Artigos

Os Santos populares paulistanos

Comments (33)
  1. Elaine Telles disse:

    Como sempre, uma aula de história!!!!! Parabéns pelo texto!!!!!!

  2. Ainda deve existir uma foto da menina izildinha na casa da minha mãe. Vou procurar e te mando a foto do quadro.

  3. Adorei as informações. ….

  4. Josemar disse:

    Parabéns pela pesquisa. Interessantíssimo o tema.

  5. Tem também “AS 13 Almas”, cujo tumulos estão no cemitérios São Pedro, mas conhecido como cemitério da Vila Alpina, na zona leste. De acordo com informações, são os restos mortais de 13 vitimas do incendio do edificio Joelma, ocorrido em 1974, e que não puderam ser identificados. São consideradas milagreiras, e no local há um culto popular neste sentido.,

    1. Andreia disse:

      Minha mãe recebeu uma graça muito grande das treze almas

      1. Fernanda disse:

        Oi, Andreia, tudo bem? Sou jornalista e estou fazendo uma matéria sobre os santos populares. Será que podemos conversar sobre o milagre que sua mãe recebeu?

    2. Pelo que vi na reportagem do Balanço Geral, dizem que em cima de cada sepultura tem que ter um copo d’água, porque senão os funcionários do crematório começam a ouvir choros e gritos (aliás, dizem que em todo o caso que a pessoa morre queimada tem que ter um copo d’água na sepultura dela)

  6. michael de sousa disse:

    esse site simplesmente é…”sem palavras”!!!…quando achas q sabe de td, sempre aparece histórias magnificas, a exemplo desses santos populares…boa leitura!!

  7. Bruna disse:

    Parabéns Glau!

  8. Thiago disse:

    Gláucia e Douglas, parabéns pelo artigo! Sou de Belo Horizonte, e aqui também há devoções deste tipo, como no Cemitério do Bonfim, onde há túmulos visitados por acreditar-se na intercessão dos que ali foram sepultados, como o caso da Menina Marlene, da freira Irmã Benigna e do Padre Eustáquio, cujo corpo foi transfereido para uma igreja no bairro que leva seu nome.

    1. Vinícius disse:

      Prezado Thiago,

      Pe. Eustáquio Van Lieshout (1890-1943) foi beatificado em 2006. Por isso foi trasladado para a igreja dos Sagrados Corações, pois é um requisito da Igreja Católica ao encerrar um dos processos que declara uma pessoa santa.

  9. Nancy Cavicchioli disse:

    No Cemitério da Vila Mariana, tem o túmulo do Luigi Guglielme… Luigino ou Luizinho, como também é conhecido… a ele são atribuídos muitos milagres… todas as semanas as mulheres se reunem no seu túmulo para rezarem o terço… fazem novenas… ele é o santinho aqui do Cambuci

    1. Elisabete Teresinha Alcaires Aquila disse:

      Olá nancy, ouvi fLr muito dele e estou procurando a oração que me falaram que ele tem…vc conhece? ou pode me ajudar saber quem tem? meu nome e elisabete..abços

  10. Roberta disse:

    Não vi motivo algum para essas pessoas serem santificadas…São mortes tristes, mas que acontece a todo momento com qualquer pessoa…De todos que foram citados acima, eu ouço falar na Izildinha, e já vi imagens dela sendo idolatrada pelas doutrinas de Umbanda e candomblé….

    1. Ronaldo disse:

      Roberta, isso é um costume do povo desamparado por uma ajuda a problemas pessoais (muitos deles de causa social, como conseguir um emprego), então apela-se para a fé… Com a ajuda pedida vinda, a pessoa encara-a como uma graça alcançada e torna-se um devoto, independente se é de uma Igreja Protestante ou de um Santo ou Orixá da religião Católica ou sincretista…

      E, quanto mais carente são as pessoas, mais a sua fé é devocional, chegando a “canonizar por conta própria” personagens, como os descritos acima. Já vi, no Cemitério da Consolação, uma placa agradecendo ao MONTEIRO LOBATO pela graça alcançada… rsrsrsrsrs…

      Deixo claro que não sou contra a fé das pessoas, acho a dedicação espiritual importantíssima e me felicito por elas terem seus pedidos realizados, mas é importante lembrarmos que, em um país com grandes diferenças sociais e pouca Educação geram pessoas com muita fé, mas com pouca razão.

  11. Vinícius Afonso disse:

    No cemitério da Vila Assunção, em Santo André, inúmeras placas de agradecimento por graças alcançadas enfeitam o túmulo de Vanilda Sanches Beber

    Mais informações no link:
    http://revelandoaverdadedesconhecida.blogspot.com.br/2009/10/vanilda-sanches-beber.html

  12. meire disse:

    no cemiterio da Saudade de Piracicaba tem, ao lado da igrejinha central, o tumulo de um lindo menininho, esse, recebe centenas de presentes e brinquedos por gracas recebidas, creio que valia a pesquisa pir alguem como vc: profissional.

  13. Faltou a história do menino Antoninho da Rocha Marmo! tenho um livreto do jornal correio da noite da década de 40 que era da minha bisavó que conta o relato de várias pessoas que atribuíram milagres a ele.

    1. Olá Henrique, como faltou ? O primeiro santo popular que falamos no artigo é ele! Leia de novo! 😉
      Ah e aqui neste outro link, contamos a história da casa onde ele nasceu:
      http://www.saopauloantiga.com.br/antoninho-da-rocha-marmo/

      Abraços

  14. Diva disse:

    Achei mto superficial,e a título Cemitério da Penha,sinceramente,pouco se diz,ou não achei,mas procurei e não vi nada.Nasci aqui e há mtas histórias e lendas,como a do primeiro padre q foi sepultado,a de um senhor q por ser vítima de uma doença mto grave,tomou medicamentos q deixaram seu cadáver intacto,por cerca de 5 anos.E o famoso José Garcia,q conta o povo se suicidou por ser negado a um noivado c uma moça de origem nobre,mtos devotos vão até la.E mtos outros…Pena q está faltando mta coisa.Desculpe,sou crítica e pesquiso,portanto p mim nota mínimaa-5,0.Deixa mto a desejar…

  15. Andre Luiz Gonçalves Santana disse:

    Aqui em Goiânia, no cemiterio Santana existe um tumulo de um menino chamado Murilo, que morreu aos 12 anos de apendicite inflamada considerado um santinho popular…

  16. Parabéns pelo seu trabalho. Aqui em Mogi das Cruzes, no cemitério São Salvador existe uma capela dedicada a “virgem Firmina” que foi uma menina que teria previsto o avião entre outras coisas. É venerada por muita gente, mas pouco se sabe de sua historia. Tudo o que sei foi a historia contada pelo meu pai, de que essa menina era irmã de sua avó. Seu corpo também foi encontrado intacto segundo o que se contava na minha família. Já procurei por informações, porém sem resultado. Poderia me ajudar?

    1. Liz disse:

      Olá, Joana
      Ao ler seu comentário, fiquei curiosa acerca da história e fui pesquisar. Realmente não há nada de concreto sobre a Virgem Firmina, exceto por uma passagem publicada no website da cidade Biritiba Mirim (que já pertenceu a Mogi das Cruzes):
      …”Por volta de 1820, a família de Inês, residente no sitio do Dr. Bóris, tinha uma filha de 10 anos, chamada Firmina, dotada, segundo contam, de dons especiais, capazes de curar e ajudar pessoas através de sua fé. Dizia-se, inclusive, que ela tinha os dons da profecia e da multiplicação dos alimentos”…
      Contudo, ao procurar por Dr. Bóris, as pesquisas se concentram na família Grinberg, que, aparentemente, só imigrou em 1913 (para Monte Verde).
      História bem divulgada quando procuramos lendas de Mogi das Cruzes é a “Menina da Pipoca” – Benedicta Melo Freire, irmã de Dona Yayá. O túmulo da menina está no mesmo cemitério que você mencionou.
      Um abraço!
      Liz

      1. Obrigada pela resposta. Continuarei buscando informações na medida do possível. conheço o túmulo do menino da pipoca. Realmente, trazer à tona essas histórias é resgatar uma cultura, que por sinal é a base de uma civilização. Querer destruir uma civilização é eliminar sua cultura. Mais uma vez parabéns pelo seu trabalho!

  17. ladyr freire disse:

    o menino guga tinha um espirito evoluído, eu também 2 meses já falava e 7 meses já andava

  18. Liz disse:

    SP Antiga sempre com ótimas histórias e postagens. Adoro o website de vocês, é uma viagem no tempo. Muito obrigada!

  19. José Argemiro disse:

    Em Osasco, no Cemitério Bela Vista, está sepultada Benedita de Oliveira, santa popular falecida em 25/01/1929, antes de completar vinte anos. Sobre a causa de sua morte, a lenda alude a espancamento por parte do marido, o capitão Mariano (que servia no quartel de Quitaúna), ou a estupro, mas tem-se como certo que ela morreu no Hospital Osvaldo Cruz, de São Paulo, por causa de uma febre que teve ao dar à luz um menino que faleceu uma semana depois. Nos dias de finados é quase impossível se aproximar de seu túmulo, tal o número de pessoas que vão prestar homenagem à santa com flores, velas e placas de agradecimento. Alguns chegam a levar pétalas de flores para casa, para fazer chá, acreditando que possam ter poderes curativos. Desempregados também buscam sua intercessão.

    1. Liz Andreose Gimenez disse:

      É verdade, José. Meus pais e meu irmão estão sepultados lá e sempre evitamos as visitas na semana de finados. Mas recordo que, na época do falecimento do meu irmão (1984), Benedita já recebia homenagens.

  20. José Argemiro disse:

    Ainda sobre o post acima, de Benedita de Oliveira, não há dúvida de que ela pode ser considerada uma santa popular paulistana, porque Osasco, na época, era um simples bairro da Capital de São Paulo. No entanto, há controvérsias, pois o Boni da Rede Globo (José Bonifácio de Oliveira, que não é da família da Benedita), nasceu aqui em 1935, na mesma situação político-geográfica, e não hesita em dizer que nasceu em Osasco (embora de seu registro certamente deve constar a localidade como sendo São Paulo). Nada contra, pelo contrário. Só pra esclarecer.

  21. Thelma disse:

    Olha no cemiterio de ricardo de albuquerque no Rj tem um menino milagrosso. Se chama paulo cesa silveira rezende. Muitas pessoas visita ele . Ate eu ja visitei.

  22. Juninho Brt disse:

    A Menina Izildinha está na minha cidade em um lindo mausoléu muito bem cuidado e adorado, um lugar santo, até mistico. Convido a todos aqui para conhecer este lugar na minha cidade de Monte Alto/SP – se o pessoal do site saopauloantiga.com.br quiser fotos do mausoléu para incorporar a este artigo é só me falar.

  23. Marcio Jacob disse:

    Juninho. Pode enviar umas fotos para mim? marciu@hotmail.com

    Obrigado

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga
Something is wrong. Response takes too long or there is JS error. Press Ctrl+Shift+J or Cmd+Shift+J on a Mac.