Distante cerca de 100 quilômetros da capital,  a Cidade de Sorocaba é uma das mais interessantes cidades paulistas. Bem desenvolvida, é um município onde o crescimento não é caótico como muitas cidades do interior que se desenvolveram rapidamente.

Além disso, a cidade é dotada de muita história e de uma arquitetura bastante interessante, especialmente na região central e nas proximidades da antiga estação ferroviária. Um dos prédios mais belos da cidade é o Palacete Scarpa.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Localizado na rua Souza Pereira com rua Dr. Álvaro Soares, na região central e há menos de 100 metros da antiga estação ferroviária, o Palacete Scarpa é uma das mais importantes construções históricas da cidade.

Projetado pela dupla de arquitetos Marquezzini e Scapone, foi inaugurado em 1922 para abrigar a sede do Banco União. O banco era de propriedade de Nicolau Scarpa, imigrante italiano e rico capitalista do início do século 20, dono de uma série de indústrias têxteis.

O local abrigou o banco por alguns anos até a falência da instituição ainda na mesma década. Apesar disso, o prédio não ficaria fechado por muito tempo sendo ainda no final dos anos 20 transformado em sede do Partido Nacional Fascista de Sorocaba.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Pouco tempo depois o prédio passou para outra família de industriais paulistas, funcionando de 1932 a 1935 como Hotel Pereira Inácio. Em 1936 abrigou o Sindicato dos Citricultores de Sorocaba e entre 1937 e 1945 sediou um posto dos Correios.

O prédio permaneceria com a família de Pereira Inácio, do Grupo Votorantim até 1949, quando foi doado ao governo estadual, especificamente para a Secretaria da Fazenda. O imóvel seria finalmente doado à prefeitura de Sorocaba em 2005, quando desde então passou a funcionar como sede da Secretaria de Cultura da cidade.

Detalhe da fachada (clique na foto para ampliar).

Detalhe da fachada (clique na foto para ampliar).

Apesar do estado de conservação ser bastante satisfatório, o prédio precisa de melhores cuidados. Como está localizado em um cruzamento de trânsito intenso, a pintura do prédio está bastante escurecida, devido à poluição.

O relógio, instalado no topo do prédio, aparentemente não funciona há muitos anos e, por fim, os mastros de bandeira ficariam mais atraentes se as bandeiras estivessem por lá. Por se um prédio que abriga um órgão municipal destinado à cultura, a conservação deveria ser exemplar, o que não é o caso.

Enfim, trata-se de uma das mais importantes construções de Sorocaba, cidade que é muito interessante e gostosa de passear. Quando visitar a cidade, não deixe de apreciar o Palacete Scarpa e as demais construções do entorno, como a antiga casa do chefe da estação e a estação ferroviária, do antigo ramal da Sorocabana.

Veja mais fotos do Palacete Scarpa (clique na foto para ampliar):

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comments

  • J.C.Cardoso 06/05/2014 at 12:31

    Será que o Chiquinho sabe disso?

    Reply
    • Douglas Nascimento 06/05/2014 at 12:34

      Boa pergunta!!

      Reply
  • Freddy Forner 06/05/2014 at 14:04

    Sorocaba também tem muitas referências ao Conde Francesco Matarazzo, sendo que foi lá que ele morou assim que veio de Castellabate, na Italia. Foi em Sorocaba que começou a fabricar artesanalmente e vender banha de porco, com uma prensa de madeira que ele mesmo fabricou no quintal de sua casa. Esse foi o começo de todo seu império de indústrias.

    Reply
  • Maria Aparecida Clemente 07/05/2014 at 00:01

    Muito interessante. Sou natural de Sorocaba e toda vez que vamos até lá, passamos por essa magnífica arquitetura.

    Reply
  • Carlos Gama 07/05/2014 at 16:18

    O estado da calçada, em frente, dá uma medida do cuidado com o patrimônio público.

    Reply
  • Terezinha Scarpa 04/08/2017 at 16:27

    Gostaria de conhecer essa preciosidade

    Reply
%d blogueiros gostam disto: