Quando estudamos o ciclo do ouro que ocorreu no Brasil, a maioria dos livros remete-nos ao Estado de Minas Gerais, precisamente as cidades de Ouro Preto, Mariana, Tiradentes e São João Del Rei. Um ciclo econômico que teve uma boa parcela de mão de obra escravocrata que ocorreu durante o final do século XVII e início do século XVIII. O ouro trouxe fortuna a essa região. Enriqueceu famílias e foi capaz de influenciar a mudança da capital do Brasil, até então em Salvador, para o Rio de Janeiro, cidade bem mais próxima para o deslocamento até as regiões mineradoras. Mas não foi apenas em Minas Gerais que ocorreu esse tipo de exploração. Em São Paulo, precisamente na cidade de Guarulhos, também aconteceu este ciclo econômico. Os primeiros indícios de ouro na região guarulhense remontam ao ano de 1590, ou seja, este período antecedeu pelo menos 100 anos comparado ao ciclo mineiro. O bandeirante Afonso Sardinha “o moço”, filho do então desbravador Afonso Sardinha, não só localizou ouro na região da Serra da Mantiqueira, em Guarulhos, mas também na região do Jaraguá e da cidade de São Roque.

Mapa da mineração de ouro na Cidade de Guarulhos (clique para ampliar).

Essa corrida do ouro desenfreada e intensa ocasionou na escassez do mesmo. Já em meados do século XVIII, estava cada vez mais difícil e perigoso extrair o ouro das rochas. Acidentes de trabalho, como desmoronamentos, começaram a ser frequentes e o declínio da extração de ouro virou uma realidade em Guarulhos. Neste mesmo período, exploradores descobriram uma nova jazida de metais preciosos, em Minas Gerais, ocasionando a migração dos trabalhadores que estavam em solo guarulhense.

Rio Baquirivu, em Guarulhos, usado para a lavagem de ouro (clique para ampliar).

Hoje esta região serrana de Guarulhos se transformou em um bairro chamado Lavras, localizado na Estrada de Nazaré Paulista, e acredite, ainda existem no local estruturas remanescentes deste período do ouro.

Parede de contenção, em pedra, feita por escravos (clique para ampliar).

Incrível que passados mais de 400 anos as estruturas estão praticamente intactas. No local podem ser encontradas facilmente paredes de contenção, alguns tijolos, escadas produzidas em pedras e vestígios de barragens e canais.

Antigo canal de água usado para lavagem do ouro (clique para ampliar).

Atualmente está sendo estudada a criação de um Geoparque nesta extinta região do ciclo do ouro. O conceito de Geoparque constitui-se em uma área de proteção ambiental e científica que possui significados geológicos sendo necessária sua preservação para se tornar um patrimônio certificado pela UNESCO. Foi feito também um pedido de tombamento ao CONDEPHAAT que está sendo analizado.

Antiga escada de pedra, feita por escravos (clique para ampliar).

O histórico ciclo do ouro em Guarulhos transformou-se em um acervo que deve ser contemplado e respeitado. É um patrimônio que resgata uma parte bastante antiga da história do Brasil. A importância da sua preservação é necessária, pois não queremos ver este espaço ser desapropriado para futuros empreendimentos imobiliários ou obras viárias, como se isso significasse o real progresso da cidade de Guarulhos.

About the author

Licenciada em História, é pesquisadora e professora da rede pública e particular em Guarulhos. É co-fundadora da Associação Guarulhos tem História e Associação Brasileira de Estudos Cemiteriais (ABEC). Co-autora dos livros "Guarulhos tem História" e "Guarulhos: espaço de muitos povos".

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • Thiago 10/09/2012 at 01:20

    Muito boa a reportagem! Seguindo para Nazaré Paulista, sempre me questionei sobre o “Lavras”, afinal, o nome indica exatamente a atividade mostrada e descrita por você na reportagem.

    Adorei!

    Reply
  • Aristoteles dos Santos Capucho 13/09/2012 at 23:06

    Beleza; gostei; é cultural! só não pode usar mercúrio!

    Reply
  • andre 29/04/2013 at 17:22

    Muito interessante! Poderia enviar a fonte desse artigo para meu email? moutinho@gmail.com

    Obrigado
    Andre

    Reply
  • Osni de Oliveira 29/05/2013 at 14:40

    bela reportargen,muitos paulistas nuca ouviram falar dessa história.
    Parabéns!

    Reply
  • Idemar Gonçalves de Souza 02/08/2013 at 14:30

    PARABÉNS PELO INTERESSE PELA MATÉRIA.

    IDEMAR G. DE SOUZA – (16 (36241452

    Reply
  • Priscila – imóveis Guarulhos 12/02/2014 at 16:04

    Adorei esse artigo, nunca tinha ouvido falar dessa história e é bem nteressante, Guarulhos iniciou o ciclo do ouro, tem uma grande importancia na História do Brasil… adorei as fotos também, como é incrivel que construçoes de 400 anos ainda se permita continuar ali mesmo depois de todas as ações do tempo.

    Reply
  • silvana 19/04/2014 at 19:24

    fiquei maravilhada com a historia de guarulhos´, o meio ambiente ainda favorece as belezas naturais com o passar do tempo , adorei .

    Reply
  • Tobias 16/02/2015 at 19:02

    Bem interessante. Parabéns!

    Reply
  • teresa criatiane gualter 07/03/2015 at 20:57

    Faço curso de Serviço Social, estou no terceiro semestre e preciso fazer um trabalho retratando a origem e toda história sócio, político, econômico e cultural de um bairro, estamos pensando especialmente no Lavras, como posso fazer para encontrar alguém que nos leve a esse lugar?

    Reply
    • Glaucia 09/03/2015 at 09:53

      Olá Teresa!
      Vc pode entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente de Guarulhos pelo telefone 2475-9857.

      Reply
  • eduardo 12/08/2015 at 14:56

    se vç querer a certidão de compra eu posso de da pois nunca vale nada ,pois o politico qyue tompara a terra do meus avós deixaram sobrevivente que poide ajudar vç contar a historia melhor

    Reply
  • Estudos arqueológicos em Guarulhos – A Lasca Arqueologia 10/05/2017 at 13:44

    […] São Paulo Antiga […]

    Reply