Algumas vias paulistanas mudaram completamente seu conceito ao passar das décadas. Logradouros estritamente residenciais mesmo sem ter seus imóveis substituídos por edifícios, passaram para fim comercial como em passo de mágica. É o caso de avenidas como Rebouças e Brasil.

Se na primeira muitas casas desapareceram, na segunda a maior parte delas ainda estão por lá porém quase que em sua totalidade transformadas em imóveis de uso comercial. Na Brasil moradores deram lugar a escritórios, showrooms e muitas clínicas e consultórios médicos.

clique na foto para ampliar

Localizada no número 525 da Avenida Brasil este magnífico palacete neoclássico foi por longos anos residência do casal Henrique e Elvira Zweifel. Datado de 1939, o imóvel foi erguido no centro de um amplo lote do Jardim América, sendo uma das maiores construções concebidas nesta via.

O luxo e sofisticação deste imóvel em seu período residencial foi amplamente descrito nas páginas da extinta revista Acrópole. No texto abaixo a descrição apenas de um cômodo, o salão nobre (ilustrado na figura 1 da galeria 2 ao final do artigo):

“Salão nobre estilo Luiz XVI, parede e forro cor branco marfim, lareira de mármore preto com aplicações de bronze dourado. Espelho de cristal enquadrado por ornamentações esculturadas de cor ouro velho. Poltronas e divãs cobertos de cetim azul-cinzento e brique pálido. Outros móveis e portas de jacarandá, com as decorações platinadas. Lustres e candelabros de metal branco e latão, batidos e cinzelados. Tapetes azul claro com as decorações em ouro velho e grená.”

A revista segue ainda descrevendo os demais cômodos da casa um a um, dando destaque no trabalho realizado em decoração de ambientes pelo professor Felipe Dinucci.

Voltando ao exterior do palacete, temos a felicidade deste imóvel não ter sido murado como muitos outros do Jardim América, que perderam seus gradis e receberam muros altos que deixaram as casas como uma espécie de prisão de grã fino.

clique na foto para ampliar

Olhando a partir da calçada ou mesmo da avenida o que entristece é a odiosa fiação aérea que além de ser uma poluição visual, dificulta a observação do imóvel. Observem na foto acima que ainda ocorreu a infelicidade de colocar um poste bem diante da casa. A remoção dos postes e fios é uma promessa vazia que jamais é cumprida, entra prefeito e sai prefeito e tudo fica na mesma.

Apesar desse revés, que além dessa casa atinge um sem número de outras, a vista externa da casa é de encher os olhos com seu jardim sempre impecável, grades baixas e a casa sempre pintada com esmero.

Bastante preservada em sua originalidade na porção exterior, o imóvel deixou de ser residencial já se vão muitos anos. As alterações na fachada são mínimas e quase imperceptíveis, resumindo-se a mudanças nas janelas, que perderam suas esquadrias de madeira sendo substituídas apenas por vidro. No interior, no entanto, não temos como dizer se ocorreram muitas alterações. No local atualmente funciona um renomado escritório de advocacia.

Sem dúvida uma das preciosidades da nossa Avenida Brasil.

Galeria de fotos 1 (clique na miniatura para ampliar):

Galeria de fotos 2 (clique na miniatura para ampliar):

Bibliografia consultada:

  • Guia dos Telefones São Paulo (1961) pp 53 (Acervo São Paulo Antiga)
  • Revista Acrópole ano 01 / num. 04 pp 30 e 31 (Acervo FAU/USP)
  • Revista Acrópole ano 03 / num. 27 pp 97 a 99 (Acervo FAU/USP)

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Elizete Torres 20/09/2018 at 21:31

    Esplêndida residência! Que o atual escritório de advocacia o preserve por muitas décadas (seria sonhar demais?!).
    Douglas, dê um passeio pela rua Martiniano de Carvalho, onde se encontra a majestosa Basílica de Nossa Sra do Carmo e observe o entorno com a reforma na Vila Itororó e algumas casas que foram suntuosas no passado (me lembrei de você, ao passar ontem por lá….) Grata

    Reply
  • João Ramon 26/09/2018 at 10:24

    Seria ótimo se pudessemos ver as fotos do interior pois imaginando a luxuosidade que é essa fachada, o interior deve ser bem suntuoso.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: