Embora há anos eu não siga qualquer religião, sou oriundo de uma família muito católica e a minha formação educacional, desde a infância até o então chamado de ginasial, foi feita dentro de um tradicional colégio de freiras, o São José de Vila Matilde.

A formação católica, felizmente, não me cegou a ponto de não enxergar as grandes bobagens feitas pela igreja em sua trajetória histórica. E não estou me referindo aqui das carnificinas da inquisição, dos exércitos papais ou dos já bem conhecidos abusos sexuais cometidos por padres. Refiro-me dos crimes – acredito que posso chamar assim – da Igreja Católica cometida contra o patrimônio cultural e histórico paulistanos nos séculos XX e XXI.

O mais recente absurdo foi a estúpida e mesquinha demolição patrocinada pela paróquia de Santa Cecília – onde aliás meus pais se casaram em 1966 – de duas casas que tinham mais de um século de existência.

Crédito: Google Street View

A dupla da foto acima não existem mais, foram obliteradas para dar lugar aparentemente a um novo salão paroquial. Resumindo, demole-se a história para construir um lugar para ganhar mais dinheiro. O imóvel da direita foi construído em 1890, sendo que o outro um pouco mais adiante. A fotografia a seguir já mostra o local com a demolição praticamente concluída.

clique na foto para ampliar

Os imóveis inexplicavelmente até hoje não haviam sido tombados pelos órgãos de patrimônio histórico, falha vergonhosa que facilitou a ação. Aliás, tenho dúvidas se é uma falha de mera desatenção ou proposital. Vários imóveis de relevância histórica que estão na mão da igreja jamais foram tombados e os que foram são visivelmente deixados à míngua para cair tal qual a lamentável situação que se encontra hoje o Palacete do Carmo e seu vizinho, ambos no bairro da Sé.

Inúmeras capelas na Cidade de São Paulo que foram construídas no Século XIX ou no início do Século XX foram derrubadas sem qualquer objeção pela Igreja Católica, muitas delas inclusive sequer restam registros fotográficos.

Em meados da década de 1980 a entidade religiosa chegou a começar a demolir a igreja velha da Penha, construída em 1668, e só parou quando populares correram para defender o templo. Nos anos 2000 a mesma paróquia penhense quis colocar abaixo o antigo Seminário da Penha, para vender a área para construtoras.

Ao demolirem ou negligenciarem suas construções históricas em São Paulo, a Igreja Católica não está apenas desprezando sua história em troca de alguns trocados, agindo como vendilhões do templo que Jesus Cristo tanto criticava. Estão agindo como inimigos de nossa história.

As casas agora só em fotografias (clique para ampliar)

Sobre o autor

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, é presidente do Instituto São Paulo Antiga e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comentarios

  • Fernando Teixeira da Silva 10/06/2020 at 11:25

    Estão despindo São Paulo em troca da ganância.

    Reply
  • Marcos Bovolin 10/06/2020 at 11:28

    Olá Douglas, parabéns pela publicação. Apenas uma correção: no quarto parágrafo do texto está descrito: “O imóvel da direita foi construído em 1980…”. O correto não seria 1890 ? Abraço

    Reply
    • Douglas Nascimento 10/06/2020 at 11:45

      digitação rápida, escapou! mas já foi corrido… obrigado!

      Reply
  • axellslade 10/06/2020 at 11:42

    Douglas, no terceiro parágrafo logo abaixo da primeira foto o ano está incorreto: 1980. (1890)

    Reply
  • Antonio Costa 10/06/2020 at 11:56

    Derrubaram um lindo casarao para um grotesco salao paroquial? Geeeez. Estao tao desesperados assim???? Poderiam ao menos preservar a fachada.

    O Palacete do Carmo eu gostei. Alias, vizinho dele ha um predio que, em acao de tombamento, daria lindos Lofts.

    O pessoal aqui e mesmo pobre de imaginacao.

    Veja esta igreja, em Somerville MA USA vendida para fazer frente as despesas dos escandalos de abusos de menores em 2001 ( assistam o filme Spotlight com Michael Keaton, preferivelmente sem dublagem ). A Arquidiocese de Boston vendeu varios ativos para pagar indenizacoes e despesas legais. Era uma igreja, e voce nao saberia que foi convertida em apartamentos se voce nao adentrasse a ela. https://photos.app.goo.gl/Ezo2MVviiP6kkj1J9

    O predio, ou a unidade, nao lembro ao certo, foi comprador por um investidor Judeu, o qual detem varias propriedades em Boston e Cambridge. Fotos feitas por mim em 2010.

    Eis uma compilacao que fiz ( nao sao fotos minhas )

    https://photos.app.goo.gl/d7xZxxLAnsWWizKf8 Antigo posto de Bombeiro

    https://photos.app.goo.gl/xqKR4YejMvFPFXidA Lofts residenciais em predio de fabrica em Chicago

    Brasileiro e preconceituoso, raramente as pessoas querem morar em apto de sobreloja. Pois eis um lindo aqui….https://photos.app.goo.gl/vJUp9ftNqyiuRWvB9

    O Casarao Paroquial derrubado? hmmmm. Daria uma bela mansao urbana, ou Townhouse. Como este aqui…
    https://photos.app.goo.gl/xE4Q9WWPSPAgXvQ26 A Igreja poderia vender algo assim por $$$$. Este nao sai por menos de USD 25 milhoes ( R$ 125.000.000 ).

    Antiga Delegacia de Policia virou um predio de condominio de luxo ….
    https://photos.app.goo.gl/QBRDSibQnYFd6UXw8
    Em Boston a Delegacia principal foi comprada por um Grupo Irlandes e transformada em hotel. ESte hotel eventualmente foi vendido a outro grupo. https://www.loewshotels.com/boston-hotel

    E havia uma prisao local ( County Jail ), que foi vendida para ser transformada em Hotel
    https://www.marriott.com/hotels/travel/boslc-the-liberty-a-luxury-collection-hotel-boston/?scid=bb1a189a-fec3-4d19-a255-54ba596febe2&y_source=1_MTUwMjg4NC03MTUtbG9jYXRpb24uZ29vZ2xlX3dlYnNpdGVfb3ZlcnJpZGU=

    Alias super solicitado para festas

    Outro projeto, este com uma agencia bancaria….. https://photos.app.goo.gl/sVF3jXFfzEvJuUQBA

    Em termos de aproveitamento de imoveis antigos, e o potencial para cidade como destino turistico e para negocio, o pessoal daqui e tacanho e atrasado demais. Nao e a toa que a cidade esta tao feia.

    Va gostar de fachada envidracada neo rico assim nos quintos dos infernos!

    Reply
    • O Mochileiro 10/06/2020 at 15:35

      Perfeito comentário. Penso o mesmo. Ocupar para não derrubar.

      Reply
  • Alexandre Fontana 10/06/2020 at 12:33

    Pois é, nem a igreja respeita a memória da cidade. Lamentável.

    Reply
  • Antonio Morales 10/06/2020 at 12:40

    Igreja Católica não, é o estrago feito pela teologia da libertação.

    Reply
  • FRANCISCO JOSE PENTEADO DOS SANTOS 10/06/2020 at 13:14

    Revoltante

    Reply
  • Mário Sérgio Rodrigues Balbino Oliveira Paschoal 10/06/2020 at 14:21

    Pois é! Viva a corrupção! A convivência do poder público através do não tombamento entre outras, é vergonhosa!

    Reply
  • Britto 10/06/2020 at 15:31

    Que cachorrada com essa cidade tão maltratada!

    Reply
  • Séfora Dantas Rocha 10/06/2020 at 16:34

    Lamentável

    Reply
  • andre santana 10/06/2020 at 16:49

    Infelizmente, mais uma covardia foi feita!!!Padres são homens e também gananciosos…Como você disse o que importa é o lucro,a Igreja outrora mecenas das artes e arquitetura,hoje presa pelo modernismo econômico…Muito triste de se constatar como católico que sou!!!

    Reply
  • Tiago 10/06/2020 at 17:54

    Com certeza irão construir um prédio horroroso, iguais aos seus pares que aparecem nas fotos!!!

    Reply
  • Édison Lamotte 11/06/2020 at 11:52

    Nesse prédio era o espaço paroquial destinado às atividades da igreja. Fui congregado Mariano e frequentei durante muito tempo depois da missa aos domingos. Tinha um galpão com quadras de esportes, e salas com futebol de botão, Ping pong, bilhar, sinuca, além de palestras e ensinamentos religiosos e sociais. Nesse lugar passei parte da infância e adolescência e consolidei minha formação familiar… gratidão!

    Reply
  • Paulo de Tarso Carletti 12/06/2020 at 18:01

    Frequentei durante 20 anos a congregação Mariana,joguei muita bola no salão, muito ping pong na sede dos menores, snnoker na parte de cima, já como maior de idade, rezei muito na capelinha , fez história.

    Reply
  • Roberto Garcia 18/06/2020 at 21:17

    Absolutamente lamentável. O deu$ de muitos pseudoreligiosos é mesmo o dinheiro.
    Revoltante. Certamente, ficará sem qualquer punição mais este ato abominável contra o patrimônio histórico e cultural da cidade. Será que um dia teremos leis para punir esses absurdos? Sonho meu…

    Reply
%d blogueiros gostam disto: