Imóveis Antigos

Armazém – Rua França Pinto, 1164

Comments (6)
  1. Tem certeza do local da divisa? A Avenida dos Bandeirantes, a divisa mais famosa, do Jabaquara ao Rio Pinheiros, fica bem longe dali.

    1. Confundi marco da meia légua com marco de divisa! Pensei uma coisa e escrevi outra, já arrumei! 🙂

  2. Renata disse:

    Este armazém parece grande. A casa ao lado sempre me faz tentar imaginar como era esta época em que as casas não tinham muros e suas portas e janelas logo davam de cara para a calçada. As pessoas se conheciam melhor e os índices de violência eram menores.

    1. Fernando disse:

      Renata, no início do sec. XX eram comuns esse tipo de construção na V.Mariana. imigrantes compravam terrenos nos bairros e construíam armazéns e pequenos comercios, com a chegada de novos familiares esses terrenos eram divididos. O comércio ficava na frente, haviam dois cômodos no máximo e uma pequena cozinha e o banheiro sempre fora da casa. As vezes não haviam muros por ser todos parentes e apenas uma cerca de madeira dividia o imóvel no fundo. Os muros externos eram baixos e grades bem decoradas guardavam a casa. As pessoas se conheciam e o contato era muito diferente de hoje. Violência? pouca só qdo a italiana se pegava à tapa.rs

  3. Fernando disse:

    Ah! Se eu me lembro, chegou a funcionar uma padaria alguns anos atrás. A Vila Mariana até o final da década de 70 era sensacional, pessoas passeando á noite ou indo tomar sorvete nas padarias. afiador de facas apitava, vendedor de algodão doce, uma buzina! E quando tinha procissão da Igreja Sto Inácio era barulho de matraca, que tbm confundia com barulho do vendedor de bijú..

  4. gladys russo disse:

    você fala dos respiros de gás que podem ser confundidos com postes de luz abandonados…onde ficam?? em que lugar da vila mariana?

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga