Quando falamos sobre as edificações do centro de São Paulo, sabemos que prevalecem os grandes edifícios. Entretanto, imóveis residenciais antigos ainda são encontrados coexistindo com os arranha-céus de outrora ou da atualidade. São casos conhecidos como o Solar da Marquesa de Santos ou Castelinho da rua Apa ou então construções menos famosas, como esta da rua Álvaro de Carvalho.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Construído em 1928, o casarão foi por décadas a residência da família Remo Capobianco, que morava no andar superior. No piso térreo e porão funcionava a empresa da família, a Oficina de escultura e Fabrica de Ladrilhos R. Capobianco & Cia.

Restaurado pela iniciativa privada em 2005, o casarão, que possui estilo florentino, teve sua estrutura interna adapta para ser um instalação de cultura. No local foi estabelecido no mesmo ano o Instituto Cultural Capobianco, que possui duas salas de teatro com uma terceira ainda sem previsão de inauguração.

Veja mais fotos do local:
Foto: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Foto: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Luis Hector San Juan 16/12/2015 at 14:25

    Estou enviando a um amigo que pertence à última geração da família

    Reply
  • Paulo Schwartz 16/12/2015 at 14:30

    Belíssimo prédio.

    Reply
  • Cybelle 16/12/2015 at 14:35

    Todo o conjunto de casas parece mto bonito. Seria bom saber mais dele.

    Reply
  • Nilton D’Addio 16/12/2015 at 15:14

    Muito bonito. Preciso conhecer o imóvel, bem como a programação cultural do local.

    Reply
  • danielpardo2015 21/12/2015 at 20:12

    Já logo imaginei um Fusca do final da década de 60 na frente dessa casa.

    Reply