Apresento mais uma descoberta interessante de meu passeio recente pelas ruas atingidas pela grande enchente de 1929:

clique na foto para ampliar

Localizadas no número 63 da rua Porto Seguro, na região do Bom Retiro já mais próxima da Marginal do Rio Tietê, esta dupla de sobrados geminados é uma das gratas surpresas da região.

Sobrevivem bem preservadas e estão com todos os itens originais preservados, tais como janelas, portas, balaústres e o gradil dos porões. Uma jóia da região, infelizmente mais conhecida por casas em mau estado de conservação.

A escolha das cores também foi bastante positiva, dando destaque para as portas e janelas.

Chamo atenção para o pequeno cartaz na parede próxima à porta da direita, onde se lê ˝geladinho natural R$1,00˝. Me fez retornar a infância…

Veja mais fotos destes imóveis:

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Edda Frost 24/11/2017 at 13:12

    Muito graciosos esses imóveis. Que bom que ainta estejam preservados…Obrigada,
    Edda Frost

    Reply
  • Maria José Ribeiro Barbosa 24/11/2017 at 15:06

    Oi Douglas, soube que nesta rua (Porto Seguro) ficava uma placa com o nível atingido pela enchente de 1929. Vc poderia indicar o local?

    Reply
    • Douglas Nascimento 24/11/2017 at 17:18

      Na próxima segunda-feira vou publicar uma matéria especial sobre a enchente de 1929 e também sobre a placa.

      Reply
  • Luiz Henrique 26/11/2017 at 09:42

    Essa região é mesmo bastante deteriorada. Quando eu digo deteriorada, refiro-me às construções antigas total ou parcialmente descaracterizadas. Há várias casas que ficaram simplesmente ridículas, tendo suas esquadrias originais de madeira substituídas por janelas de alumínio menores, complementadas por tijolos. Ridículo!

    Reply
  • Nilton D’Addio 26/11/2017 at 15:11

    Caramba. Eu nasci aí na Rua Porto Seguro 58, ou seja, praticamente em frente a essa casa, que se não estou enganado, era da família Machado. Aí todas as famílias eram amigas. Colocavam-se as cadeiras nas calçadas e enquanto os adultos conversavam, a criançada brincava solta. Numa das casas morava um fotógrafo do grupo Folhas e de vez em quando eles projetavam filmes no porão da casa. A entrada era um botão. Morei lá de 1944 a 1948 ou 49, pois a casa foi derrubada para dar lugar ao prédio que ainda está lá. Nunca mais morei em uma rua tão acolhedora. Tenho uma foto de um cordão carnavalesco lá na Rua Porto Seguro. Se tiver como, poderei postá-la aqui.
    Muita saudade. Setenta anos se passaram e ainda tenho boas lembranças e contato com algumas pessoas dessa época. Pode?

    Reply
  • Daniel Pardo 23/12/2017 at 20:25

    As portas já estão um pouco deterioradas, mas os donos pelo menos são caprichosos e mantém o imóvel com a pintura em bom estado.

    Reply