O futebol é o esporte mais popular do Brasil e não é de hoje. E ele se faz presente na imprensa desde que surgiu por aqui, seja através de discretas notas de jornal ou mesmo em grandes reportagens.

Na foto o elenco da Portuguesa antes de uma partida, em 1930

Nas primeiras décadas do século 20, sequer tínhamos o rádio para ouvir as narrações futebolísticas. A primeira transmissão de um jogo de futebol em terras brasileiras só ocorreria em 1931.

A partida foi entre as seleções de São Paulo e do Paraná, no extinto Campo da Floresta na capital paulista. A transmissão aliás teve uma chuva de gols, com a vitória dos Paulistas por 6 a 4.

A partir deste momento irradiar jogos, comentar partidas e as jogadas de gol deslancharam. Mas como se mostrava uma jogada que gerou um gol antes da era do rádio ?

A resposta é relativamente simples: ilustrações!

Jornais dedicados ao esporte, como a saudosa Gazeta Esportiva, trouxeram um método simples e inteligente de mostrar aos leitores como foram os gols das partidas. Naquela época ou você iria ao estádio acompanhar o jogo ou ficava sem saber como foi.

Pensando nisso o jornal passou a colocar junto aos textos da partida, tiras descrevendo as jogadas que terminaram em gol. A praxe não era para todos os jogos, mas para os mais importantes.

Abaixo dois exemplos de jogos da Portuguesa, ambos pelo Campeonato Paulista de 1929:

O primeiro um empate em 2 a 2 com o Palestra Itália. Os gols da equipe rubro-verde foram anotados por Pixo¹ e Petrone, enquanto os dois gols palestrinos foram marcados pelo atacante Osses:

E abaixo o jogo em que a Portuguesa venceu o Esporte Clube Sírio por 3 a 0. Os gols anotados por Salles, Tidoca e Pixo¹.

Apesar de rudimentares (para os padrões de hoje) as ilustrações das jogadas de gol marcaram época e eram até colecionadas pela garotada, que costumavam recortar as jogadas depois que os adultos liam os jornais.

¹ – Pixo, centro-avante da Portuguesa também era conhecido como Carrapixo.

² – Agradecimentos Museu Histórico da Associação Portuguesa de Desportos e ao grupo de discussão do Facebook, Pesquisa sobre a Lusa.

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • resiak74 12/08/2017 at 08:32

    Muito interessante! Não tinha idéia de que o campeonato paulista já somava bons anos quando começou o rádio. E os desenhos indicavam os “pontos” dos times.

    Reply
  • Emerson de Faria 18/08/2017 at 10:59

    A despeito de toda a precariedade da época a São Paulo antiga devia ser um ótimo lugar para viver. Curioso eu sentir saudades de uma época que não vivi.

    Reply
  • Daniel Pardo 22/10/2017 at 20:58

    A tecnologia sem dúvida adianta muito as nossas vidas, mas por outro lado nos deixa preguiçosos, coisas como essa eram rudimentares, mas despertavam a imaginação lúdica das pessoas.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: