Um dos bairros que mais acompanhados – a exaustão – aqui no site é o Brás. Mesmo assim, é incrível como a cada visita percebemos mais imóveis interessantes que não tínhamos visto em visitas anteriores.

É o caso destas duas casas que infelizmente já foram descaracterizadas mas que foi possível resgatar ótimas imagens delas através do Google Street View:

Localizadas nos números 191 e 193 da Rua Rodrigues dos Santos, bem no miolo do bairro do Brás, essas duas residências foram desfiguradas para serem adaptadas a comportar estabelecimentos comerciais.

Isso é fruto de uma região que há décadas perde seu viés residencial para se tornar basicamente comercial. Existem cada vez menos residências por ali, e quando as encontram são geralmente ocupadas por imigrantes bolivianos e latinos em geral, que optam por viver onde trabalham (nas inúmeras oficinas de costura).

Fiquei curioso para observar como eram estas casas antes de serem modificadas, pois o galpão vizinho eu já tinha imagens. O jeito foi recuperar fotografias publicadas no Google Street View mesmo, nos anos de 2010, 2011 e 2014.

Imagem do ano de 2010

A foto acima mostra que os imóveis estavam em muito bom estado há uma década. Claro que uma pintura se fazia necessária, mas todos os pontos originais de ambas as casas estavama li, como os vidros coloridos, as janelas de madeira originais, os portões e até mesmo os pequenos gradis de respiro dos porões.

clique na foto para ampliar

Em 2011 as casas receberam uma pintura e ficaram um pouco mais simpáticas, sinal de que seus proprietários ainda tinham planos de mantê-las como residências, mesmo que eles não residissem ali e apenas as alugassem.

clique na foto para ampliar

A resolução da imagem acima, do Google, não é a melhor possível mas dá pra observar que as casas – especialmente a da esquerda – ainda estavam realmente em ótimas condições.

A fotografia abaixo, do ano seguinte, mostra que ainda era utilizada como residência:

clique na foto para ampliar

De acordo com o que foi possível apurar as casas foram desocupadas em 2016 e no ano seguinte sofreram as modificações para comportar os estabelecimentos comerciais. Da última vez que estivemos no local observamos que uma é uma loja de roupas e a outra vende lanches e comidas.

Nesta mesma rua ainda existe uma ou outra residência, mas a predominância é quase absoluta de estabelecimentos comerciais.

Até mesmo o imponente galpão que era vizinho das casas (veja na foto acima) e que deveria ser tombado foi – inacreditavelmente – demolido em 2013 transformado em loja, chamada “All Brás Shopping“. Se o nome é bem cafona, imagem o imóvel… lamentável a falta de visão de parte do empresariado nacional.

Sobre o autor

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, é presidente do Instituto São Paulo Antiga e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comentarios

  • FRANCISCO JOSE PENTEADO DOS SANTOS 22/04/2020 at 13:51

    Triste

    Reply
  • Tony Costa 22/04/2020 at 14:14

    Boa pedida…..

    Noto, pelo Google Street View, que o Galpao de tijolo exposto foi botado abaixo. O que e um pena, haja visto que estes galpoes tem uma sobrevida interessante, se devidamente aproveitados e reposicionados. Ha varios exemplos de como, um galpao com tijolo exposto pode acrescentar valor a regiao, desde que re aproveitado..

    Google….
    Te

    Fica caracterizada a sentenca de morte destas casas.

    A parte entre as estacoes D. Pedro II e Bras, e arredores imediatos estao condenados para os Pombais residenciais grotescos que vem sido lancados. Isto se torna possivel, porque nao ha estruturas historicas, alem do Catavento e do Museu da Industria, que limitem a construcao e destruicao de novos empreendimentos. O raio de 200 metros que limita edificacoes acima de 25 metros, dentro do entorno com imoveis tombados, portanto nao pode ser aplicado

    Como sempre, os caipiras da Parvonia, nunca se cansam de impingir seu mau gosto de novo rico.

    Exemplos de conversoes bem sucedidas…

    Google the lowell mills
    Google the mill maynard ma , antiga sede da Digital Computer, em edificacoes de mais de 100 anos

    A sede mundial da Under Armour…. https://photos.app.goo.gl/SENq4ZUozyxDK6oGA

    Um edificio residencial, antiga fabrica de pianos …https://photos.app.goo.gl/XmmxkttSUGb3bscs7 ( fotos tiradas no inverno de 2010, bonitinha a japonesa saindo do elevador, nao ? A crioulona encostada na janela era a administradora do edificio )

    Belissima conversao em Albany, NY https://photos.app.goo.gl/ZimPpNkQ8xEkcsx38

    Estes sao os verdadeiros aptos Loft. Chicago e riquissimo em Edificios Loft. Todos oriundos de Galpao de Fabrica.
    https://photos.app.goo.gl/xqKR4YejMvFPFXidA

    Mesmo em Gotham City, vejam que bonita conversao…. https://photos.app.goo.gl/T6dvzkdZ4B2daHgG8

    Reply
  • Afonso 22/04/2020 at 16:34

    É cima situação do ponto de vista comercial ou legal muito complicada para se administrar, ou seja, costumamos culpar o “poder público”, mas acabamos sendo injustos. Isto porque o direito de propriedade fala mais alto. Quem o detém e transfere, não tem mais responsabilidade. Quem compra acaba adequando o imóvel as suas necessidades. O que se poderia fazer é criar algumas condições relacionadas a venda de imóveis com um certo número de anos de construção, mas mesmo isso é discutível. Enfim, fica-se apenas na expectativa de que um novo proprietário não tenha uma tendência à destruição. Lamentável !!!

    Reply
  • Alberto Wynne Nonato 22/04/2020 at 17:05

    Boa tarde, aqui no RJ, existem dois exemplos de imovel antigo e que foram preservados, a Fabrica de Tecidos Bangu que hoje é Shopping e a de Tecidos Nova América idem. Em tempo, a Fabrica Confiança, hoje é Supermercado.

    Reply
  • milton jubé assunção 23/04/2020 at 18:22

    Lamentável como destroem os nossos passados…

    Reply
    • milton jubé assunção 23/04/2020 at 18:23

      Lamentável como destroem nosso passado

      Reply
  • Luiz Henrique 28/04/2020 at 19:34

    Essa rua é uma das mais confusas e “largadas” de toda a região!
    Coitado do Brás! Coitada de São Paulo! Coitados dos paulistanos!

    Reply
  • Rodrigo Fernandes 30/04/2020 at 22:31

    infelizmente essas casas antigas são invadidas por pessoas que não tem a menor noção e nem dão importancia pra historia da cidade de São Paulo (pois normalmente são pessoas que vem de outros estados e estão aqui só com o proposito de trabalhar e mais nada), ou pessoas sem estrutura intectual pra compreender isso, então infelizmente nossa historia é depredada e não respeitada

    Reply
%d blogueiros gostam disto: