Foi na madrugada de 4 de fevereiro de 2014 que um grande incêndio atingiu as instalações do histórico edifício do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, na rua da Cantareira.

Além de danificar a estrutura interna e diversas obras do acervo da instituição, a antiga fachada de entrada da Rua João Teodoro também foi comprometida, tendo a necessidade se repassar por obras de restauração.

Já concluída, a obra de recuperação devolveu a grandiosidade da fachada das antigas oficinas do Liceu:

clique na foto para ampliar

A extensão e complexidade da reconstrução do interior da edificação e a recuperação da fachada envolveu recuperação de estacas e uma nova armação dos blocos das paredes edificadas. Lembrando que na época da construção das oficinas do Liceu não se utilizava concreto armado, apenas estacas de madeira e arcos de alvenaria subterrâneo.

Na foto, a fachada em detalhe

Os alunos da instituição puderam por diversas vezes acompanhar o processo de recuperação, aprendendo dessa maneira a diferença entre os processos construtivos da época da edificação das oficinas e da reforma atual. Todo o processo foi visto como um grande aprendizado aos estudantes.

Uma da mais longevas e reconhecidas instituições de ensino paulista, o Liceu atualmente oferece dois cursos: ensino técnico integrado ao ensino médio, gratuito e apenas ensino médio, este pago.

Entre as inúmeras obras e contribuições famosas do Liceu, estão os portais em madeira da Catedral da Sé, o Monumento a Duque de Caxias e as esquadrias metálicas do MASP.

Por fim, uma curiosidade: Foi no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, em 1930, que foi desenvolvido e fabricado o primeiro hidrômetro (aquele que mede a velocidade e escoamento da água) 100% nacional.

Veja mais fotos do Liceu na galeria abaixo (clique na foto para ampliar):

 

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Marcelo 30/04/2018 at 16:08

    Não é Rua da Cantareira, Douglas? Está escrito Canteira.

    Reply
  • Elizabeth Graceffi Blanco 30/04/2018 at 16:35

    Parabéns Douglas Nascimento! Excelente matéria!

    Reply
  • Bertha 30/04/2018 at 17:46

    Você sabe que fim tiveram as réplicas de esculturas gregas-romanas que o Liceu abrigava antes do incêndio?

    Reply
  • Daniel Pardo 12/05/2018 at 21:02

    Fizeram um belo trabalho, está novo outra vez.

    Reply
  • Pedro Mellão 18/05/2018 at 18:32

    A fachada ficou linda! Bastante imponente.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: