As redes sociais são ferramentas poderosas para a preservação da memória de uma cidade. Através delas podemos conhecer até pessoas que possuem histórias e fotografias importantes de nossa história e que chegam até nós mais rápido através de contatos em comum ou divulgação. E foi através de nossa página do Facebook que a leitora Gracinda Beraldi entrou em contato conosco e enviou a foto e a história deste belo casarão que existia na altura do número 5367 da Avenida Celso Garcia, no Tatuapé.

Crédito: Divulgação / Gracinda Beraldi - Clique para ampliar.

Esta casa foi residência e consultório do saudoso médico Dr. José Miguel Beraldi, avô da leitora Gracinda Beraldi, e que foi um importante médico e personalidade paulistana, com bastante notoriedade por toda a carreira, e especialmente nas décadas de 40 e 50.

Crédito: Divulgação

O Dr. Beraldi teve uma carreira nobre na medicina. Além de atender em sua residência no Tatuapé (era comum antigamente médicos e dentistas atenderem seus pacientes em suas casas, normalmente no piso térreo), José Miguel Beraldi foi médico da Sociedade Esportiva Palmeiras entre os anos de 1942 e 1950. Posteriormente, em 1951, assumiu o cargo de diretor do departamento médico da agremiação esportiva.

Sua carreira, sempre notável, não se restringiria ao clube de futebol. Em 1948, o Dr. José Miguel, como era conhecido, foi diretor do Departamento de Esportes do Estado de São Paulo e, posteriormente, chefe da Divisão de Parques e Jardins Públicos da Prefeitura de São Paulo. O médico viria a falecer em 2005.

Crédito: Google Street View

A bela residência do Dr. Beraldi era a única neste trecho da avenida, tomada principalmente por lojas, prédios e estabelecimentos comerciais. Diante do casarão existia o extinto Cine São Jorge cujo prédio, preservado, funciona como uma famosa loja de calçados. A proibição de carros na Avenida Celso Garcia no sentido centro ajudou a deterioração da via e a desvalorização dos imóveis residenciais na região.

Poucos anos atrás o antigo imóvel foi adquirido por uma concessionária de automóveis que demoliu o que restava do local. O casarão desapareceu para sempre da avenida,  mas entrou na memória de todos aqueles que sempre se lembrarão do Dr. Beraldi como um grande representante da medicina em São Paulo.

Agradecimento: Gracinda Beraldi

Veja o local através de nosso mapa:

Ver São Paulo Antiga num mapa maior

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

JOIN THE DISCUSSION

Comments

  • J.C.Cardoso 28/03/2013 at 11:25

    As mesinhas com os guarda-sóis coloridos fazem parecer um bar ou restaurante, não uma clínica…

    Reply
    • Gracinda 28/03/2013 at 15:13

      J.C.Cardoso…essa casa não era uma clínica e sim tinha um consultório,diferente do que vimos hoje em dia e além do mais a mesma servia como sua residência também.
      Nesse dia haveria um noivado de uma sobrinha,por isso dos guarda-sóis.

      Reply
      • J.C.Cardoso 29/03/2013 at 15:29

        Sim. Mesmo assim, as mesinhas não fazem parecer com um consultório.
        Só mesmo o noivado da sobrinha para justificá-las ali.
        ;o)
        Obrigado pela informação. Só assim tudo se explica.

        Reply
      • Sandro de Sousa 09/02/2014 at 19:51

        Parabéns pela rica história de sua família e obrigado por compartilhar conosco…você deve ter muito orgulho Gracinda…quiserámos nós todos também poder contar algo do passado de nossa família…perpetuar o sobrenome de nossa família por algo que deixaram,uma marca no mundo e com certeza a família Beraldi alcançou este feito…!

        Reply
    • Paulo Cesar 28/03/2013 at 18:57

      Donde se conclui que naquela epoca ir ao médico era bem menos assustador!

      Vai ver as mesas eram para os pacientes, após as consultas, se refrescarem tomando uma limonada geladinha.

      Reply
  • Marcus Vinicius de Paula 28/03/2013 at 19:47

    Quem será a moça sentada tranquilamente perto do portão?

    Reply
    • Paulo Cesar 01/04/2013 at 17:57

      Era a noiva, esperando chegar o bolo e as demais guloseimas.

      Reply
  • rosana bacarini 29/03/2013 at 13:04

    Muito interessante a reportagem.Amei.

    Reply
  • Jefferson Eduardo 01/04/2013 at 12:35

    Boa matéria.

    Reply
  • Alcyr Souza 10/11/2013 at 12:04

    Lembro-me de ver o Dr.Beraldi saindo de manha para comprar o jornal na banca do seu Paulo que ficava bem em frente a sua casa em frente ao 5382 da avenida, prédio aonde eu cresci. Apenas uma correção, o Cinema são Jorge não ficava em frente a casa do dr. Beraldi. A casa ficava uns 50 a 60 mentirosa a frente.
    Será que alguém possuí fotos do conjunto de prédios em frente? O São Luís, são Jorge e São Carlos?

    Reply
  • Pardo 22/02/2015 at 19:53

    Sem sombra de dúvidas que a “nossa maravilhosa engenharia de trafego” fez estragos irreparáveis na Celso Garcia, pois lá inclusive funcionava o Romão Magazine que tinha uma loja enorme nessa avenida e que até pouco tempo atrás estava funcionando no Shopping Metrô Tatuapé (não sei se ela ainda existe hoje), aliás… está ai mais um tema para o site São Paulo antiga… falar sobre o Romão Magazine, inclusive foi lá aonde eu fui com minha mãe no início da década de 90 quando era adolescente comprar meu primeiro par de tênis Nike “pika das galáxias” da época.

    Reply
  • olivia marcos stelmockas 27/07/2015 at 12:52

    foi muito interessante ver a casa do dr. beraldi, inclusive estudei com o filho dele no colegio fernaõ dias nos anos 60, depois nunca mais tive noticias dele

    Reply
  • Fabrizio 19/10/2015 at 20:40

    Como sempre digo, felizes quem viveu nessa época onde não tinha tantas tragédias.

    Reply
  • Luciana 28/03/2016 at 18:05

    Médico excepcional, dedicou a vida a medicina e ao consultório !!!

    Reply

Comunicado importante aos leitores e leitoras do São Paulo Antiga

Neste momento estou enfrentando um período de muitas dificuldades para manter o site no ar, com a possível saída de nosso patrocinador institucional.

 

Preciso da sua colaboração para que o site não encerre suas atividades em 1 de julho de 2018.

 

Faça uma doação ou assinatura mensal no site São Paulo Antiga, através da plataforma APOIA.SE

 

Desde já muito agradecido,

Douglas Nascimento, autor e editor