O bairro de Santana é uma região paulistana repleta de morros o que leva a várias ruas do bairro serem verdadeiras ladeiras, ótimas para a testar o físico do pedestre.

Nas proximidades do Colégio Militar de São Paulo, localizado na Rua Alfredo Pujol, uma destas ruas íngremes possui uma destas casas antigas que tanto faz bem ao nossos olhos.

clique na foto para ampliar

Localizada no número 28 da Rua Conselheiro Pedro Luís, esta casa do início do Século XX é uma persistente sobrevivente da região.

Apesar de estar necessitada de uma pintura, sua fachada e exterior estão bastante preservados, com todos as características originais no lugar.

Atualmente são duas residências, mas creio que no início quando foi construída talvez fosse apenas um sendo a porção térrea um amplo porão habitável. A impressão é que em algum momento – e há muito tempo – este porão foi convertido em uma segunda casa.

Nesta foto o detalhe da fachada do imóvel

Outros detalhes que chamam a atenção são o pé direito alto da casa de cima, fácil de ser observado mesmo por fora através das dimensões da janela e o posicionamento do telhado, e o gradil do portão que ainda é original.

Infelizmente o imóvel ainda não é tombado e infelizmente está sob risco constante, já que este trecho de Santana próximo à Santa Terezinha vem sendo alvo de especulação imobiliária.

Na foto as janelas da residência, que ainda são as originais (clique para ampliar)
Teria sido a residência de baixo originalmente um porão ? (clique para ampliar)

Sobre o autor

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, é presidente do Instituto São Paulo Antiga e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comentarios

  • FRANCISCO JOSE PENTEADO DOS SANTOS 16/06/2020 at 16:07

    Linda, pena que pequenos imóveis como esse fiquem a mercê da vontade de seus donos

    Reply
    • Rosinha Lubranov 27/06/2020 at 11:23

      Entendo o que você quer dizer, mas pense no que escreveu.
      “Pena que pequenos imóveis como esse fiquem à mercê da vontade se seus donos” E de quem mais poderia ficar?
      O Brasil é país onde é basilar o direito a propriedade. Ainda be,;

      Reply
  • Luiz Henrique 16/06/2020 at 20:33

    A região de Santana, talvez pela proximidade com a Serra da Cantareira, abriga muitas construções em estilo de chalés, aqueles típicos da paisagem da Suíça.Tais casas aparecem mais em evidência conforme a gente vai subindo pela avenida Nova Cantareira, avenida Água Fria, etc.
    Seira interessante também abordar aqui no São Paulo Antiga esses chalés. Tem um em especial bem antigo, na Nova Cantareira, que está com placas de venda. E isso é um perigo…

    Reply
  • FRANCISCO ANTONIO ROXO SANTOS 17/06/2020 at 04:43

    Eu fico deslumbrado com esse tipo de arquitetura.
    Casas do Século Passado.
    Construções Belíssimas ficarem no estado como essa.
    A Prefeitura deveria cobrar 3 VEZES mais o VALOR DO IMPOSTO PREDIAL pela falta da conservação.

    Reply
  • Josue Rocha 17/06/2020 at 19:18

    Tem indícios de quem originalmente morou nessa casa?

    Reply
  • Paulo Clístenes Vieira da Silva 08/07/2020 at 17:52

    É lamentável que essa casa ainda não esteja tombada pelo Patrimônio, pois com uma boa revitalização, retornará sua beleza!

    Reply
%d blogueiros gostam disto: