Imóveis Antigos

Casa – Rua Dr. João Ribeiro, 80

Comments (26)
  1. Toninho disse:

    Esta casa era a residência da morada mais antiga da Penha ate a década de 1970, nos anos 80 foi atelier de Pintura e com certeza, sera demolida, pena pois todas as construções antigas do bairro já foram demolidas ou modificadas como as da Av.Penha de frança e Largo do Rosario.

  2. danilo disse:

    Fica de esquina, quase não dá pra passar pela calçada estreita. Fora o barulho. Certamente seria um bom ponto comercial. Talvez derrubem, a Penha está cada vez mais vertical, uma pena… Pelo que me conste, está há muitos anos abandonada.

  3. Daniel disse:

    essa calçada estreita vai acabar servindo de pretexto para uma demolição sob alegação de “acessibilidade”…

  4. Stella disse:

    Essa rua faz parte da minha história. É uma pena que com o passar do tempo vão apagando nossas lembranças e construindo no lugar outros gigantes….por outro lado esses gigantes serão no futuro as lembranças de outras gerações….é, o mundo gira….

  5. Luiz disse:

    Essa casa foi reformada por isso ficou descaracterizada e hoje não se tem mais interesse e preserva-la.Também dizem que existe uma casa de uma senhora chamada cartola que é a mais antiga que esta.

    1. Michel disse:

      Onde se localiza a casa dessa dona cartola

      1. Luiz disse:

        Olha na verdade eu não tenho essa resposta, isso me foi dito pelo historiador que é dono do memorial da Penha.

      2. Edson Borg disse:

        Não é Cartola… E Dona CARLOTA ! A mesma Dona Carlota que dá nome a uma travessa da Amador Bueno da Veiga e vai terminar no Viaduto da Vila Matilde. A casa de Dona Carlota creio que seja onde é a Faculdade Drummond ou um de seus vizinhos, ao lado da igreja da Penha. Ali, próximo onde era o cine São Geraldo, ficava a primeira bomba de gasolina do bairro. E o filho de Dona Carlota foi o primeiro a ter um automóvel na Penha.

        1. Roberta Moura disse:

          D. Maria Carlota

        2. lucia Castellani disse:

          Dona Catarina morou nessa casa. Chegou a ver D Pedro l qdo veio ao Brasil. Era uma senhora espirita e auxiliava muitas pessoas, inclusive meus avós.

  6. Viktor disse:

    Se nao me engano havia uma escola de musica la ate 95, era da familia de uma colega de faculdade mas de outro curso. Creio q era Santa Cecilia o curso. Qndo eles estavam la a casa era bem conservada..

    1. Juan Felipe Gonzalez disse:

      Eu me lembro desta escola Viktor.

  7. Rosana disse:

    Pois é…Isso é lamentável! O coservatório musical onde estudei “Bella bartock”, virou estacionamento de banco, o cinema virou uma loja enorme e pode-se ver pelo bairro, muitas casas antigas deteriorando-se, rendidas ao tempo e ao descaso. Essa aí, é só mais uma delas, mais uma história esquecida, talvez do século passado, morrendo no nosso presente…Triste, triste demais!
    Responder

    1. Conceição disse:

      No antigo conservatório hj é o colégio objetivo. E o estacionamento está onde era o colégio Liceu Santo Afonso, que já havia sido um seminário.

  8. Paulinho disse:

    Antiga moradora dessa casa se chamava dona Catarina, com 110 anos de idade ela contava historias de dom pedro para os moradores da Penha

    1. eu me lembro quando eu era criança e voltava da escola caminhando, via essa senhora na janela dessa casa. Não sabia o nome dela, obrigada.

  9. Sandra disse:

    Nossaaaa !! To encantada e viajando todos os dias,conheço a Penha de França como a palma da minha mão,e gosto mtoo,passo toda semana em frente da casinha d alvenaria da Dr. João Ribeiro,to amando td isso,adoro saber das histoirias..Até pq na Penha e em qler lugar q tenha cas antigas to lá eu olhanado e imaginando quem morou como era na época demaissss,..o colegio do meu filho fica na rua da igreja e da secretaria vejo uma casa,q na parte superior tem a data 1820 nossa fico encantada viajando nos meus pensamentos,gostaria d saber o q era esta casa,ou se era realmente apenas uma casa d moradia se souber me diga por favor..a casa fica na rua do colegio Joao xxIII,colado com o colegio São Vicente,do lado das lojas da bagunça.acho q hj funciona como um hotel…Parabéns leio td q vc posta é maravilhoso ler e ver as fotos do antes e do agora,saber sobre tudo é demais…

    1. Claudia disse:

      Lá onde hj eh o hotel jardim e a parte de baixo era a famosa loja de guardar chuva Pacha.
      Na fachada ainda há a inscrição do Nome e a data.

  10. Renata disse:

    Por um período essa casa abrigou um conservatório musical! Fiz aulas de piano nesse local ente os anos 80 e 90 (Conservatório Musical João Paulo II) e tenho muita saudades apesar de ter desistido da música. Sei muito pouco da sua história e não tenho fotos dessa época, mas lembro que nela havia um poço e sempre ouvi dos donos do conservatório que D, Pedro II bebeu água nele quando passou pela Penha em 1886 em sua última viagem a São Paulo. Se era verdade, não sei, mas tem a ver com um comentário que li por aqui, que a dona dessa casa (Catarina) contava histórias de D. Pedro para os moradores.

    A escola foi para outro endereço no final dos anos 90 e desde então a casa ficou fechada e se deteriorando. Que eu lembro, construíram várias salas no fundo do terreno, mas muito da construção original foi preservada, inclusive o poço).

    É tudo o que sei desse local e seria bem legal descobrir um pouco mais!

    Até!

  11. Engº Tarcisio José Terzi disse:

    Esta casa fica na Rua Dr. João Ribeiro com Rua Major Angelo Zanchi, lembro-me que nela morou muitos anos a Professora Guilhermina, lecionava no Colegio Estadual no finala da decada de 50 e início da de 60 quando lá estudei.

  12. Marco Antonio de Souza Pinto disse:

    Olá Douglas, outra informação que tenho sobre esta casa, não sei se é verídica, é que D. Pedro I passou uma noite nela, após retornar do Ipiranga, onde havia declarado a Independência do Brasil, indo para o Rio de Janeiro. E que ele havia rezado na Igreja do Rosário nessa passagem pela Penha. Em relação a outros comentários neste artigo:
    – Conservatório “Bela Bartok”: estive na Penha há 2 semanas e resolvi procurar a casa onde ficava o conservatório. Para minha triste surpresa, ela foi demolida e o terreno é utilizado como estacionamento, como comentou a Rosana. A casa dava fundos, ou era outra frente, para a Comendador Cantinho. Era muito bem cuidada na época, até os anos 80 acredito. Estudei no Colégio São Vicente, de 1970 a 1977, e me lembro bem dela.
    – Prédio com a data 1820 na fachada: conforme comentado pela Sandra, funciona um hotel e, pelo que me recordo, já funcionava nos anos 70.
    – Basílica da Penha: em outro artigo você comenta que a Penha tem 2 igrejas e uma basílica. Isto apenas no centro. Como curiosidade, a Basílica da Penha é a segunda maior do Brasil, menor apenas que a Basílica de Aparecida, porque nenhuma basílica ou catedral pode ser maior que ela. Assim como, a Basílica de Aparecida é a segunda maior no mundo, menor apenas que a Basílica de São Pedro no Vaticano, pelo mesmo motivo.
    Mais uma vez, parabéns pelos seus artigos.
    Abraços,
    Marco.

  13. Bárbara Camporesi disse:

    Acho muito interessante (até mesmo como estudante de arquitetura) quais são os patrimônios da nossa cidade e como estão conservados, embora alguns não sejam vistos como tal, o que é uma pena. Alguém saberia me dizer qual a data aproximada da construção desta residência? Obrigada!

  14. Daniella disse:

    Alguém conhece alguma obra que seja datada entre 1890-1914 na Penha? É para um trabalho de faculdade e não acho, preciso com urgência!

    1. ariovaldo disse:

      Daniella na praça Ns da Penha ao lado da unidade de saúde,situa-se um sobrado lindo que deve ser da época ou bem próximo a data que vc procura .Os detalhes das janelas de madeiras muito altas e as floreiras na parte externa na parede com vitrais trabalhados em detalhes. A marquize da lateral esquerda é a coisa mais linda e esta muito bem conservado. Nasci na Penha e hoje moro em Praia Grande mas,quando for a SP vou lá para fazer uma foto, Douglas vc que é da região de uma passada por lá vai valer a visita .E a você Daniella ficarei muito contente se concluir o trabalho com este belo sobrado ,um abraço e boa sorte !

  15. Priscila disse:

    Estão confundindo o lugar onde era o Colégio e Conservatório Bela Bartok é exatamento onde é o colégio objetio. Sei pq estudei la desde que abriu até me formar!

  16. Norma Maria Battistoni Caubianco. disse:

    Lendo a história da Penha nos murais da igreja,soube que esta casa é a primeira casa feita em ALVENARIA no bairro, por favor preservem!!

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga