campinas/SP ocorre a mesma coisa, e até mesmo postes dos antigos bondes elétricos da cidade (datados de 1912, com placa original da AEG) simplesmente SOMEM! Depois nós que somos taxados de “malucos” ao tentar registrar e manter a Memória Histórica atuante em nosso país. Enfim…

  13. Adriano disse:

    Que ironico! O mal da republica resultando no furto dos brasoes da republica. Esse pais virou esse caos apos o golpe militar de Deodoro da Fonseca. Se mantivessemos o imperio e unica democracia verdadeira da America Latina, poderiamos ter continuado no nivel de Canada, Australia, Noruega, Inglaterra dentre outras monarquias constitucionais. Nao consigo olhar esses brasoes da vergonha sem ficar indgnado!

  14. Valdecy disse:

    Caro senhor(s)
    Lindos postes, praças, prédios, avenidas etc, etc…….; será porque o(s) nosso(s) afamado(s) poder(es)enche(m) a boca, peito, este(s) não se entereçam pelo zelo do patrimônio público?
    É meu caro, se quem devia cuidar, até pelo fato de a sociedade pagar imposto altissimo nada fazem quem dera o individuo, principalmente a ralé, vão saquear mesmo.
    Sabemos que, dentro dos governos, seja o municipal, estadual ou federal, há e, não são poucos, os que protegem vagabumbos, bandidos de todas as espécias quando da aprovação de leis, os chamados “DIREITOS HUMANOS” para outros “DIREITO DOS MANOS”.
    Se o criminoso fosse encarcerado, pagar até o último minuto pelo crime que cometeu e, com o valor financeiro(dinheiro) queria ver se isto ia mudar ou não.
    Uma cidade como São Paulo, deveria ser uma referência ao Brasil e ao mundo em questão de ordem limpeza, não tem sequer, uma lei que acabe com as pichações, vergonha, triste.
    Crie, aprove uma lei, onde que for flagrado, pague o material e o profissional, não inporta quanto tempo este(s) elemento(s) vai demorar para pagar esta conta, mas vai pagar até o último centavo, nada de serviço à comunidade, “P#$ no $# da COMUNIDADE” pois é ali, que costuma sair, ter este(s) crimino(s).
    Gostaria muito de ver a capital de meu estado, figurar entre as cidades no mundo onde seu patrimônio fosse um dos mais bem protegidos mas, com certeza vou morre e isto foi um sonho.

  15. Mirtes Menezes de Azevedo disse:

    Concordo com tudo e todos. Cada um na sua como dizem, porém, é absurda a falta de interesse dos Cidadãos por sua própria história! Outro dia, numa conversa com amigos, fiquei pasma com a falta de informação e interesse das pessoas pelo assunto; Me senti um peixe fora d’água. Ninguém, ali naquela “roda”, demonstrava interesse… Cheguei à conclusão de que, somos um povo sem cultura, gostamos e nos orgulhamos disso. Tínhamos que inverter esses valores, começar pela educação nas escolas, ativar o interesse nas cabecinhas; Tentar criar gerações melhores… Sabem o trabalho que é feito com os Cidadãos para a preservação ambiental? Mais ou menos assim, porém, voltado para a preservação da nossa história, da Cidade em si. A ignorância é muito grande, assustadora!

  16. Renato de V. Souza disse:

    olá, fico triste com a atual situação destes postes tão caracteristicos de S. Paulo….
    Trabalhei alguns anos na Eletropaulo e jogaram plantas de papel vegetal (meio plástico, desconheço o tipo de material) com os esquemas destes postes. Guardo estas folhas como lembrança.

  17. Eduardo disse:

    Isso é um absurdo!
    Um marco como esse que traz historia e beleza, nao poderia ficar nessa situação. A falta de cultura, interesse na historia de uma cidade como SP é algo que nao poderia ficar como está. Temos que mudar…!!!
    País, sem cultura e educação só poderia chegar onde está…
    Alguem tem conhecimento, de postes retirados que podem passar por restauração e serem utilizados em outros locais?
    Grande abraço à todos!

  18. Estou nessa luta há 10 anos!! Podem vasculhar as gavetas das entidades que encontrarão observações que envio com relato dos visitantes falando sobre o descaso com estas luminárias. Até já sugeri pintarem de vermelho para atrair a atenção. Mas aguardamos sempre! Quando demora muito a sensação é de que nem percebemos a mudança.
    Uma boa campanha para as luminárias e os chafarizes.

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.