As cerâmicas vermelhas que eram produzidas em São Caetano do Sul provavelmente são as mais populares e conhecidas peças deste material já produzido aqui no Brasil. Não só na capital paulista mas em muitas outras cidades espalhadas por todo o país, casas são decoradas com esta pequena cerâmica retangular, seja inteira ou quebrada em caquinhos.

Além de servir para decoração de pisos e paredes a baixo custo, a peça desperta a nostalgia e saudade em quem os encontra por ai. Na Mooca, essa casa da imagem abaixo faz um uso bem interessante desta cerâmica:

clique na foto para ampliar

Localizada na rua Pascoal Moreira, uma travessa da rua da Mooca, essa simpática residência antiga teve por parte de seus proprietários uma solução bastante criativa para decorar a parte inferior da fachada: Caquinhos de cerâmica vermelha com caquinhos pontuais amarelos e pretos espalhados juntos.

É interessante como essa opção simples conseguia trazer um ótimo resultado visual para pisos e também paredes. A criatividade do profissional que aplicava a cerâmica é que determinava o limite da expressão que elas apresentariam.

Veja mais fotos desta casa:

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe um comentário!

Comments

  • Paulo Clístenes Vieira da Silva 27/10/2018 at 19:28

    Lembro da aplicação dos caquinhos durante minha infância.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: