Quem anda nos dias de hoje pela Rua do Bosque no bairro da Barra Funda, zona oeste da cidade de São Paulo, provavelmente começa a pensar qual a razão deste logradouro levar este nome. Árvores nesta rua chega a ser um artigo de luxo.

E justamente as raras árvores que são encontradas na rua do Bosque estão justamente dentro do terreno desta residência localizada na altura do número 1081. E esta construção destoa de seus vizinhos por uma série de peculiaridades que dão ao antigo imóvel um toque de exclusividade.

clique na foto para ampliar

clique na foto para ampliar

Construída em madeira e com cercas nas laterais feitas no mesmo material que são feitos os trilhos de trem (veja fotos 6 e 8 da galeria abaixo) a casa está localizada ao lado do extinto pátio ferroviário da Barra Funda e pertenceu no passado à extinta Estrada de Ferro Santos Jundiaí (EFSJ). Este tipo de construção é muito comum próximo de linhas férreas e casas similares a esta podem ser vistas em locais como Paranapiacaba.

O imóvel é habitado regularmente mas provavelmente ainda deve pertencer ao espólio da RFFSA, uma vez que são encontradas nas paredes externas da casa placas com a numeração de patrimônio (veja fotos 3 e 7 da galeira abaixo).

Além de ser uma casa muito bonita é uma construção rara e curiosa que vale a pena ser vista e preservada.

Veja mais fotos da casa ferroviária:

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Daniela 10/06/2011 at 19:30

    Essa casa é linda… É antiga da aquela ar de interior. Parabéns pela reportagem !

    Reply
  • Daniela 10/06/2011 at 19:38

    Moro desde meus 12 anos nesta casa, hoje tenho 30 anos, ela trás excelentes recordações. Só não gosto de recordar o dia 04 de junho de 2010 quando acordamos em meio a chamas da casa vizinha também antiga e de madeira, em chamas. Fomos salvos por um milagre, a casa vizinha queimou por completo, porém a minha casa permabeceu intacta. Graças a Deus não houve vítimas. Apesar de tudo ela me tráz grandes lembranças, da infância a vida adulta !!!

    Reply
    • Dani 03/01/2014 at 11:28

      Daniela você ainda mora na casa?

      Reply
  • Marcelo Tsukamoto 28/05/2012 at 18:38

    Caramba….não to nem acreditando, mas morei nessa casa até o ano de 1.991.Na verdade era na casa germinada com ela que fica na Cap. Mor Gonçalo Monteiro, no qual tinha um portão verde grandão.Em 21 anos passados reparei que a casa tá bem acabadinha, mas a cor é a mesma, e o portão de ferro em formato de lança também.Essa casa era enorme com uns 4 quartos e uma sala gigante.O piso era de madeira e embaixo tem um espaço vazio.Por dentro as divisórias também eram de madeira.O banheiro era gigante também.O melhor de tudo era o pátio que tínhamos para brincar no fundo da casa, no qual juntava com outras casa também….saudades desse tempo, da poeira que vinha do negócio que faz asfalto e dos armazéns que tinha na frente de casa, onde eu e minha irmã vendíamos geladinho…rsss…estudava no Canuto do Val…enfim…muito bom encontrar fotos dessa casa.

    Reply
  • Daniela 03/01/2014 at 11:12

    Deve ser muito bom publicar fotos de uma casa antiga e encontrar moradores. Parabéns Douglas, suas reportagens são delíciosas!

    Reply
  • Chris 16/02/2014 at 09:22

    Parabéns, Douglas! Deliciosas lembranças, excelente trabalho; obrigada!

    Reply
%d blogueiros gostam disto: