A Titan Pneus, indústria responsável pela produção e comercialização de pneus agrícolas e de grande porte das marcas Goodyear e Titan, abriu as portas de sua unidade fabril, no último domingo, para receber o público da Jornada do Patrimônio 2019 – Memória Paulistana.

clique na foto para ampliar

Os mais de cem vistantes que compareceram à empresa tiveram a oportunidade de realizar um tour guiado pelas edificações históricas da fábrica que abrigaram, inclusive, um presídio político (entre 1936 e 37) e que conservam até hoje em sua fachada, a arquitetura original, com vitrais e decoração inspirados nas construções europeias de 1900.

O evento, coordenado pelo Departamento do Patrimônio Histórico em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, visa incentivar a população a conhecer as singularidades históricas da cidade e encorajar projetos de valorização do patrimônio cultural paulistano.

participantes de um dos tours realizados na fábrica

Os participantes também puderam ver um dos primeiros pneus produzidos no país e  conhecer, por meio de totens, vídeos e ilustrações, toda a  história da fábrica  localizada no bairro do Belenzinho, zona leste da capital paulista, que foi construída pelo médico carioca Jorge Luiz Gustavo Street (1863 – 1939) para expandir a herança de seu pai, a Companhia Nacional de Tecidos de Juta, que viria a se chamar Fábrica Maria Zélia. A área se estendia da atual Avenida Celso Garcia (próximo ao Marco da Meia Légua) até as margens do Rio Tietê.

O local abrigava a Fábrica Maria Zélia, inaugurada em 1913, que contribuiu para o desenvolvimento do bairro, sendo responsável pela criação, em 1917, da Vila Maria Zélia, construída para servir de lar para os imigrantes empregados pela unidade fabril; em 1936, depois de ser desativada em 1931, as dependências foram transformadas em um presídio político, que funcionou até 1937, sendo adquiridas pela Goodyear em 1938 para implementação de sua produção no Brasil. Em 2011, a Titan Pneus, que preserva as edificações até hoje, assumiu o controle da fábrica.

Além de explorar os espaços preservados, que contam a história do início da industrialização do estado de São Paulo e do país, os visitantes ainda contaram com uma Kombi, na qual foi possível registrar  o momento e levar de recordação uma foto instantânea.

participantes puderam levar lembrança da visita (clique para ampliar)

A participação na Jornada do Patrimônio 2019 marca ainda o início das comemorações dos 80 anos do primeiro pneu produzido na unidade fabril da Titan. O calendário comemorativo deve apresentar diversas ações culturais e de entretenimento, envolvendo a comunidade do entorno até julho de 2020.

Na foto um dos totens que foram espalhados pela área visitada

Sobre a Titan Pneus

Parte integrante da Titan International, que possui mais de 100 anos de atuação no mercado norte-americano, a Titan Pneus do Brasil é responsável pela produção e comercialização de pneus agrícolas, fora de estrada, caminhão e camioneta das marcas Goodyear Farm Tires e Titan, sendo referência em qualidade e atendimento ao cliente.

A companhia possui 6 mil colaboradores em todo o mundo e, somente em 2018, realizou vendas em 85 países. No Brasil desde 2011, a Titan Pneus é proprietária de uma unidade fabril considerada patrimônio histórico de aproximadamente 120.000 m², localizada no bairro do Belenzinho.

A planta, que comemora 80 anos na capital paulista, conta com cerca de 900 funcionários e é exemplo em responsabilidade ambiental e social. A companhia, que é reconhecida pela resistência e durabilidade de seus produtos, lançou nos últimos oito anos aproximadamente 260 novos produtos.

Veja mais fotos das áreas visitas durante a Jornada do Patrimônio 2019 (clique para ampliar):

About the author

Deixe um comentário!

Comments

  • FERNANDO TEIXEIRA DA SILVA 20/08/2019 at 16:25

    Dos quatro anos que convivi no bairro da Vila Maria Zélia foi na minha juventude quando frequentei o Colégio Manoel da Nóbrega. Tempos felizes que guardo até hoje o cheiro que exalava da borracha dos pneus da Titan.

    Reply
  • farolcom 20/08/2019 at 16:33

    Show de bola. Apesar do tempo, São Paulo ainda pode oferecer eventos como esse. Belas fotos e belo registro.

    Reply
  • Domingos Fujikura 21/08/2019 at 17:44

    Se é o prédio da rua dos Prazeres, joguei basquete lá.

    Reply
  • Emerson de Faria 24/08/2019 at 08:53

    Uma das poucas grandes fábricas que resistem heroicamente na região que outrora fora o epicentro industrial da cidade. Parabéns!

    Reply
%d blogueiros gostam disto: