Nas minhas jornadas fotográficas pelos bairros paulistanos, que faço há cerca de 8 anos, mesmo antes do site existir, confesso que perdi a conta do número de imóveis que já fotografei. Mesmo sendo bastante organizado e tendo tudo bem catalogado, vez por outra me deparo com algum imóvel perdido nos meus arquivos. Foi o que aconteceu com esta simpática e pequena casa antiga:

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Ao passar novamente pela avenida Imirim, me deparei que esta casa havia sido demolida e em seu lugar um pequeno edifício estava sendo erguido. Eu tinha certeza de que havia fotografado, então fui atrás da imagem que eu não encontrava. Felizmente, depois de muita pesquisa achei uma das fotografias, tirada em 2011.

A velha residência era uma das mais antigas a sobreviver na avenida Imirim e chamava atenção pelo seus traços simples. Não existe mais, uma pena.

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comments

  • ernani 10/12/2014 at 17:47

    A geração de agora, e mesmo de alguns próximos anos passados, não da valor de nada antigo.
    Estão pensando somente em celular, carro, computador, luxo, dinheiro.
    Com isso a cidade está se tornando cada vez pior. Quero ver o dia que houver somente prédios?…
    Sim. Porque as autoridades deixaram há muito tempo de criar parques, praças e áreas verdes. Os que tem estão aí e alguns muito mal cuidados.
    Quando a maioria dos terrenos eram ocupados por casas e sobrados, sempre restava um quintal e um jardim.
    Hoje no lugar do jardim e quintal está o carro.
    Ou então varias casas são demolidas para dar lugar a um prédio.

    Reply
  • Luiz Henrique 10/12/2014 at 21:24

    Que casinha legal,hein? Ainda bem que restou a imagem,pelo menos.
    Agora,quanto ao futuro de Sampa…não vejo luz no fim do túnel.

    Reply
  • J.C.Cardoso 11/12/2014 at 07:02

    Deve ser muito antiga. Repare que ainda tinha porão.

    Reply
  • Alexandre Fontana 16/12/2014 at 11:24

    Pois é, mais uma casa demolida e mais um prédio subindo

    Reply
  • Eduardo Britto 23/12/2014 at 13:32

    Que pena! Bem próximo na av. Imirim há, ou havia, uma casa muito antiga e simples, parecida com essa, em um grande terreno vazio, preciso passar lá e checar se ela ainda está de pé. A chance é pequena. Exatamente ontem reparei em uma casa ma-ra-vi-lho-sa na rua dr. Zuquim, altura no nº 400, lado esquerdo, acho que vocês já registraram aqui… Ela miraculosamente sobrevive, sendo que o imóvel ao lado está sendo demolido… Talvez ela seja tombada, dada sua graciosidade… Bem, aproveito para dar BOAS FESTAS à equipe deste belíssimo site.

    Reply
    • Douglas Nascimento 23/12/2014 at 15:35

      Oi Britto, como vai ? Essa do Imirim do terrenão ainda está lá, passo ao menos 1x por semana por ali…

      Reply
      • Eduardo Britto 23/12/2014 at 22:19

        Legal Douglas, bom saber que ela está lá, tente fazer um registro. Dei uma busca por Zuquim e não localizei essa casa da altura do nº 400. Mas você deve conhecer…

        Reply
  • Larissa Freire 09/02/2016 at 22:57

    Os meus primos e tios moravam nesta casa, mas precisaram vendê-la. Eram três casas na verdade. Uma em cima, outra embaixo e mais uma no fundo. Tudo em família. O terreno era muito grande. Foi um lugar muito importante para todos eles.

    Reply
  • Everson 10/02/2016 at 21:31

    Conheci uma pessoa que morava nesta casa, realmente e lamentável que demoliram a casa……

    Reply
  • Thiago 14/02/2016 at 19:52

    Minha casinha 🙁

    Reply
    • Thiago 14/02/2016 at 20:15

      Obrigado pela recordação Douglas!!

      Reply
  • Renata Bascunan Greif 22/02/2016 at 20:17

    Sempre reparei nessa casa, na época em q morava na casa verde e sempre passava pelo imirim. Q triste, as lembranças sendo destruídas….triste mesmo

    Reply
  • Sandra Ferreira 10/03/2016 at 04:45

    A impressão que tenho é que estou vivendo em um momento errado da história. Sou fascinada por construções antigas, ruas de paralelepípedo, jardins e quintais extensos, batepapo com vizinhos…coisas raríssimas de se ver hoje em dia. São Paulo, assim como outras cidades do Brasil, sofre com a destruição de sua história arquitetônica…triste de se ver..

    Reply
  • Michel R.Z 18/02/2017 at 11:00

    Olá Douglas, vasculhando na internet, achei este post de 2014 e resolvi deixar meu registro agora em meados de 2017, apenas por mera coincidência.
    Conheço o bairro do Imirim há 14 anos e observei bastante coisa mudar por aqui, como consequência do progresso, muitas casas como essa foram demolidas para dar lugar a um estabelecimento comercial, pois a avenida Imirim é comercialmente desenvolvida para a região, atende muito a necessidade dos moradores, por conta dos bancos, mercados, lojas de serviços, correios, escolas, etc…
    Ao meu ver, essas mudanças concedem um ganho por suprir e viabilizar a vida das pessoas, por outro lado é uma triste perda histórica, pois o que existiu um dia, sempre remete a nós boas lembranças.
    Hoje, essa casa deu espaço para um prédio ser construído, atualmente neste prédio se estabelece uma empresa distribuidora de equipamentos de costura e bordado, que foi constituída por pessoas do bem, que sempre estão ajudando os seu próximos e que passaram por muitos percalços ao longo da vida, sei disso pois “coincidentemente” trabalho com eles há 14 anos, que é exatamente o tempo que conheço esse bairro. Minha interpretação é, que mesmo que eu não concorde com a demolição dessa como de outras casas antigas, essa em específico, sublimemente deu um lugar para outras pessoas fazerem sua história.

    Reply
  • Nilmar 08/11/2018 at 16:34

    Havia outra casa semelhante (mesmo estilo) ao lado dela, que era da década de 1880. Ao final funcionou uma pizzaria (Irmãos Fratelli), quando tinha 95anos. Durou bem mais de 100 anos, mas foi demolida. Ficava ao lado da Padaria Bela São Paulo (esta na esquina da Avenida Imirim com a Rua Porto Velho).

    Reply
  • Admilson Pontes 19/04/2019 at 16:46

    Douglas existiram duas casa iguais uma era uma pizzaria e depois foi demolida primeiro.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: