Tradicionalmente tiro férias nos primeiros meses do ano. Este ano para coincidir com o calendário da minha esposa, escolhemos o mês de fevereiro. E ao retornar percebi que fevereiro de 2014 foi particularmente desastroso para a memória arquitetônica de São Paulo.

Diversos imóveis antigos foram demolidos neste mês, muitos deles estavam em perfeito estado de conservação. Um dos que mais me aborreceu foi este, na Lapa, que fotografei apenas algumas semanas antes de embarcar e pretendia colocar no ar durante a viagem:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Esta é a típica demolição que revolta, que enoja. Localizado no número 57 da Praça Cornélia, um dos trechos mais charmosos e agradáveis da Rua Clélia, o imóvel encontrava-se em preservado e impecável. As fotos publicadas aqui não deixam a menor dúvida.

Entretanto não foi suficiente para que o belíssimo imóvel, que estava com uma faixa de vende-se, fosse preservado. Acabou impiedosamente demolido por uma construtora, neste insana busca por terrenos para construir novos empreendimentos. E não foi apenas ele que foi abaixo pela construtora, outros imóveis na Rua Coriolano foram abaixo para juntar ao terreno deste sobrado demolido.

Imóvel era rico em detalhes, como mostra a fotografia.

Imóvel era rico em detalhes, como mostra a fotografia.

Tudo que a Praça Cornélia não precisa no momento é de um prédio. Trata-se de um lugar belo, arborizado com uma das mais bonitas igrejas paulistanas no coração da praça e com vários conjuntos de residências térreas e assobradadas que estão em perfeita harmonia com a região.

Um prédio ali, mesmo pequeno é um grande desserviço aos moradores da região. E fica a pergunta: Onde está o critério e da prefeitura ao conceder alvarás de demolição e de novos prédios em locais que deveriam estar livres de empreendimentos ? Será que mesmo com todo escândalo da máfia dos fiscais da prefeitura ainda há irregularidades nos processos ? Se não há irregularidades, decerto há falta de compromisso da prefeitura com a cidade.

Bastou um ano da gestão de Fernando Haddad para ficar evidente que sai prefeito, entra prefeito, todos eles estão ajoelhados para o setor da construção civil. Não há coragem de nossos governantes em governar para o cidadão, governam apenas para quem loteia a cidade.

Abaixo mais duas fotos do belo sobrado que perdemos e uma foto do local em 8 de março de 2014.

Detalhe da entrada do imóvel

Detalhe da entrada do imóvel

Janela de um dos quartos da residência

Janela de um dos quartos da residência

Hoje não resta mais nada do antigo sobrado (clique para ampliar).

Hoje não resta mais nada do antigo sobrado (clique para ampliar).

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comments

  • ernani Nocciolini 10/03/2014 at 15:58

    Só nos resta lamentar essa loucura que é a especulação imobiliária. Daqui mais alguns anos irão detonar com o Teatro Municipal de São Paulo, O Museu Paulista no bairro do Ipiranga. (aliás o museu paulista está sendo restaurado, estava em perigo de cair). Conclusão: Vamos botar abaixo tudo o que representa uma São Paulo antiga, e construir espigões com mais de 50 andares! Assim ficaremos sufocados, sem ventilação, sem ar e calor com mais de 50 graus. Vamos impermeabilizar toda a cidade, assim teremos mais enchentes. Vamos também lançar diariamente mais veículos nas ruas, assim teremos mais doenças pulmonares e cardíacas e câncer!

    Reply
  • Edison Roberto Morais 10/03/2014 at 16:19

    Lamentável. Mais um lindo exemplar da São Paulo da primeira metade do século XX que vai para o espaço…
    Será que não é possível colocar-se limites a essa expansão selvagem. Vejam o que vai acontecer na Marginal do Pinheiros junto ao Parque Panamby.
    Vão acabar com um dos últimos segmentos da Mata Atlântica existente na zona urbana de São Paulo.

    Reply
  • Gustavo 10/03/2014 at 18:18

    Foram divulgadas hoje novas medidas para o adensamento da cidade de SP, existe um esforço da gestão do PT, sobretudo no vereador Nabil, para controlar o crescimento da cidade.

    O sobrado é uma graça e estava impecável, mas qual uma solução viável e rentável para o imóvel? É impossível tombar todas as casas/prédios antigos e em bom estado de conservação da cidade, visto também que o tombamento muitas vezes causa mais transtorno do que preservação.

    Eu não vejo outra forma de preservarmos a cidade que não seja por meio de seus moradores, enquanto as pessoas não tiverem interesse em comprar um imóvel antigo (em vez de um apartamento) e manter a originalidade, casos como esse só se repetirão.

    Esperar que a Prefeitura (sempre quebrada) transforme todos esses imóveis em “centros culturais” ou qualquer coisa do tipo é ilusão, somente através da vontade dos cidadãos que a memória será mantida… E, sinceramente, alguém vê esse interesse nos paulistanos?

    Reply
    • Douglas Nascimento 11/03/2014 at 09:00

      A gestão PT não faz esforço nenhum, pelo contrário, é um desastre para a cidade como foram as gestões anteriores desta sigla. Desde a posse deste prefeito tenho notado uma aceleração nas demolições e está cada vez mais difícil falar com os órgãos municipais de patrimônio. Some-se isso a um poste na secretaria de cultura, que nada entende de São Paulo e o resultado é uma cidade cada vez mais sem memória. O Nabil é uma exceção, que realmente tenta fazer algo pela cidade.

      Reply
      • danielpardo2015 26/02/2015 at 21:27

        Quem começou essa onda de especulação imobiliária foi a dobradinha (indigesta) de Alckmin/Kassab, assim como a maioria dos vereadores de São Paulo.

        Reply
  • Claudio Cardoso Saddi 10/03/2014 at 19:07

    Lamentável !A Lapa ,como São Paulo era muito provinciana! Infelizmente o “Lucro” disfarçado de progresso acabou com nossa cidade , e está acabando com o mundo! Vai restar cimento e papel moeda para esses jumentos comerem! Eles merecem!

    Reply
  • Carla Daniela de Oliveira 10/03/2014 at 19:15

    Que pena, era tão linda essa casa antiga!!!

    Reply
  • antonio Kury Agostinho da Silva Neto 10/03/2014 at 20:07

    ISSO ME LEMBRA UMA NOVELA MUITO ANTIGA E MUITO BOA “SELVA DE PEDRA”

    Reply
    • telma righi 27/03/2014 at 17:08

      E também a novela O Espigão – ano de 1974.

      Reply
  • Nilton D’Addio 10/03/2014 at 20:34

    É realmente uma pena e nada se pode fazer.

    Reply
  • Marina Pizarro 10/03/2014 at 21:34

    Estamos numa época onde se fala em qualidade de vida e outros bla, bla, blas…. Mas esta qualidade se tinha à muitas décadas atrás, onde era possível viver em casas projetadas com amor e carinho, com jardins nas frentes e quintais nos quais as crianças podiam brincar em segurança. Nesta época não se falava em manifestações violentas, assaltos ou principalmente racionamento de água!!!
    Atualmente vivemos como cobaias de laboratórios em caixas amontoadas umas em cima das outras, construídas luxuosamente por estas construtoras, que sem nenhum pudor vem e derrubam os ícones da “Real época da qualidade de vida”.
    Acho que seria bem melhor cuidarem mais de nossos recursos naturais que estão cada vez mais escassos e ameaçados do que novas construções para aumentar a produção de esgotos aumentando assim o ciclo vicioso de empobrecimento de nossa qualidade de vida..

    Reply
  • Alexandre (@Aleperdido) 10/03/2014 at 22:17

    Tendência criminosa vulgarmente denominada ‘progresso’! Demolindo mais duas ‘casinhas velhas’ apenas, constroem duas torres de cinqüenta andares, quatro apartamentos para quatro pessoas por andar, total: mil e seiscentas carroças tupiniquins poluindo, congestionando, aniquilando a vida! (Fora vans escolares, táxis, prestadores de serviços…)

    É triste! Fizeram igual no entorno da Praça Arquimedes da Silva

    Reply
  • Renato Valdivino 11/03/2014 at 04:46

    Mas pra quê derrubar esta casa que era belíssima??? Realmente não dá pra entender…

    Reply
  • Alexandre Fontana 11/03/2014 at 11:03

    Lamentável, vê-se pelas fotos que a casa estava linda, bem conservada. Realmente, a especulação imobiliária manda e desmanda nessa cidade. E, o pior, seja o prefeito do PT, do PSDB ou qualquer outro partido e nada disso muda. E todo mundo silencia, políticos e imprensa. Aliás, muito me chama atenção, qdo.se fala dos problemas do trânsito e ninguém fala dos efeitos que a construção de tantos prédios traz ao trânsito. Por que? E só para completar, li no Estadão de domingo que mais 5000 árvores estão ameaçadas no Morumbi, na região do Pq.Burle Marx, para serem construídos mais prédios (a reportagem fala em até 16 prédios). Isso num bairro que já tem prédios até demais

    Reply
  • Fábio 11/03/2014 at 15:29

    E o pior é que esses novos empreendimentos vão demorar a vender, pois, a renda e o crédito estão cada vez menor, nem corretores capacitados essas construtoras tem. Triste futuro o de SP.

    Reply
  • genycalicchio 11/03/2014 at 16:43

    Uma pena que vivemos cada vez mais nessa selva de pedra.infelizmente as grandes construtoras estão cada vez mais gananciosas. …

    Reply
  • Edda Frost 11/03/2014 at 18:39

    Que tristeza…lá se foi mais uma bela casa…

    Reply
  • Armando Fonseca 12/03/2014 at 22:12

    Essa casa foi reformada antes de ser colocada para aluguel. Antes disso ela estava bem detonada, com as portas e janelas em maaaaau estado. Daí ela ficou linda, e eu fiquei feliz porque isso normalmente significa que ela vai ser conservada. Mas infelizmente não foi esse o destino…

    Reply
  • maria guiomar 12/03/2014 at 22:17

    Infelizmente o poder a corrupção o dinheiro fala mas alto !aqui no Ipiranga estão demolindo muitos imóveis antigos e construído prédios.não sei como conseguiram até fechar uma rua p construir um condomínio d alto padrão deve ter rolando muita grana!

    Reply
  • Suzane Neumeister 13/03/2014 at 11:30

    Vontade de chorar, mais uma se foi.. De quando a Arquitetura era ainda Arquitetura..

    Reply
  • Elis 17/03/2014 at 12:59

    Aqui no RS não é nada diferente, a falta de memória do povo é o que faz a história.

    Lamentável!

    Reply
  • Mariel Moura 18/03/2014 at 16:24

    Lamentável, apenas lamentável.

    Reply
  • telma righi 27/03/2014 at 17:01

    O bairro da Lapa está sendo descaracterizado. Como tantos outros.
    Concordo: lamentável!

    Reply
  • Eduardo Britto 18/04/2014 at 14:37

    Eu ia imprecar pesado contra os omissos e/ou lenientes funcionários responsáveis pela autorização, mas fui lembrado por minha mulher que hoje é dia santo. Ela tem razão. Fica o meu veemente protesto, pensando que deveríamos, nós também omissos e lenientes, deixar os protestos virtuais e partir para os presenciais. Mas como?

    Reply
  • ericson 23/07/2014 at 00:58

    E a casa ao lado já foi também !!

    Reply
  • Pablo Figueiroa 23/10/2014 at 21:45

    A Lapa e em especial a Vila Romana está completamente diferente. Sobrados antigos e lindos estão dando lugar a prédios que apenas prejudicam a ordem e a essência do bairro.
    É triste ver que as coisas estão mudando tão rapidamente e radicalmente. As ruas estão sempre congestionadas, as pessoas não se falam mais. A Vila não é mais Vila e sim um grande estacionamento.
    É triste … Fiquei extremamente indignado quando vi que essa casa havia sido demolida.

    Reply
  • Rudney 14/03/2015 at 22:33

    Boa noite. Infelizmente, essa é apenas uma pequena amostra do futuro da cidade de São Paulo. Mais uma prova do descomprometimento de nossas autoridades, do amadorismo de nossos governantes que não zelam pela história de São Paulo, destruindo o pouco que resta dessa que já foi uma bela cidade, hoje mergulhada na ambição eterna das construtoras, que conseguem tudo com o dinheiro e com a ganância das prefeituras sem escrúpulos e corruptas, que mudam Leis de zoneamento para atender aos interesses dos empresários, estes que sustentam partidos políticos e alimentam a corrupção a cada dia. Não vejo mais esperanças, nossas belas construções, nosso passado e os bairros que outrora foram residenciais, tranquilos e bonitos estão se transformando e piorando a cada dia. A cidade está se tornando um verdadeiro inferno para se viver, considerando com tudo isso a péssima infraestrutura que temos e o péssimo nível do ensino, da segurança e da saúde pública. É meus amigos, aos poucos estão acabando com nossa cidade!

    Reply
  • patkovacs 26/06/2016 at 16:37

    Acabei de ver agora essa foto no Pinterest! Lamentável é muito pouco, o que se sente é revolta mesmo!
    Aqui no Rio não é diferente, muito pelo contrário. E ainda tem imbecil que defende a derrubada de casas antigas como essa e pequenos bosques (pracinhas) para construção de mais prédios cujo apartamentos só os ricos podem mesmo comprar… defendem dizendo a imbecilidade de trata-se de “necessidade” de mais moradia, como se quem tem mesmo necessidade de moradia pudesse pagar o valor que esses empreendimentos custam! Hoje, nem por financiamento bancário, com uma renda de R$ 10 mil ao mês!
    Aqui fica apenas uma sugestão para aqueles que têm condições financeiras de comprar um imóvel e tem sensibilidade o suficiente para dar valor às coisas: NÃO COMPRE IMÓVEIS NOVOS! Além de não terem a qualidade dos antigos, até mesmo em questão de material empregado, são construídos sobre coisas que jamais deveriam ter sido destruídas para ceder lugar a eles!
    SE É QUE faz alguma diferença se os imóveis são vendidos ou não, visto toda essa corrupção envolvendo empreiteiras. Um despretensioso empreendimento pode ser apenas uma forma de lavagem de dinheiro.

    Reply
  • Karin Raats 01/07/2018 at 18:52

    Puxa, que pena. Sobrado lindo, tão rico em detalhes.

    Reply
  • Antonio Lidio Gomes 28/08/2018 at 12:09

    MALDITA PREFEITURA DE SÃO PAULO, MALDITA SEJA ELA E SEUS ADMINISTRADORES DESTRUIDORES, LOUCOS, OBSESSIVOS POR DINHEIRO E IMPLACÁVEIS NA DESTRUIÇÃO DA MEMORIA PAULISTANA! DESTROEM E SEPULTAM NO CONCRETO TODA A MEMÓRIA ARQUITETÔNICA DA CIDADE DE SÃO PAULO! ALMAS VAZIAS, DESGRAÇADAS E AMALDIÇOADAS! POR CAUSA DESSES MONSTROS, BEBEREMOS DO VENENO DA DESTRUIÇÃO QUE UM DIA SE ABATERÁ SOBRE ESSA METRÓPOLE!!

    Reply
  • Angélica 16/04/2019 at 14:23

    Que tristeza…a casa era tão linda…nossa,estou arrasada,assim como vc…pelo menos vc teve a oportunidade de ver bem de pertinho, já eu… só pelas fotos.. obrigada por isso…mesmo assim…meu sonho é conhecer São Paulo e suas preciosidades antigas…linda arquitetura que infelizmente se perdeu….

    Reply
  • Flavia 08/09/2019 at 19:03

    Nossa que tristeza! Por outro lado é muito bonito seu trabalho de resgate a construções tão maravilhosas em São Paulo. Parabéns

    Reply
%d blogueiros gostam disto: