Cidade em constante transformação, São Paulo a cada dia que passa vai perdendo mais de suas belas construções do passado. A vítima desta vez está sendo um dos belos casarões Splendore, na rua Capitão Macedo em Vila Mariana.

Afonso Splendore, notável homem da sociedade paulistana, era morador de um dos mais belos casarões em estilo florentino de São Paulo, na rua Santa Generosa. Por volta do final dos anos 1930/1940, Spledore teria decidido erguer 3 casarões para cada um de seus filhos, na rua Capitão Macedo. As três belíssimas construções são as que formam o início da rua, na esquina com a rua Coronel Lisboa.

Infelizmente, o primeiro casarão (que aqui chamamos de Splendore 1) começou a ser demolido cerca de 15 dias atrás. No local, devido ao tombamento não podem mais ser erguidos prédios altos, então fica a curiosidade sobre qual “empreendimento” será construído no local.

A casa estava até 2009 na cor branca da fotografia inicial, mas em meados de 2010 recebeu uma nova pintura em tom marrom, como mostra a foto a seguir:

A casa em cor marrom entre 2010 e 2011 (clique para ampliar)

É possível notar que a casa estava em muito bom estado de conservação e até veio a receber uma nova pintura, porém, assim mesmo ela sucumbiu e veio abaixo. À sua esquerda, ainda temos os outros dois casarões erguidos por Splendore, pelo mapa (abaixo) é possível observar os demais imóveis. Esperamos que estes continuem a resistir e a manter tão belo o início da rua Capitão Macedo.

Dados gentilmente cedidos pelo Dr. Pedro Paulo Penna Trindade, membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Confira outras fotos do casarão (clique para ampliar):
Crédito das fotografias: Osvaldo B. Neto

Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
 

Conheça o local através do mapa:

Visualizar São Paulo Antiga em um mapa maior

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • Osvaldo 29/07/2011 at 20:41

    Prazer em colaborar, amigo. Abraços!

    Reply
  • joao josé 01/08/2011 at 11:02

    Ja que é pra contar historias: Um dos filhos do Afonso splendore, de nome Antonio Splendore, foi diretor da Cia. Comercial de vidros CVB, do Sebastião Paes de Almeida(ministro da fazenda do governo JK). A filha do Antonio, Maria Stella Splendore, casou-se aos 16 anpos com o costureiro Denner Pamplona. Hoje, Maria Stella, faz parte do Movimento Hare Krishna.

    Reply
  • Lia 17/12/2011 at 22:39

    De que adianta tombar se não é pra preservar o imóvel? só imedir de construir prédio no lugar não tem sentido. Assim nem conservam a casa original nem dão função ao terreno que via, pelo jeito, servir de estacionamento como muitos na rua Augusta :/

    Tombar sem preservar o imóveL? quem fez essa lei torta assim?

    Reply
  • Paulo Branco 07/12/2012 at 22:23

    Parece que fizeram um maravilhoso………………………………………………..: estacionamento! para academia que é perto.

    Reply
  • Chris. 08/06/2013 at 01:17

    Christofer e George Splendore são pais dos três pequenos e últimos Splendore de Alfonso, sua quinta geração, que são : Enzo, Tomas e Victor Splendore……

    Reply
  • Rogerio 07/10/2015 at 21:33

    Infelizmente o casarão ao lado também está sendo demolido nessa semana. Já vinha abandonado, em degradação desde a demolição do primeiro.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: