Belíssimo casarão antigo encontrado vazio na rua Baião Parente, diante da praça Tarcísio Toledo Costa Filho na Freguesia do Ó. O imóvel não se encontra abandonado, mas desocupado. Segundo vizinhos o imóvel foi vendido para ser demolido e dar lugar a um prédio, porém não se sabe a razão de a obra não ter ido adiante.

Outros vizinhos alegam que o dono do imóvel faleceu e a obra parou. No imenso quintal do casarão é possível notar a presença de vigas de ferro e outros materiais. A entrada deste imóvel é adornada com um lindo painel de azulejos portugueses.

Se você tiver mais informações sobre este belo casarão comente e compartilhe sua informação.

Veja mais fotos deste imóvel (clique na foto para ampliar):

Update 19/11/2010:
Infelizmente o casarão é mais um que não resistiu e contribuiu com as estatísticas dos imóveis que são demolidos na cidade de São Paulo para dar lugar a novos edifícios. Recebemos recentemente a notícia que ele havia sido derrubado e agora chegaram as fotografias. É muito triste isso, principalmente pelo fato de que cada vez mais a nossa metrópole vai perdendo sua identidade.

Veja fotos do local após a demolição (clique na foto para ampliar):
Crédito: Caco Bocchi

About the author

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, edita o site São Paulo Antiga e é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP). Também edita o blog Human Street View, focado em comparações fotográficas entre a atualidade e o passado.

Deixe uma resposta

Comments

  • Eduardo Britto 06/02/2010 at 12:47

    Sempre passo em frente a esse casarão e fico pestanejando se não foi uma espécie de sede de chácara. Estou para entrevistar um morador antigo da Freguesia que mora ali ao lado, vou indagar sobre isso. Detalhe: encostado nesse casarão estão inaugurando um conjunto com umas 4 torres enormes. Acho que nem cabe construir um prédio no terreno desse casarão, tanto pela exiguidade de terreno, como pela proximidade do citado conjunto. Mas os caras fazem mágica… valeu!

    Reply
  • bianca 23/04/2010 at 12:06

    EU NÃO QUERO ISSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    Reply
  • Omar 28/07/2010 at 14:57

    A especulação imobiliária está destruindo a cidade (mais uma vez). A Freguesia do Ó é mais uma vítima desta verticalização animal e desordenada, que cria cada vez mais polos de tráfego sem estudo de impacto e leva o preço de imóveis às alturas. Agora com esse papo de metrô (quero ver se vai pra frente…) a coisa só tende a piorar.

    Reply
  • Daniel 25/08/2010 at 16:53

    é melhor tomarem alguma providência antes que essa casa seja invadida por vagabundos e transformada num cortiço…

    Reply
  • Roberto Vaz 05/10/2010 at 21:37

    Infelizmente o Casarão da Baião Parente foi derrubado… a exemplo de outros casarões, sobre o seu terreno será construído um prédio.
    Povo sem passado invariavelmente não tem futuro.

    Roberto Vaz

    Reply
  • Kleber 24/10/2010 at 12:46

    É verdade… a casa foi demolida e já estão com os bate-estacas e retro-escavadeira no local…

    Não sobrou nada… nem mesmo as árvores (crime ambiental???)

    Será que na outra esquina esta a pr[oxima vítima??? (av. Itaberaba X rua Antonio Blasques)

    Reply
  • EDUARDO FERREIRA 01/11/2010 at 08:36

    Infelismente o casarão foi demolido.A Freguesia do Ó é um bairro cheio de história , poderia ser melhor explorado pela municipalidade.
    Concordo com os outros omentários , temos um boom imobiliário acontecendo no bairro , como comentado anteriormente sem critério na Rua 7 barras teremos um conjunto com 268 aptos, como isso?na Javorahú outros tantos , nínguem vai conseguir andar de carro na rua.

    Reply
  • PATRÍCIA 23/11/2010 at 20:00

    Pessoal, o que é isso, coisas antigas tem que ser demolidas, lá só tinha rato e fantasma, precisava ser demolido. Depois do prédio pronto vocês vão ver que bonito vai ficar.

    Reply
  • cicilia teles 13/12/2010 at 23:52

    acho que o mundo ficou doente, só se preocupam em transformar tudo em cimento, onde fica o sentimento, a historia esta se acabando, pobre dos que vem depois não vai sobrar nada.

    Reply
  • Aline Mathisen 14/12/2010 at 19:34

    O casarão da Rua Baião Parente foi derrubado a poucos meses e acabou por colocar literalmente ao pó o pouco que restava do patrimônio histórico da Freguesia do Ó. Esse casarão era de uma família de imigrantes poloneses, que habitavam a casa no início do século XIX, no alto do moro onde se encontrava era uma das antigas estâncias do bairro, por isso o bucolismo de sua arquitetura. Seus últimos moradores foram um casal e sua filha, porém com a morte de seus pais, a jovem decidiu que morar sozinha no casarão não era uma boa opção. Sendo assim o vendeu para a mesma construtora que possui edifícios em frente ao local. É muito triste passar todos os dias por ali e não ver a casa, muitas histórias rondavam aquele lugar, que por muitos foi conhecido como a casa da Família Adams paulista, já que nas inverno os pinheiros dela nos remetessem a essa ideia. Era uma obra magnífica!

    Reply
  • Cvolf 07/01/2012 at 16:24

    Como moradores do bairro sentimos muito com derrubada do casarão, perdemos mais de 200 anos de história, a cada marretada que davam para derrubalo era como se fosse em nós. Agora o que se vê no local é um monstro de 20 andares. A construtora Esteto responsável pela deveria pelo menos considerar os moradores do entorno já que usam na construçao máquinas barulhentas, das 07 ás 17 hs diáriamente, iclusive aos sábados, deveriam usar equipamentos. Menos barulhentos. Lamentamos.

    Reply
  • flavio henrique 05/02/2012 at 10:40

    vendo estas fotos,deste antigo casarão,recordei-me dos tempos que morei na freguesia,passava em frente desta residencia todos os dias,e sempre ficava admirado pela imponencia do tal.ainda recordo que essa casa era habitada e sempre tinha seu jardim muito bem cuidado.foi um grande pesar que vi por estas fotos que essa bela edificação veio abaixo….será o progresso ou a burrice e a ganância pelo capital que não parra???

    Reply
  • Wanderley 19/04/2012 at 21:51

    Esta casa nem era tão antiga assim , é de meados dos anos 60 , antes dessa tantas outras muito mais antigas foram demolidas , o pessoal é muito dramatico , afinal sempre foi assim : o velho se vai, e dá lugar ao novo , é simples.

    Reply
  • Karen 12/05/2013 at 17:01

    Eu lembro que a alguns anos atrás, uns 15-20 anos morava uma senhora. Eu estudava ali perto e de vez em quando via ela regando as plantas do jardim que era ENORME.
    Gente, esta casa era enorme, linda. Com um jardim lindo. Pena que foi demolida. Já estão quase terminando o prédio que esta em seu lugar… 20 andares… em frente a outro conjunto de 4 prédios de + 20 andares cada.
    É a vida… São Paulo vai se modernizando e estes imoveis antigos vão sumindo.

    Como o Wanderley falou, este imóvel em particular não era tão antigo como os mostrados aqui que tem quase ou mais de 100 anos. E nem tem algum fator histórico relevante para cidade. Faz falta porque era Lindo, grande. Se destacava naquele bairro. Infelizmente faz parte =/

    Reply
  • Claudia 14/04/2015 at 21:16

    É uma pena, mas realmente tem um prédio enorme no lugar do casarão. Eu que moro aqui apenas há 17 anos, já apreciava o casarão. Será que o dono não tinha mais familiares? Tem gente que não tem herdeiros. Mas fica a dica, se você tem algum bem…indique alguém que você acha adequado para levar adiante…claro, isso tem que ser feito em vida.

    Reply
  • Luiz 27/07/2015 at 02:45

    Fui nascido aí brincava ai

    Reply
%d blogueiros gostam disto: