2009-2014e2016

 

CONHEÇA A NOSSA HISTÓRIA:

Desenvolvido a partir de ideias apresentadas através dos projetos internacionais, o português Lisboa Abandonada, o norte-americano Forgotten NY e também pelo argentino Basta de Demoler, onde cidadãos desenvolvem arquivos fotográficos e iconográficos registrando construções esquecidas na cidade, Douglas Nascimento elaborou o projeto de catalogação e histórica da cidade de São Paulo chamado inicialmente de:  “São Paulo Abandonada”.

Tomados por estas referências o site foi desenvolvido após uma análise de que a cidade de São Paulo vem sofrendo constantes transformações e muito pouca preservação. A primeira mudança drástica fora a perda do seu aspecto colonial quando no auge do ciclo cafeeiro, em nome do progresso, achou-se por bem demolir praticamente uma cidade e construir uma outra com ares mais europeus. Esta “nova” cidade também não resistiu e praticamente muito pouco ainda resta para contar história.

O objetivo deste nosso trabalho consiste em documentar o que está acontecendo com nossa cidade através da união de jornalismo, história, arquitetura e fotografia, registrando todos esses acontecimentos através de nossa equipe e também com a colaboração de terceiros, que se preocupam com uma melhor qualidade de vida. Catalogando a cidade assim como fizeram alguns grandes fotógrafos do passado como: Militão Augusto de Azevedo, Guilherme Gaensly, Aurélio Becherini, entre tantos outros.

Em meados de 2010, o projeto cresceu muito mais rápido do que nossas previsões iniciais e, em virtude disso, decidimos alterar nosso nome para um algo mais abrangente que não só faça referências às construções abandonadas que temos em nossa cidade, mas também a história em geral.

A partir dai ampliamos a cobertura para várias outras cidades e também passamos a abordar temas da evolução da cidade, monumentos, curiosidades e o lado informal de nossa história. Foi a partir de 01 de setembro de 2010 o São Paulo Abandonada passou a ser chamado São Paulo Antiga.

O INSTITUTO SÃO PAULO ANTIGA

Em 2019, após 10 anos de intensas atividades, sentimos uma grande necessidade de ampliar ainda mais nosso campo de atuação, uma vez que cada vez menos no Brasil é difundido o estudo de história, especialmente aquele destinado ao aprendizado e memória das cidades.

Surgiu assim a ideia de abrirmos um local público e que pudesse atender essa demanda e esta expectativa. Em outubro de 2019 aquele projeto modesto que apareceu em 2009 transformava-se oficialmente no Instituto São Paulo Antiga.

Neste mesmo mês, iniciaram-se as obras de reforma e reestruturação do imóvel, no Belenzinho, que passaria a abrigar a sede de nosso instituto. O local, quando pronto, oferecerá sala de aula, sala de estudo, biblioteca ampla e especializada na história de São Paulo e do Brasil, cozinha laboratório para estudo da culinária paulista, e estúdio para fotografia/vídeo/podcasts.

O Instituto São Paulo Antiga foi criado, documentado e regulamentado de acordo com a lei federal nº 9790/99 e do decreto federal nº 3100/99 além de seu próprio estatuto social.

Apoie nosso trabalho!

Apoia.Se

Publicidade

Acompanhe nossas redes sociais

Inscreva-se no nosso canal!

Ouça a nossa playlist

Arquivos