Notícias

Desabamento atinge Palacete do Barão do Rio Pardo

Comments (10)
  1. Renata disse:

    Que absurdo… um palacete desses abandonado e ainda pedestres correndo risco de se machucarem. É um descaso com a cidade e com a história.

  2. MaGioZal disse:

    Pois é, a “estratégia” dos governos para lidar com imóveis antigos e tombados é essa: deixar o imóvel apodrecer até desabar por completo, aí “nada mais pode ser feito” e aí se limpa os escombros e vende o terreno por um preço milionário numa dessas privatizações ou parcerias público-privadas da vida.

    Lamentável.

  3. Antonio Madela disse:

    Mais uma preciosidade da História Paulista/Paulistana acaba por ruir. É lamentável, mas confirma que o povo brasileiro, seja na esfera municipal, estadual e federal, não está interessado a preservar sua memória. Ainda hoje, por e-mail, recebi as magníficas fotos do Palácio de Catarina II. Infelismente,na continuidade desse descaso, não teremos nada a legar aos nosso netos.

  4. Herrman disse:

    Moro no mesmo quarteirão do palacete e já foram retirados alguns dos cavaletes pela população para liberar vagas para os automóveis. Acredito que infelizmente as providências só serão tomadas se alguém vier a falecer. Sou a favor da recuperação do patrimônio histórico, mas no caso desse palacete talvez o melhor seria demolirem as partes que colocam em risco a vida dos pedestres.

  5. Paula Oliveira disse:

    Pois que estamos pedindo que as construções históricas sejam preservadas para não chegar ao ponto de cair nas nossas cabeças. Trabalho próximo ao local, e a agilizadade para remover as famílias que moravam ali, já que, segundo especulações, uma empresa grande estaria de olho no terreno, deve ter sido maior com que governos municipal e estadual tomem atitudes para preservar a história de São Paulo.

  6. Paula Oliveira disse:

    Pois que estamos pedindo que as construções históricas sejam preservadas para não chegar ao ponto de cair nas nossas cabeças. Trabalho próximo ao local, e a agilidade para remover as famílias que moravam ali, já que, segundo especulações, uma empresa grande estaria de olho no terreno, deve ter sido maior do que a dos governos municipal e estadual para tomarem atitudes para preservar a história de São Paulo.

    outro texto com correções*

  7. Danilo disse:

    Infelizmente no estado em que se encontra acho que não é mais possível uma restauração, pena mesmo.

  8. Cecília Márcia Cabral disse:

    Queridos, sou de São Luiz do Paraitinga, tinhamos um casarão térreo datado de 1864 na Praça Dr. Oswaldo Cruz, tombado pelo patrimônio histórico, muitíssimo bem cuidado e lindo, o que se encontra lá hoje é só o terreno…isso quase dois anos depois da cidade ser quase destruída pela enchente, e saibam de uma coisa só se escuta boatos, mas de concreto nada,a cidade continua como depois da enchente, o que pode ser reformado pelos proprietários foi, de resto nada foi feito. Só foi nos oferecido empréstimo a juros mais baixos para reconstruir a casa, o que não tem cabimento, nós reconstruirmos pagando juros, por um imóvel tombado, o qual o estado nunca se preocupou , aliás o que é normal, mas quer nos dizer como e o que devemos e podemos fazer. Então não citem minha cidade como exemplo de reconstrução por parte do estado, porque isso não ocorre.

  9. guilherme salles de campos disse:

    MOREI NA BARÃO DE LIMEIRA NOS ANOS 90 E PASSAVA MUITO NA FRENTE DESTE PALACETE ,INCLUSIVE TIREI VARIAS FOTOS QUE PRECISO LOCALIZAR P POSTAR ,FIQUEI ASSUSTADO COM O ESTADO DO IMOVEL ELE ESTAVA NO INICIO DE 90 EM ESTADO RAZOAVEL COM O GRANDE CURTIÇO HABITADO ,INCLUSIVE O TERRÇO LATERAL AINDA TINHA OS DOIS MEDALHÕES COM RELEVOS DE ROSTOS INTACTOS,ME PARECE QUE O PALACETE TEVE UM INCENDIO HA ALGUNS ANOS ,POIS O ESTADO DE DETERIORIZAÇÃO E ENORME,LAMENTAVEL,E GOVERNO ESTADUAL E MUNICIPAL QUE VERGONHA!

  10. jose antonio disse:

    um pais que não cuida da sua historia nem do seu passado.Brasil é o nome dele…

Deixe uma resposta

Publicidade:

SP ANTIGOS

Nosso Instagram: @saopauloantiga