Não é sempre que abordamos aqui imóveis antigos nas regiões mais longínquas da capital paulista, especialmente da zona sul. A distância a estas áreas muitas vezes acaba sendo proibitiva para nossas jornadas. Entretanto, estamos aos poucos tentando rever este deficiência fazendo visitas mais frequentes a regiões como Parelheiros, Engenheiro Marsilac e afins. Para começar, trazemos esta bela casa do bairro Jardim Emburá.

Clique na foto pra ampliar / Crédito: Ralph Giesbrecht

Clique na foto pra ampliar / Crédito: Ralph Giesbrecht

Localizada na Estrada Engenheiro Marsilac, trata-se uma residência que nos remete aos imóveis do interior do Estado de São Paulo. E, andar no Jardim Emburá, região de Parelheiros, dá a sensação de estarmos muito distante da capital paulista, quando ainda estamos dentro dela.

Não há grandes edifícios, não há trânsito frenético, nota-se alguns veículos com tração animal pelas ruas e o céu é limpo. Além disso há um agradável clima de serra, pelo fato da região estar próxima da Serra do Mar. Há também uma gritante ausência de serviços públicos eficientes, em um lugar bastante carente e, em alguns trechos, até perigoso.

A casa é um belo exemplar antigo da região. Bairro pobre, é raro encontrar casas neste estilo, pois a grande maiorias são casas humildes e muitas vezes sequer com revestimento na área externa, deixando blocos e tijolos aparentes. Esta é uma casa rara por ali e me lembrou uma outra casa que visitamos alguns anos atrás do outro lado da cidade, na região da antiga Parada XV de Novembro.

Casas antigas como esta são bastante amplas e agradáveis e cada vez mais difíceis de serem encontradas. Abaixo mais duas imagens da residência:

Crédito: Ralph Giesbrecht / São Paulo Antiga

Crédito: Ralph Giesbrecht / São Paulo Antiga

Você já visitou a região ? Caso não, recomendo conhecer a região para compreender o quanto a Cidade de São Paulo é grande. Da Praça da Sé até esta casa são aproximadamente 50km, é tão distante que você até chega antes em muitas cidades vizinhas da capital do que neste bairro paulistano. Mas vale a visita! Aproveite e estique o passeio até o bairro da Colônia.

Sobre o autor

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, é presidente do Instituto São Paulo Antiga e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comentarios

  • Marie 17/03/2014 at 12:23

    morei a minha vida toda na zona sul, num bairro chamado Vila São José, bem antes de Parelheiros, mas conheço bem a região toda… meus avós moravam no Emburá antes de eu nascer e minha avó e mãe contam muitas histórias sobre os sítios e fazendas da região.

    é longe pra caramba, até mesmo pra quem mora lá, rs, mas adoro quando vocês postam matérias referentes ao extremo sul de São Paulo e gosto de saber que existe gente disposta à ir tão longe pra conhecer um pouquinho desse pedaço da cidade tão diferente da selva de pedra caótica que conhecemos!

    há também na internet vários relatos de gente que não conhece a região, mas se aventura na travessia pelo meio do mato desde o bairro do Marsilac até Itanhaém… vale a pena procurar e ler. 🙂

    enfim, keep up the good work! abraços!

    Reply
  • Elis 17/03/2014 at 12:53

    Amo construções antigas, não só construções mas também alguns objetos, não sei explicar o porque, mas acredito que tudo tem uma história que merece ser preservada. Olhar um móvel ou até mesmo uma casa inteira e imaginar as pessoas que viveram por ali e o que passaram…acho demais isso!!!!

    Gostaria de saber se posso enviar (para arquivo mesmo) fotos de casa aqui de Porto Alegre e região, existem casas maravilhosas que infelizmente eu ainda não sei por quanto tempo elas ainda existirão…belo trabalho o de vocês!!!

    Reply
  • artelrwTelma 17/03/2014 at 13:31

    detalhe interessante!!! os vidros da janela estão do lado de fora, isso é bem antigo, os vidros (que demonstravam riqueza, pois eram muito caros) ficavam expostos.

    Reply
  • Luiz Henrique de Souza Alineri 17/03/2014 at 13:40

    Belíssima construção.Passa a impressão de ser a residência de algum morador notório ou alguma autoridade,do tipo “a casa do chefe da estação” ou qualquer coisa do gênero.Ampla,bem acabada(como a época exigia) e …bela!!!

    Reply
  • Thiago 17/03/2014 at 13:52

    Durante muito tempo, o embura abrigou uma das melhores escolas estaduais da região sul, Professor Hilton Reis.

    Reply
  • Yara Braga 17/03/2014 at 16:53

    A saudade bateu forte, morei numa casa assim no Rio, ainda bem menina, mas lembro bem.

    Reply
  • Edda Frost 17/03/2014 at 19:57

    Hoje escrevo só para agradecer…Fico contente ao receber seus “achados”,

    Obrigada,

    Edda

    Reply
  • aparecido santos helfstein machado 18/03/2014 at 11:05

    Esta Casa foi construida pelo meu que era Construtor,( Apelido Zé Quati) na decada de trinta do seculo passado, pertencia a um senhor conhecido como Zé Gomes. Meu Pai era um perfeccionista nas construções, Ele adorava fazer estes detalhes em reboco em cima das porta janelas e terraços. Este Bairro, foi fundado por alemães, chamava-se Nova Hamburgo, depois virou Ambura ( nome mais simples de dizer pelos Caipiras da região ) e por fim Embura, que dizem ser um nome indigena , mas não se sabe o significado..

    Reply
  • aparecido santos helfstein machado 18/03/2014 at 11:08

    Outra observação: Estes terraços, normalmente não tinham concreto armado, eram feitos de tijolos de barros cunhados…

    Reply
  • Dan 19/03/2014 at 19:15

    Essa casa aparentemente era de alguém que já tinha mais dinheiro ou importância na região, pois por esses lados do extremo sul da cidade de São Paulo (que parece uma viagem no tempo) a maior parte era casa de madeira e posteriormente de tijolo sem acabamento. Deve ter sido construída na década de 20 ou até no fim dos anos 30.

    Um pedaço da cidade de São Paulo que deveria ser modernizado, mas preservando as construções antigas e a Natureza.

    Reply
  • Lumy 19/04/2014 at 13:17

    Nossa!!!

    Nasci e vivi nessa casa até meus 18 anos!!!
    Saudades da minha infância
    Casa dos meus avós!!!

    Reply
  • Dênis Douglas 27/07/2014 at 22:46

    Lembro bem de ver casas assim quando eu e meu irmão Bruno fomos até Marsilac, em 2012 para 2013…

    Reply
  • maria 04/09/2014 at 21:29

    Morei nesta casa uns 7anos toda em piso de madeira , a cosinha em ladrillho hidraulico, nos fundos uma casa de banho com uma jaguzi, detalhe quando chovia abria as comprtas e casa imundava .

    Reply
  • Leandro Hessel 19/01/2016 at 16:32

    A casa pertencia a Arlindo Pedro da Silva e Vitalina Boemer, moradores antigos do local

    Reply
  • Janadir Guilger de Sales 28/10/2018 at 14:06

    Conheço essa casa ,já tomei café .os proprietários era japoneses e tinha um bar que tinha um maravilhoso hot dog .Nasci lá . saudades….Qual e o valor me interesso

    Reply
  • Cícero Roberto De Lima 06/05/2019 at 23:02

    moro desde 1975 muito bom lugar amo lugar de áreas mananciais show de bola

    Reply
  • Jeronimo cezar deziderio 22/04/2020 at 20:24

    Esta casa ainda esta lá do mesmo jeito. Passo por lá para acessar minha casa na estrada turisitica perto da cachoeira do sagui.Adoro estes bairros. merecem mais puclicações.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: