Curiosidades

A passagem do ˝trem sem trilhos˝ da MGM por São Paulo

Comments (9)
  1. J.C.Cardoso disse:

    Caraca! Genial! Ainda hoje, 90 anos depois, seria uma P. saca de marketing!

  2. Edison R Morais disse:

    Curiosa e criativa iniciativa. Para a época e para uma São Paulo que estava começando a deixar de ser provinciana, deve ter sido um acontecimento e tanto.

  3. Jorge Roberto Coelho Ferreira disse:

    Praza Deus que o Governador e os dirigentes da CPTM não leiam este post, porquê, seguramente, como a CPTM para a toda hora, por motivos vários, eles vão querer abraçar esta ideia do “trem sem trilhos” para resolver de uma vez por todas o problema do transporte público em São Paulo.

  4. Joao Guimaraes Filho disse:

    Muito bacana …parabéns por resgatar historias que jamais saberiamos que um dia existiu.

  5. Paulo Clístenes Vieira da Silva disse:

    Impressionante, não fosse o São Paulo Antiga, de Douglas Nascimento, não teria conhecido tal sacada de marketing, bem avançado pra época!

  6. Nilton D'Addio disse:

    Que legal. Desconhecia esse assunto. Como será que veio de Santos a São Paulo? Terá subido a serra embarcado em um trem de verdade ou terá subido por seus próprios meios, via Caminho do Mar, que era bastante estreita íngreme e sinuosa?

    1. Subiu pela estrada mesmo, com a supervisão das autoridades

  7. Pessoal,
    Artigo atualizado com uma imagem – a única que conhecemos até o momento – do trem sem trilhos ainda na cidade de Santos, antes de subir a serra rumo a São Paulo

  8. Daniel Pardo disse:

    Devia (ou deve, não sei se esse trem ainda existe) ser curiosa a engenharia desse trem, com dois motores de 90 cv e um de 60 no vagão de passageiros, queria saber como encaixaram os três motores ali e outra, mesmo dois motores de 90 cv para um veículo desse tamanho devia ser pouco, mas era o que tinha disponível na época.

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.