Neste Antes & Depois apresentamos um local do centro antigo de São Paulo que mudou bastante, mas não completamente: O Largo da Sé e a Rua da Fundição, na primeira década do século 20 e no ano de 2013.

A primeira imagem (sem data) mostra a região entre aproximadamente 1906 e 1911.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

É possível notar a transformação desta região em pouco mais de um século. A mudança mais notável, a primeira vista, é a demolição da Igreja de São Pedro dos Clérigos, que foi abaixo tal qual a antiga Igreja da Sé em 1911.

O largo também é bem tranquilo se comparado com a agitação dos dia atuais, com poucas pessoas caminhando pela rua.

Também notamos que há apenas um carro na rua, um Hupmobile Model 20, estacionado e algumas poucas carroças ao fundo, além do bonde elétrico, na época ainda uma novidade, no centro da imagem.

No final da Rua da Fundição é possível notar a então Rua do Carmo e o Solar da Marquesa de Santos, já nesta época já funcionando como a sede da The São Paulo Gaz Company.

Agora observem a fotografia tirada em 2013:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Primeiro vamos falar da mudança do nome de ruas. A Rua da Fundição foi renomeada para Rua Floriano Peixoto, em homenagem ao ex-presidente da República.

Ao fundo, a Rua do Carmo foi dividida e trecho após o início da Avenida Rangel Pestana chama atualmente Rua Roberto Simonsen. Por fim o Largo da Sé passou a ser conhecido como Praça da Sé.

Onde se encontrava a Igreja de São Pedro dos Clérigos e o imóvel vizinho (lado direito) podemos notar o Edifício Rolim e o prédio da Caixa Econômica Federal.

Já o bonde desapareceu, sendo substituído pelo transporte coletivo de ônibus, tendo seus trilhos removidos. Na fotografia atual é possível notar a rede aérea dos ônibus elétricos.

Apesar das demolições e das grandes mudanças, alguns imóveis permanecem preservados. O mais emblemático é o Solar da Marquesa de Santos, ao fundo.

Podemos também observar os fundos dos prédios públicos do antigo Largo do Palácio (que voltou a ser Pátio do Colégio posteriormente) no canto esquerdo da Rua Floriano Peixoto.

Por fim, também sobreviveram o prédio de esquina do lado direito da mesma Floriano Peixoto com a Rua Roberto Simonsen (imóvel amarelo na foto atual) e o prédio da esquina com a Rua Boa Vista (junto à banca de jornal) que atualmente encontra-se em processo de restauração.

Veja outros Antes & Depois:

Sobre o autor

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, é presidente do Instituto São Paulo Antiga e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comentarios

  • Anna Carolina 04/09/2013 at 20:16

    O prédio da esquerda é o da antiga fábrica da Baruel, empresa de produto de higiene existente até hj. O prédio foi bastante mudado, tinha muitos detalhes nas janelas e uma cúpula.

    Reply
  • camelovieira 06/09/2013 at 12:51

    Eu acho simplesmente fantástico essa relação do passado e o presente na mesma foto. entendo como se fosse dois mundos que se conecta por uma imagem.

    Reply
  • Karina Rolim 29/07/2014 at 17:44

    passei por ai semana passada,passeio mesmo. museu do solar, patio do colégio, só me esqueci de olhar o prédio Rolim! rsrsr
    comprovei que o centro de São Paulo não deixa em nada a desejar as cidades europeias em questao de arquitetura(os que restam),mesmo as lojas. único problema é a segurança por um momento na Rua direita tive de entrar numa loja pois estava um homem nos encarando e seguindo.uma pena ter de sair de la antes de escurecer. 🙁

    Reply
  • Pardo 24/02/2015 at 19:51

    Mesmo sabendo que, nesse caso, alguns imóveis foram preservados, eu ainda penso que se São Paulo tivesse um crescimento planejado a exemplo da capital do país Brasília e não fosse ocupada a Deus dará muitas das vezes por culpa dos próprios políticos para esses ganharem votos, aqui seria um lugar maravilhoso.

    Reply
  • Flavio R. David 23/09/2015 at 12:25

    Não encontrei nada mais sobre o incrível Edifício Rolim aqui no site. Que tal?

    Reply
    • Douglas Nascimento 23/09/2015 at 16:14

      Em breve você vai encontrar! 😀 Aguarde só mais um pouquinho…

      Reply
  • Tony Costa 26/12/2019 at 16:08

    O edificio Rolim ( Praca da Se, 97 ), na segunda foto, foi vendido a uns 5-6 meses atras. O imovel esta tombado pelo Condephaat e Conpresp. O adquirente vai promover uma reforma completa com restauro de fachada e telhado, dentro dos padroes determinados pelo Patrimonio Historico. Quem por la passar notara que o veu azul envoltorio ja foi colocado, os inquilinos dos escritorios ja foram retirados. Ali permanece a lanchonete.

    O projeto ja aprovado de uso interior dara lugar a apartamentos modernos ( kitnets ). O controle do elevador ja foi substituido ( era manual, agora eletronico ), sendo que a porta sanfonada foi preservada. As reformas necessarias no momento sao para reforco estrutural ( os antigos donos deixaram infiltracoes, e deterioracao do substrato de concreto ), seguindo se de modernizacao interna da parte eletrica, hidraulica, adequacoes para atender os padroes do Corpo de Bombeiros, e eventual restauracao de fachada e telhado.

    Esta sera uma reforma gradual e lenta, sem estimativa de data de entrega. O que posso dizer e que o atual adquirente e apaixonado por edificios antigos, e comerciante no Centro, e ter um edificio antigo no Centro era o seu sonho.

    Ja os edificios da Rua Roberto Simonsen e Floriano Peixoto, todos pertencem a Caixa Economica Federal, e serao gradualmente recuperados.

    Tony Costa CRECI 150933-F

    Reply
    • Douglas Nascimento 28/12/2019 at 09:53

      Tony, que excelente notícia. Vou te mandar um e-mail.

      Reply
%d blogueiros gostam disto: