Quem passa pela avenida São Gabriel, no bairro do Itaim Bibi, nota na esquina com a rua Pedroso Alvarenga, a presença de um grande edifício que por vários anos serviu a região como um importante hospital, o Saúde Unicor – Unidade Itaim.

A Unicor foi uma rede de saúde que foi muito popular nos anos 1990 com presença massiva nos meios de comunicação através de publicidade e inclusive através de patrocínio de camisa na equipe do Santos FC.

Com o tempo a presença na mídia passou da publicidade para o escândalo à medida que a crise dentro da empresa se expandia. A empresa que tinha entre seus sócios o conhecido médico e empresário Renato Duprat, foi definhando até ir à falência.

Falida, a Unicor devolveu prédios, vendeu unidades e desativou a maioria de suas unidades de saúde, mas esta no Itaim segue até hoje sem um destino certo. O prédio é relativamente novo, mas abandonado como está começa a se deteriorar rapidamente.

Há alguns anos, quando fechou suas portas, os responsáveis pelo hospital trataram de cobrir o nome Unicor da fachada do hospital, talvez para se livrarem de alguma restrição da lei cidade limpa. No entanto, já tem algum tempo que, abandonado, a faixa que cobria o nome da empresa soltou-se e todos agora podemos ver novamente quem é que mantém o hospital fechado.

São Paulo, uma metrópole gigantesca, possui uma série de hospitais fechados espalhados por toda a cidade. Precisamos de políticas de desapropriação para imóveis como este, de grande importância para a população, para que o déficit de unidades de saúde seja estancado.

Veja mais fotos do Hospital Unicor Itaim (clique na miniatura para ampliar):

Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
Foto: Douglas Nascimento
   

Saiba mais: Clique aqui e conheça outros hospitais abandonados em São Paulo

Conheça o local através de nosso mapa:

Visualizar São Paulo Antiga em um mapa maior

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Renata 11/03/2011 at 17:36

    Nossa, o prédio está praticamente novo. Que absurdo.

    Reply
  • Karin Peixoto 13/03/2011 at 19:48

    Gente que dó! Realmente o predio esta novo, é uma construção moderna e realmente tem condição de sobra de ser reaproveitado a favor da população. Más pelo visto vai ter o mesmo destino que o hospital Cristo Rei, e não demora muito para virar moradia de bandido, morador de rua, o que seria péssimo para o bairro em questão.
    Realmente torço para que não seja assim.

    Reply
  • Resultado Dupla Sena 17/03/2011 at 17:09

    Triste ver um prédio enorme praticamente novo rendido à morosidade do judiciário brasileiro.

    Reply
  • Daniel 03/04/2011 at 01:12

    Ainda aparenta estar melhor estruturado que vários açougues, digo, hospitais públicos.

    Reply
  • CARLOS ROBERTO PAIXÃO 11/08/2011 at 11:17

    Fui operado do pulmão em 1o. de dezembro de 1994 neste hospital que tinha um atendimento realmente de 1o. mundo, pela equipe do Prof.Dr.Enio Bufolo da UFESP, nesta ocsião meu filho resolveu estudar medicina e em sua residência cirúrgica foi aluno do Dr.Enio Bufolo, coicidências da vida …pena que acabou.

    Reply
  • Claudio Medeiros 27/01/2012 at 17:23

    Moro próximo a este hospital e, inclusive, trabalhei nele.

    O prédio está fechado há mais de 15 anos, foi o primeiro ativo fechado/desfeito pelo Grupo.

    Mantém segurança interna, mas a estrutura não é cuidada desde o fechamento.

    Sim. Até o fechamento, tudo era de primeira linha e o último andar, não ficou 1 ano em operação.

    Reply
    • joacy 08/08/2012 at 17:39

      tambem trabalhei la de 1983 a 1992 e realmente era um dos melhores da america latina em tratamento de coração com dr renato pai e ranato filho drs Expedito, enio bufalo e sua equipe e uma pena mesmo ma seu sei boa parte da causa do fechamento foi uma …..

      Reply
      • marcia 09/08/2012 at 15:26

        Joacy,boa tarde!tbem trabalhei neste hospital,que infelizmente fechou….agora estou correndo atrás da documentação para minha aposentadoria e não estou conseguido contato com a pessoa que ficou com sindico da massa falida para conseguir minha documentação.Vc teria este contato?

        Obrigada por sua atenção!!
        Att,
        Marcia

        Reply
        • Maria Calixta 31/10/2013 at 12:07

          Joacy, também estou me preparando para me aposentar.

          Fui informada que a Unicor não faliu, portanto não tem massa falida, pois a carteira saúde Unicor, foi vendida para o Hospital São Luiz e o São Luiz hoje é Rede Door.

          Eu fui até o São Luiz e lá me deram o endereço da Pranej, um escritório de contabilidade e de lá sai com o telefone de um advogado, que não consegui ligar e um do engenheiro de segurança chamado Brandão, este me disse que não tem quem assina.

          Você ainda precisa ou já conseguiu?

          Temos que conseguir o que é nosso direito.

          grande abraço.

          Maria Calixta

          Reply
          • Mário 16/07/2014 at 12:18

            Olá Maria, trabalhei na unidade de são josé dos campos e estou na procura de informações referente a documentação (PPP), vc conseguiu alguma coisa?? Obrigado Mário.

      • marcia 15/08/2012 at 15:22

        Joacy,boa tarde!tbem trabalhei neste hospital,que infelizmente fechou….agora estou correndo atrás da documentação para minha aposentadoria e não estou conseguido contato com a pessoa que ficou com sindico da massa falida para conseguir minha documentação.Vc teria este contato?

        Obrigada por sua atenção!!
        Att,
        Marcia

        Reply
    • Fátima Borges Camargo 26/01/2018 at 22:32

      Sr. Caludio Medeiros, o sr. saberia informar como faço pra conseguir meu ppp, já que trabalhei por 10 anos nele. Teria como me informar o escritório que o representa hj?

      Reply
  • Valdeci 04/06/2012 at 02:47

    Incrivelmente, algumas coisas no nosso pais não funcionam como deveriam , trabalhei durante longos 13 anos nessa empresa e , assim como tantos outros funcionarios, dediquei-me a ser mais uma peça da grande engrenagem em que estava inserido, mas , apos meu desligamento, (demissão) o que me restou foi apenas recorrer a justiça trabalhista no intuito de receber os meus direitos trabalhistas aos quais tinha e tenho direito. Mas o que se ve é uma justiça lenta e as vezes até meio duvidosa, o que a impede de “tomar” esses imoveis da antiga empresa, essa massa falida que o tempo corroi,e não os transforma em dinheiro para pagar os processos trabalhistas que se arrastam por anos. Enquanto isso o sr Renato Duprat Filho continua suas atividades relacionadas ao tratamento de cavalos de reça, participando e, em muitas vezes atraves de seu filho , de exposições e concursos.

    Reply
    • joacy 08/08/2012 at 17:44

      valdeci tento contatos com colegas da epoca e nao consigo a unicor foi uma vida q começou aprendi muito la vc deve ser da epoca entao 83 a 92

      Reply
  • Marcos 25/08/2012 at 23:02

    Trabalhei na Unicor de 1986 a 1992 comecei como mensageiro interno (office-boy)no faturamento e com a sandra e depois no almoxarifado, sinto saudades ate hoje, foi meu primeiro emprego.
    me chamavam de marquinhos

    Reply
    • Maria Calixta 31/10/2013 at 11:59

      Olá Marquinhos, sou Maria Calixta e me lembro bem do você.

      Grande abraço!

      Reply
      • carmelita 27/01/2014 at 18:43

        você conheceu a teresinha do quinto andar ?
        tem o contato dela?

        Reply
  • Marli Diniz 06/05/2013 at 16:50

    meu nome é marli trabalhei lá de 1995 ate 1998, e posso dizer que foi o lugar que mais gostei de trabalhar ali as pessoas, funcionarios toda a equipe era uma só, é uma lástima ver o predio abandonado, deveriam como falaram acima aproveitar o predio.

    Reply
    • Valmir 16/11/2014 at 19:24

      Olá Marli, trabalhamos juntos, eu no laboratório na coleta, mais tarde no no HIAE, lá trabalhei como supervisor de Laboratório. Que saudades abraços Valmir

      Reply
  • Rodrigo silveira 22/06/2013 at 05:48

    Unicor was built by my aunt, Tia Maire, an amazing woman. Her husband, tio Renato, was the cardiologist, she was the heartbeat. I watched it being built, I overheard conversations between her and my mom, while playing cards, about the challenges they faced as the hospital was being built, I spent many hours talkiking to her and Tio Renato about their travails running the business. I was admitted many times there to treat for asthma treatments. Then I immigrated to the USA only to learn, bit by bit, about its slow and steady decline. It was very hard for me to see my aunt and uncle lifetime of work to wither away.

    Reply
  • Rosemeire Gomes 04/07/2013 at 22:05

    Tenho saudade fiz tratamento muitos anos com DR Renato, Expedito e muitos outros , pessoas maravilhosas.
    Fui tratata com carinho por todos os funcionarios … Tenho saudade…Apesar de ter sofrido muito com uma endocardite

    Reply
  • Daniel 22/09/2013 at 06:32

    Não entendo como o Judiciário não é tão célere quanto a esses hospitais desativados como foi com as sucatas da VASP. Claro, que em se tratando de justiça no Brasil, celeridade é algo muito relativo.

    Reply
  • Danilo Oltramari 28/09/2013 at 02:48

    A Amil comprou o Hospital

    http://www.diariosp.com.br/noticia/detalhe/38660/Amil+inicia+limpeza+de+antigo+hospital+

    Reply
  • Suzana Alves 10/03/2014 at 08:13

    Bom dia a todos,também trabalhei na empresa do Srº Renato Duprat,em santos e até hoje com causa ganha o meu advogado disse após 10 anos ,que o meu processo é um abacaxi,classificação dada por ele,Agora se o homem tá morreu e o filho ta aí ,ele tem que acertar essas dívidas,mas dizem que não conseguem encontra-lo,como assim se um pobrezinho tiver que matar a fome dos seus filhos e roubar um pão,logo localizam até os seus antepassados ,e o boyzinho tá por aí ,,me doa esse hospital falido que eu quero pagar minhas contas …
    Garanto que eles sabem sim aonde esta,mas ele ainda tem poder de barganha dá pra ficar na incógnita….Eta justiça lenta pra os poderosos e rápida pra os menso favorecidos ,estou inconformada dom tantos descaso da justiça nesse PAÍS E AINDA VAI TER COPA DO MUNDO,com que dinheiro hem….

    Reply
  • Valderice Gonçalves da Cruz 03/04/2014 at 13:45

    Eu estoun até esperando a parte que me pertence, é um absurdo essa impunidade!!!!!!!!!!

    Reply
  • valdeci Amaro 03/04/2014 at 14:47

    Talvez, se o caso fosse levado a publico como no programa do datena, obtivessemos um pouco mais de atenção da justiça, ou pelo menos gerariamos um pouco mais de incomodo no sr Dr Renato Duprta Filho que continua com suas atividades de médico e criador de cavalos mangalarga marchador.

    Reply
    • Alessandro 11/11/2018 at 16:03

      Me chamo Alessandro , meu primeiro emprego office boy logo depois trabalhei na tesouraria com a Juraci e depois para o almoxarifado que Saudades .

      Reply
%d blogueiros gostam disto: