Apresento aqui outra interessante residência antiga da rua Fernão de Magalhães, desta vez localizada no número 125:

clique na foto para ampliar

Centenária, a residência construída em 1916 é o principal destaque arquitetônico desta rua, que possui outras construções antigas como outra casa (modificada mas interessante) no número 193, e a antiga fábrica da Orion.

O que chama a atenção neste imóvel é o fato do mesmo estar até hoje absolutamente preservado, fazendo uma exceção ao portão lateral original, há muito trocado por um feito de chapa de aço, possivelmente por questões de privacidade ou segurança.

Foto: Na fachada o ano da construção

Destaco também, no frontão logo abaixo do ano que identifica a construção da casa, para a discreta presença de azulejos azuis, muito similares aos antigos azulejos de origem portuguesa. Estes azulejos se apresentam em outros pontos da fachada, como sobre e abaixo da janela, por exemplo.

Pode ser apenas um capricho estético ou algo que identifica a origem das pessoas que a construíram. Esse trecho entre as ruas Fernão de Magalhães, Santa Clara, Joaquim Carlos e Cachoeira era repleto de moradores de origem portuguesa (incluo neste balaio meus avós paternos e maternos).

Não é realmente gratificante encontrar estes imóveis preservados ?

Veja mais fotos:

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Regina Igel 13/12/2017 at 13:50

    Que lindo que tenham preservado tão bem esta casa centenária! Alguns azulejos (no frontão) caíram, não podem ser substituídos. A beleza original do frontão continua intacta. Os azulejos abaixo da linda janela são maravilhosos! E a casa fica na rua que leva o nome de um ilustre português, o navegante Fernão de Magalhães (que, embora sendo português, só conseguiu navegar ao redor do mundo com a ajuda da Espanha, não dos portugueses…). Enfim, é uma linda casa!

    Reply
    • Douglas Nascimento 14/12/2017 at 09:12

      Hoje já podem ser substituídos com réplicas fotográficas feitas com adesivo resinado. Em breve vamos mostrar com fica.

      Reply
  • Daniel Pardo 23/12/2017 at 21:18

    Eu imagino que essas casas tenham um espaço interno grande, ao contrário dos “apertamentos” de hoje em dia.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: